Audiência, Análise de Audiência, Game of Thrones

Audiência – Análise de 18/05 a 24/05: Game of Thrones, Eurovision, American Idol e muito mais

Como de costume, tivemos uma semana bastante agitada no que se refere a audiência. A HBO exibiu a Series Finale de Game of Thrones, enquanto a NBC e a ABC exibiram os finais de The Voice American Idol, respectivamente. Tivemos a grande e sempre pomposa Eurovision exibida na Europa, cuja audiência mereceu um tópico a parte.

Qual seu desempenho no Reino Unido? Espanha? França? Vamos ver. Além disso, também tivemos diversos finais de temporada. NCISAmerican HousewifeThe Village e muito mais. Sem contar com a primeira grande estreia da Summer Season: Blood & Treasure. Será que a CBS encontrou seu novo sucesso?

Então, conto com a sua leitura, assim como seu comentário. Afinal de contas, é a única forma de continuarmos melhorando sempre.

ABC

Imagem: Divulgação

No domingo (19), America’s Funniest Home Videos caiu 0.2 para 0.8 no demo. Em seguida, a Season Finale de American Idol registrou 1.3 no demo, um crescimento de 0.3 em relação à semana anterior, assim como um crescimento de 0.2 se comparado com 2018. Contudo, os números representam uma queda de 0.3 se levarmos em conta a segunda parte da final do ano passado, exibida numa segunda-feira. Na segunda-feira (20), The Bachelorette caiu 0.1 para ainda ótimos 1.2 no demo, enquanto a Series Finale de The Fix fez a série crescer 0.1 para modestos 0.5.

Na terça-feira (21), a Season Finale de American Housewife caiu 0.1 para 0.7, números que representam uma queda enorme de 0.4 em relação ao ano anterior. Quando a comédia retornar será uma sexta-feira, então vamos acompanhar o quanto a série cairá nessa mudança. Em seguida, a Series Finale de The Kids Are Alright ficou estável com 0.6. A Season Finale de black-ish subiu 0.1 para 0.7 no demo, mas tais números são uma queda de 0.5 em comparação com 2018. Em seguida, o final de Bless This Mess ficou estável com 0.6.

A última noite da temporada 2018-2019, também conhecido como quarta-feira (22), a ABC trouxe um bloco de especiais. Batizado de Live In Front of a Studio Audience, o programa fez ótimos 1.8 no demo. Em seguida exibiu-se dois mini documentários sobre All In The Family The Jeffersons (1.4). A noite acabou com a Series Finale de Whiskey Cavalier com 0.7.

Na primeira noite da Summer Season (23), a ABC venceu com um especial sobre Farrah Fawcett com 0.7 no demo. Na sexta-feira, Agents of S.H.I.E.L.D. foi bem e cresceu 0.1 para 0.5 no demo, enquanto 20/20 fez o mesmo movimento.

NBC

Imagem: Divulgação

Season Finale de Saturday Night Love no sábado (18) trouxe números medianos para o canal. Ao mesmo tempo que caiu no total de residências sintonizadas, o episódio apresentado por Paul Rudd subiu 0.1 em demo para 1.6. Logo após um bloco de duas horas de duração de Dateline (0.7), um episódio inédito de Good Girls cresceu 0.1 para 0.5 no demo. Na segunda-feira (20), The Voice subiu 0.1 para 1.2 no demo, enquanto The Enemy Within terminou seu primeiro ano com estáveis 0.6 no demográfico alvo.

Na terça (21), a Season Finale (?!) de The Village ficou estável com 0.6. Em seguida, a Season Finale de duas horas do The Voice subiu 0.1 em relação à semana anterior para 1.1, mas caiu 0.4 em comparação há 2018. Na quarta-feira (22), tivemos o final da franquia Chicago que mostrou sua força.

Chicago Med terminou estável com a semana passada, mas com uma subida de 0.1 em contraposição com 2018; Chicago Fire fez o mesmo movimento, enquanto Chicago P.D. ficou estável em comparação com a semana passada, mas caiu em relação à 2018 (-0.2). Na sexta-feira (24), Blindspost retornou ao ar após ser banida da programação desde maio. O drama ficou estável em 0.4 no demo, enquanto Dateline subiu 0.1 para 0.6.

FOX

Imagem: Divulgação

Os destaques da semana começaram com uma partida da Major League Baseball no sábado (18). O jogo registrou uma média de 0.5 no demo, nada muito expressivo. Na segunda-feira (20), Beat Shazam retornou com sólidos 0.7 no demo, uma queda de 0.1 com a Season Premiere de 2018, mas estável com a média da segunda temporada (0.71).

Na terça-feira (21), o MasterChef Jr. cresceu 0.1 para 0.8 no demo, enquanto a Season Finale de Mental Samurai ficou estável com 0.4. Ainda não está claro o que a FOX fará com o game show em razão do novo trabalho de Rob Lowe. Na quinta-feira (23), Paraidse Hotel manteve seus 0.4 da semana anterior.

