Audiência – Análise de 22/09 a 28/09: 9-1-1, Grey’s Anatomy, The Good Doctor e mais

Audiência, 9-1-1, The Good Doctor, Grey's Anatomy
Audiência, 9-1-1, The Good Doctor, Grey's Anatomy

Imagem: Fox/Divulgação; ABC/Divulgação (02); NBC/Divulgação.

Finalmente chegamos no momento que mais importa para todo seriador: a semana de estreias e retornos com o início da Fall Season. Temos grande destaques positivos, como 9-1-1Manifest New Amesterdam, mas também há outros que não foram tão impressionantes, como é o caso de Murphy Brown.

Nós também vamos trazer uma análise especial dos números de Grey’s Anatomy, além de comparar, quase que com todos os títulos veteranos, seu crescimento (ou queda) com seu Season Premiere no ano anterior. É tudo isso e muito mais numa das colunas mais movimentadas dos últimos meses.

Continua após a publicidade

Vamos aos números?

ABC

ABC

Imagem: ABC/Divulgação

Na véspera do início a Fall SeasonCelebrity Family Feud despencou 0.3 na sua Season Finale, marcando sofridos 0.6, uma Season Low. Em seguida, dois episódios de The $100,000 Pyramid que marcou 0.6/0.5, uma leve queda de 0.7 em relação há semana anterior. Segunda-feira (24), tivemos o início da nova temporada de Dancing with the Stars com 1.0, uma queda de 0.4 em relação há semana anterior.

Mais tarde, The Good Doctor começou sua 2ª temporada com um demo de 1.3. É uma ligeira queda de 0.4 em relação ao Season Finale do último mês de março. Assim como uma queda forte de 0.9 em comparação com sua Series Premiere. É importante lembrar que tais números então representam um Series Low.

Novos tempos, novos padrões

Dancing with the Stars na terça-feira, fez abaixo do que marcou em 2017. Com 0.9, o reality show marcou um novo Series Low. Na quarta-feira, o Season Premiere de The Goldbergs caiu 0.4 em relação a 2017 com ainda fortes 1.4. American Housewife teve a mesma queda de 0.4 para 1.2. Modern Family despencou 0.5 para 1.6, sendo que em seguida, Single Parents teve uma estreia modesta de 1.3.

Mais tarde, A Million Little Things fez modestos 1.1 no demográfico, mesmos números feitos por Designated Survivor em 2017, mas abaixo do que a série fez no seu Series Premiere em 2016 (2.2) e bem longe dos números de Nashville em 2012 (2.8). Com a Season Premiere de Grey’s Anatomy sob análise especial (abaix0), o retorno de How To Get Away with Murder ficou um tantinho abaixo de 2017 ao cair 0.2 para 0.8.

NBC

NBC

Imagem: NBC/Divulgação

A terceira semana do Sunday Night Football marcou 6.4 no demo e foi assistido por 19.45 milhões de telespectadores, uma subida de 0.2 em relação há semana passada. The Voice estreou sua nova temporada com 2.0, uma queda de 0.6 em relação ao retorno em 2017. Mais tarde, como já trouxemos no início da outra semanaManifest teve uma estreia extremamente positiva com 2.2 no demo.

Depois de um começo de temporada forte, a emissora ganhou o horário nobre de terça-feira do início ao fim. The Voice teve sua estreia do dia com 2.2, uma queda forte de 0.5 em relação há 2017. Em seguida, This Is Us venceu o dia com muita facilidade ao marcar 3.0, mas despencou 0.9 dos 3.9 que fez no ano passado. Mais tarde, New Amsterdam começou sólida com 1.8, além do que Law & Order: True Crime fez ao estrear no mesmo horário no ano passado.

Na quarta-feira o Chicago Day começou com Chicago Med caindo 0.1 em relação a 2017 para sólidos 1.2, Chicago Fire teve uma queda mais acentuada de 0.2 para 1.3, sucedido por Chicago PD (-0.1) com 1.2. Na quinta-feira, o Season Premiere de uma hora de The Good Place caiu 0.4 em comparação com 2017 para 1.0. Fechando a noite, um retorno de duas horas com Law & Order: SVU fez 1.1, uma queda significativa de 0.3 daqueles feitos na estreia de 2017.

