Até breve, Chespirito!

chespirito

O público perde um mito, um homem que foi capaz de conquistar diversas gerações e conseguir essa façanha até os dias de hoje. Morreu aos 85 anos o ator, produtor, roteirista e diretor Roberto Bolaños, o Chespirito. Ele vinha há algum tempo apresentando sua saúde bastante fragilizada, e estava vivendo de forma isolada por conta disso em Cancún.

Bolaños estreou na televisão ao lado do também eterno Ramon Valdéz, Rubén Aguirre  e Maria Antonieta de las Nieves, o humorístico Los Supergenios de la Mesa Cuadrada  em 1968. Dois anos depois nascia o atrapalhado e medroso herói Chapolin Colorado, e no ano seguinte o eterno Chaves. Essas duas atrações estrearam como esquetes de humor, e em 1973 finalmente ganharam seus respectivos programas próprios.

chapolinechaves76Chapolin e principalmente Chaves conquistaram o público com o humor leve e despretensioso que tinham, e por conta disso o sucesso começou a se espalhar por diversos países. Aqui no Brasil a atração chegou em 1984 e não teve outra, virou febre aqui com a história do menino pobre e órfão, porém bastante sonhador. Talvez esses sejam alguns dos principais aspectos pela atração conquistar gerações até os dias atuais, pois o cenário assim como seus personagens possuem um grande apelo popular, algo que é e sempre será evidente em nosso país.

Continua após a publicidade

O texto leve fazia a todos, tanto criança como adultos, a sonhar e ir muito mais além com sua imaginação, esquecer os problemas e dar muitas risadas com piadas e frases cheias de trocadilhos. Bolaños nunca precisou utilizar da apelação em suas produções, e ao mesmo tempo que fazia as pessoas rirem, também conseguia a audácia de emocioná-las. Diversos momentos, principalmente em Chaves, nos foi proporcionado muita emoção.

Já Chapolin era um incentivo àqueles que assistiam a atração, pois o personagem era um herói que apesar de não possuir super poderes, não ter uma força extraordinário, ser todo atrapalhado e principalmente medroso, sempre conseguia vencer os vilões. Tais características, assim como a moral de cada episódio nos mostra que você é capaz de ser um herói e principalmente de vencer quaisquer obstáculos, sejam eles quais forem.

É claro que com o sucesso desses personagens, Chespirito foi criando com o tempo novos personagens como Dr. Chapatin, Chompiras, entre outros, com que alguns anos depois estreasse o Clube do Chespirito, programa com diversas esquetes de humor onde eram mostradas diversas facetas do artista.

boanoiteAqui no Brasil apenas Chaves Chapolin fizeram sucesso na televisão, principalmente a saga do garoto da vila, o qual já passou por quase todos os horários ao longo desses 30 anos que é exibido na emissora de Silvio Santos. Mesmo com tanto tempo de exibição, a atração consegue marcar até os dias de hoje bons índices de audiência. No início dos anos 2000, o humorístico era exibido por volta do horário de almoço e muitas vezes chegava ser líder de audiência. Além do SBT, os dois programas já passaram pelos canais a cabo Cartoon Network e TLN. Atualmente ambas são exibidas também no TBS e Boomerang.

Quem nunca quis saber por que Chaves foi abandonado? Ou o que tinha dentro de seu barril? Qual seu verdadeiro nome? Essas são dúvidas que muita gente que assistiu e ainda assiste tem, mas que nunca saberá tais respostas. Personagens emblemáticos, episódios e momentos inesquecíveis também são alguns dos ingredientes para a atração fazer tanto sucesso até os dias de hoje.

E não foi apenas com as atuações que Chaves conquistou o público brasileiro. Alguns episódios sempre tinham momentos musicais, em que faixas são cantadas até hoje por muita gente. Quem nunca se viu cantando “Se você é jovem ainda” ou se comovendo com o “Boa noite vizinhança”, que atire a primeira pedra.

Para quem teve que refazer o primeiro parágrafo umas cinco vezes por não segurar as lágrimas até que fui longe, Chespirito foi um dos maiores ídolos de toda a minha vida, proporcionando momentos inesquecíveis da minha infância e de muita gente. Estamos tristes aqui, mas o céu está em festa e com muita alegria, ainda mais que ele vai reencontrar o eterno Ramon Valdéz, intérprete do icônico Seu Madruga, além de outros atores que também já partiram.

Obrigado Roberto Bolaños por ter criado esse Universo único e que nenhuma outra pessoa chegará perto desse seu incrível legado, de ter mostrado a mim e diversas outras crianças e adolescentes de inúmeras gerações o significado das palavras infância, amor e sonho. OBRIGADO POR TUDO!

chaves-triste

Chespirito isso não é um adeus, e sim um até logo!

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=p2dBtdgbLKM[/youtube]

 

Eduardo Nogueira

Eduardo Nogueira

Administrador apaixonado por séries e música, sou fã assumido de Friends, e tenho guilty pleasure pelas séries da CW. No Mix sou editor de reality show, cobrindo atrações do gênero como as franquias The X Factor , The Voice, American Idol, entre outros. Faço também reviews das séries Mom, Supergirl, The Good Place, Scream, Fuller House e da brazuca A Garota da Moto. Além disso, deixo vocês sempre atualizados com as nossas Bolhas de Cancelamento, e também escrevo as colunas de Elenco e Teu Passado Te Condena. No tempo que me sobra faço um café para as visitas, rs. Ufa!

16 comments

Add yours
  1. Avatar
    Paula Reis 29 novembro, 2014 at 16:09 Responder

    Muito lindo seu texto, Edu! Parabéns! Ficamos todos tristes com a partida de Bolaños, mas guardamos com carinho todas as alegrias que ele nos proporcionou.

  2. Avatar
    Paula Reis 29 novembro, 2014 at 16:09 Responder

    Muito lindo seu texto, Edu! Parabéns! Ficamos todos tristes com a partida de Bolaños, mas guardamos com carinho todas as alegrias que ele nos proporcionou.

Post a new comment