Atrizes de Supergirl e Arrow defendem mulheres vítimas de assédio sexual

Imagem: The CW
Imagem: The CW

As atrizes Melissa Benoist e Chyler Leigh, da série Supergirl, e Emily Rickards, que interpreta Felicity na série Arrow, usaram as redes sociais para se posicionarem em prol das vítimas de abusos sexuais pelos executivos de Hollywood. Querem “mudar a regra” que permite a impunidade aos agressores.

Continua após publicidade

Os comentários foram depois que o produtor executivo de Arrow, Andrew Kreisberg, foi acusado de assédio sexual e afastado da Warner.

Continua após a publicidade

No Twitter, Benoist diz apoiar a igualdade e a causa feminista. Confira tradução abaixo:

Continua após publicidade

Eu sou uma mulher que protagoniza uma série que fala sobre igualdade e feminismo, empoderamento e lutar pelo que é certo. Eu sempre tentei que minhas ações pessoais também fossem assim. Infelizmente, a série e minha carreira fazem parte de uma indústria que nem sempre espelha esses sentimentos. É de partir o coração e às vezes me sinto desamparada. Sei que não sou a única a me sentir assim, mas sou otimista. Eu acredito que uma última chance é possível e quando alguém é maltratado, é preciso um local seguro para falar a verdade e ser ouvido. E quando pessoas cometem crimes ou assediam outras pessoas, elas devem sempre serem responsáveis pelos seus atos – não importa qual meio trabalhem, ou quanto poder elas têm. Eu já falei sobre isso no passado – publicamente e não publicamente – e continuarei falando. Todas nós deveríamos, sem medo ou vergonha. Esta semana, retornarei às gravações de Supergirl ainda mais comprometida para fazer parte da mudança, escutando quando as pessoas falarem e me recusando a aceitar um ambiente que seja nada menos que seguro, respeitoso e colaborativo. – Melissa. “

Continua após publicidade

Chyler Leigh postou uma foto no Instagram e citou Maya Angelou, escritora e ativista dos direitos das mulheres: “Toda vez que uma mulher se defende sozinha, sem saber se era possível, ela defende todas as mulheres”.

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!

Emily Rickards postou no Twitter, pouco depois que Marc Guggenheim, produtor da série que a atriz está atualmente, dizer que existe “sexismo reverso” e que acusar todos os homens com a mancha de Weinstein não é a solução.

A atriz declarou: “Para os homens que cometem assédio, que perpetuam a cultura do estupro, que fingem não ver o que acontece e reclamam sobre ‘sexismo reverso’: vocês são fracos e cúmplices. Para os homens que encontraram a força para falar, para as mulheres que ajudam umas às outras e para as mulheres que estão encontrando suas vozes: você pode. Vocês são heroínas.”

https://twitter.com/EmilyBett/status/929915415324532736

Fonte: TV Line