Continua após a publicidade

FOX

Fox Broadcasting

Imagem: FOX/Divulgação

Aproveitando seu pacote da NFL de domingo, a Fox aproveitou para lançar um dos seus principais produtos para a nova temporada: o segundo ano de 9-1-1. O Season Premiere fez 2.6 no demográfico alvo, que também significa uma Series High. Tais números são consideravelmente maiores daqueles feitos por REL (1.9) há algumas semanas atrás, mas na linha do que The Simpsons (2.2) fez na mesma situação em 2017.

The Resident começou bem sua 2ª temporada com 1.1. Uma subida de 0.1 em relação a sua estreia oficial no horário de janeiro, e superior à média do primeiro ano (1.02). Em seguida, a segunda noite do Season Premiere duplo de 9-1-1 mostrou que a estratégia da emissora deu certo. Com 1.6 no seu horário normal, o drama reteu 62% dos números de domingo.

The Gifted teve uma queda forte de 0.6 da sua Series Premiere para 0.9, mas praticamente estável com o Season Finale (1.0). Em seguida, Lethal Weapon perdeu 0.4 para 0.8, mas praticamente estável com o que fez na Finale de maio. Vale lembrar, entretanto, que o maior deste de sobrevivência desta série é o L+3 e L+7 (abaixo).

Valeu a pena esperar

Na quarta-feira, Empire venceu a noite com folga ao registrar 1.9, mas ainda sim uma quedade 0.5 em relação aos números de 2017. Já Star teve uma queda bem forte dos números do ano passado ao despencar 0.4 para 1.4. No dia seguinte, o Thursday Night Football fez potentes 4.8, uma subida considerável do que a quarta semana da temporada passada fez na CBS.

Last Man Standing cumpriu seu papel e toda ansiedade formada ao redor do seu retorno. A comédia retornou com fortes 1.8 no demo, ajudando o lançamento de The Cool Kids com sólidos 1.5 numa sexta-feira. Em seguida, Hell’s Kitchen ficou estável com 2017 marcando 0.9.

CBS

CBS

Imagem: CBS/Divulgação

No domingo (23), o Big Brother despencou com a competição com o futebol ao oscilar 0.3 para 1.4 no demográfico alvo. A temporada começou turbulenta para a emissora. A última temporada de The Big Bang Theory começou com 2.7, uma queda enorme de 1.8 em comparação com a estreia do ano anterior. Young Sheldon teve um tropeço ainda maior de 2.1 para 1.7.

Magnum P.I. começou ruim ao fazer 1.2 na sua estreia. Algo que deve piorar ainda mais nas próximas semanas quando as comédias de baixa expectativa entram no lugar de blockbusters de Chuck Lorre. Mais tarde (às 22h), Bull começou sua terceira temporada com 0.9. Uma queda de 0.4 dos números de 2017, mas praticamente os mesmos números que Scorpion fez em 2017 no horário.

Na terça-feira (25), a emissora teve uma noite razoável. NCIS registrou 1.4 no demo, uma queda de 0.2 em relação há 2017. FBI estreou com medianos 1.3, curiosamente os mesmos números modestos que Bull fez ao retornar no ano passado. Mais tarde, NCIS: New Orleans ficou estável com 1.0 da última Season Premiere.

Boas e más notícias

No dia seguinte, Survivor perdeu 0.1 em relação a 2017 com 1.7, sendo sucedida pela Season Finale de Big Brother que caiu 0.5 para 1.6 em relação há 2017. Na quinta-feira, The Big Bang Theory despencou 1.0 para 2.2 em relação ao segundo episódio da temporada em 2017, além de 0.5 do que foi feito na segunda.

Young Sheldon fez 1.6, uma queda de 0.6 ao estabelecermos o mesmo paralelo com o segundo episódio da primeira temporada. Mom ficou estável com uma pequena oscilação de 0.1 para 1.3. O retorno de Murphy Brown fez 1.1, similar com os 1.2 de Life In Pieces de 2017. Encerrando a noite, SWAT marcou uma Series Low com 0.7.

Sexta-feira também foi de pequenas pequenas quedas. MacGyver (-0.1/0.7); Hawaii Five-0 (-0.1/0.9) e Blue Bloods (-0.2/0.9).

CW

CW

Imagem: CW/Divulgação

Ainda no modo Summer Season até outubro, Penn & Teller: Fool Us caiu 0.1 para 0.1, enquanto Whose Line It It Anyway? ficou estável com 0.2. Retornando após uma semana de folga, The Outpost ficou estável com fraquíssimos 0.2. Na quarta-feira, Burden of Truth segurou-se nos 0.1, enquanto Masters of Illusion também ficou estável na sexta-feira com 0.2.

Destaques da TV a Cabo

Imagem: Divulgação (06)

Fear The Walking Dead liderou a TV a cabo no domingo (23) com um pulo de 0.12 para 0.69. Na Showtime, a noite começou com The Circus marcando 0.07. Seguida por Shameless estável com 0.39 e Kidding subindo 0.04 para 0.11. Na HBO, a noite começou com The Deuce caindo 0.02 para 0.13.

Continuou com Ballers perdendo 0.03 para 0.29, assim como Insecure que perdeu 0.05 para 0.21. The Last Ship subiu 0.03 para 0.28 para TNT. Encerrando os destaques de domingo, Keeping Up with The Kardashians subiu para 0.48. Na segunda-feira (24), tanto Better Call Saul (0.47) quanto Lodge 49 (0.09) cresceram em relação há semana anterior.

No dia seguinte, The Purge ficou estável com 0.44 no demográfico alvo. Já Mayans M.C. teve uma forte queda de 0.20. Porém, ainda assim registrando sólidos 0.59. Por fim, Wrecked teve uma pequena oscilação positiva de 0.02 para 0.32. Na quarta-feira, o único destaque foi American Horror Story: Apocalypse estabilizando (ou quase isso) ao cair apenas 0.15 para 0.92.

Notas do Acúmulo:

Mayans M.C.: Sem nenhuma surpresa, a série cresceu ainda mais quando somamos o acumulado de sete dias após a exibição original. O piloto ganhou 1.0 (+91%) do seu original (1.1) indo a ótimos 2.1 em adultos de 18 à 49 anos. Curiosamente, o drama também foi o que mais ganhou no total de telespectadores. Segundo a Nielsen, mais 2.51 milhões de telespectadores (+99%) assistiram ao primeiro episódio, o que dá um total de 5.05 milhões de pessoas.

Lethal Weapon: A Season Premiere teve um enorme crescimento de 63% em relação aos números conquistados no “ao vivo”, a maior subida da TV aberta na quarta-feira. Em relação ao Season Finale da segunda temporada, o crescimento foi de 8%. Através de todas as plataformas, o drama superou o último episódio do ano anterior por 15%.

Manifest: No acumulado de três dias temos uma amostra de como a série está no processo de se tornar um fenômeno. O drama adicionou mais de 5.7 milhões de telespectadores, o maior crescimento até agora de qualquer estreia da NBC; o terceiro maior estreia da história e a quarta maior subida da história, seja em relação a TV aberta ou a cabo.

Continua após a publicidade

Internacionais

TV a Cabo, Telecine, Channel 2, BBC One, Chilevisión, TF1, TV Azteca

Imagem: Divulgação (06)

A semana da televisão internacional começou no sábado (22) com The X Factor UK atraindo 5.1 milhões de telespectadores, sendo que Striclty Come Dancing foi assistida por 9.4 milhões de pessoas. No dia seguinte, o reality show musical teve uma pequena queda de um milhão de telespectadores.

Mais tarde, o Season Finale de Bodyguard foi um estouro 10.4 milhões de pessoas assistiram ao último episódio da temporada, tornando-se o drama britânico mais assistido desde Downton Abbey em 2011 e a maior audiência do ano excluindo os números da Copa do Mundo. Ainda no domingo (23), o Bake Off Chile registrou sua maior audiência até agora desde a estreia com 13 pontos. O reality show foi antecedido pela versão local do formato The Alphabet Game (13.6).

Em Portugal, teve a estreia da nova temporada do The Voice Portugal pela RTP1. A média foi de 816 mil telespectadores, consagrando-se como a quinta maior do dia. Foram 8.4 pontos e uma participação de 18.5%, sendo que o pico aconteceu por volta das 21h34 (horário local), onde o reality fez 10.4 pontos.

A segunda-feira (24) trouxe várias estreias na TV espanhola onde Palmeras en la nieve (2.52 milhões de telespectadores) e Vivir sin permiso (2.90 milhões) praticamente empataram, deixando El Continental (793 mil) para trás. Já na Alemanha, This Is Us teve sua Season High no país (250 mil telespectadores), enquanto MacGyver teve uma pequena oscilação para baixo (1.79 milhões).

Na Argentina, Family Food Fight estreou mostrando que reality shows culinários na América Latina continuam longe do desgate. De acordo com dados do IBOPE o programa registrou 12.3 pontos. Números que não só lhe colocam como líder do horário, mas também de todo o domingo no país.

Análise Especial da Semana: Grey’s Anatomy

Grey's Anatomy

Imagem: ABC/Divulgação

Antes de mais nada é preciso que eu confesso algo ao leitor: acredito que a análise da audiência de Grey’s Anatomy através dos anos merecia uma pesquisa acadêmica. Não apenas uma mera análise especial desta coluna. Dito isso, é uma enorme satisfação ter a oportunidade de falar uma série como essa. Estável, com bons números e uma solidez impressionante em tempos tão complicados e turbulentos para TV aberta.

Competindo com o sempre difícil Thursday Night Football, que não só atrai um grande número de telespectadores mais velhos como também um grande, senão total, naco de homens, o drama retornou bem. Com 1.9 no demográfico alvo, tais números representam uma ligeira queda de 0.4 em relação a Season Premiere de 2017. O que ainda mantém a série tão saudável apesar dos 15 anos? As mulheres. A participação do gênero na composição da audiência é a maior de todas as produções roteirizadas da noite de quinta-feira.

Além disso, como pode-se observar nos dados que trazemos abaixo, embora tenha-se observado uma queda através dos anos, o que é perfeitamente normal, eles ainda continuam superiores aos de muitos outros. Outra questão que é importante notar: o canal sabe que Grey’s Anatomy só sairá do ar quando a equipe criativa decidir. As vendas internacionais são extremamente rentáveis, principalmente em mercados latinos. Assim como os produtos licenciados têm um apelo de venda impressionante.

Ranking das estreias dos últimos anos:

15ª temporada: 1.9 no demográfico alvo (18 à 49 anos) / 6.81 milhões de telespectadores

14ª temporada: 2.3 no demográfico alvo (18 à 49 anos) / 8.07 milhões de telespectadores

13ª temporada: 2.4 no demográfico alvo (18 à 49 anos) / 8.75 milhões de telespectadores

12ª temporada: 2.8 no demográfico alvo (18 à 49 anos) / 9.54 milhões de telespectadores

11ª temporada: 3.1 no demográfico alvo (18 à 49 anos) / 9.81 milhões de telespectadores

10ª temporada: 3.4 no demográfico alvo (18 à 49 anos) / 9.27 milhões de telespectadores

O que veremos na próxima semana: a complexa nova temporada de 60 Minutes estreia na CBS; God Friended Me é oficialmente lançada; Criminal Minds SEAL Team estreiam novos anos na CBS; Station 19 retorna na ABC, assim como o TGIT com os retornos de Speechless Fresh Off The Boat.

Avatar

Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.

No comments

Add yours