CBS

Imagem: Divulgação

No sábado (18), Ransom foi precedido por uma reprise de God Friended Me (0.3). A série não conseguiu manter os números do seu lead-in ao cair 0.1 para 0.2 no demo. O início de horário nobre fraco também prejudicou 48 Hours, que caiu de 0.4 para 0.3 no demográfico alvo. Com a aposentadoria do lendário Steve Kroft, a Season Finale de 60 Minutes subiu 0.1 para 0.8 no demo. Já a final de The Red Line, que pode ser um final definitivo ou não, ficou estável com 0.3. Por fim, a Season Finale de NCIS: Los Angeles caiu 0.1 em relação à semana passada para 0.5 no demo. The Code cresceu 0.1 na segunda-feira (20) para ainda ruins 0.7 no demo.

Na terça-feira (21), a Season Finale de NCIS cresceu 0.1 em relação à semana passada para 1.2 no demo, o que é uma pequena queda dos 1.3 que a série fez em 2018. Em seguida, a Series Premiere de duas horas de duração de Blood & Treasure fez inexpressivos 0.6 no demo. Contudo, é importante ressaltar que tais números estão praticamente estáveis com aquilo que a segunda temporada de Extant fez em 2015 (0.7). Mas superior ao desempenho do último Season Premiere de Salvation (0.4). Isso quer dizer que 0.6 é ruim, mas se manter podem ser interessantes.

Um episódio duplo de The Amazing Race fez 0.9 e 0.7 na primeira e segunda hora respectivamente, uma estabilidade com os 0.8 há duas semanas. Em seguida, a Season Finale de SEAL Team subiu 0.1 para 0.7 em comparação com a semana anterior, mas caiu 0.2 em comparação com a final de 2018. Na quinta-feira (23), Life In Pieces caiu 0.2 para ainda bons 0.6, embora a comédia já esteja cancelada. Em seguida, a Season Premiere de Elementary fez 0.5 no demográfico alvo, uma queda de 0.1 em relação há semana anterior. Por fim, na sexta-feira (24), Whistleblower retornou com estáveis 0.5 no demo.

CW

Imagem: Divulgação

Season Finale de Supergirl continuou estável em comparação com a semana passada (0.3), mas uma queda de 0.2 em relação em relação à 2018 despedida de 2018, exibida numa segunda-feira. Em seguida, a Season Finale de Charmed repetiu os 0.2 da semana anterior. Na segunda-feira (20), a Season Finale de Legends of Tomorrow ficou estável com a semana anterior, mas com uma pequena queda de 0.1 em comparação com o ano anterior. Na terça-feira (21), seguido de uma reprise de The Flash, um episódio inédito de The 100 caiu 0.1 para ainda bons 0.2 no demo.

Na quarta-feira (22), My Last Days retornou com 0.2 no demo, enquanto Jane The Virgin ficou sólida com 0.2 no demo. O que me faz considerar o motivo da CW em encerrar a série na sua atual temporada um tanto perto do syndication. Tudo bem que há um esvaziamento criativo, mas quando que Hollywood deu bola pra isso, afinal? Na quinta-feira (24), iZombie ficou firme em 0.2, assim como In The Dark (0.2). Já na sexta-feira (24), Dynasty despediu-se do seu segundo ano com estáveis 0.1.

Será que agora eu tenho a sua atenção?

Eurovision 2019

Imagem: Divulgação

Com a Eurovision sendo exibida por todo o continente europeu, nada mais natural do que termos destaques de audiência nos principais países. Na França, a competição foi assistida por 4.79 milhões de telespectadores, uma queda dos 5.2 que assistiram em 2018. Na Espanha, o programa trouxe números de arrasar quarteirão. Contudo, interiores em relação há 2018. 5.49 milhões de pessoas assistiram a atração, além de um share de 36.7%. Números aquém dos 6.14 milhões que assistiram em 2018, assim como de participação (44.6%).

Na Alemanha, 7.59 milhões de telespectadores conferiram a competição de quatro horas de duração, arrasando o restante da competição. No Reino Unido, as pessoas foram na contramão dos outros países. Uma média de 7.1 milhões de pessoas assistiram a final da competição, uma pequena subida dos 6.8 milhões de 2018. Em Portugal, a atração também registrou bons números, mas nada de impressionantes. A Eurovision registrou 553 mil espectadores, 5.7 de rating e 14.4% de share. Deixando a RTP1 no terceiro lugar geral da noite, atrás da SIC e TVI.

Destaques da TV a Cabo

TV a Cabo (logo)

Imagem: Divulgação (06)

No sábado (18), The Son caiu 0.03 para 0.06. É importante lembrar que mesmos que os números sejam obviamente baixos, o drama ainda é a sétima maior audiência da AMC. No domingo (19) tivemos o momento mais esperado, talvez, da década para televisão tradicional: a Series Finale de Game of Thrones. O episódio registrou 5.78 no demo, um crescimento de 0.08 em relação ao último recorde, fazendo com que a série termine num Series High. Além disso, é quase 80% superior que o final de The Big Bang Theory, embora a HBO esteja presente em três vezes menos residências que a CBS nos Estados Unidos.

Ainda na HBO, a Season Finale de Barry beneficiou-se do seu lead-in gigantesco. A comédia subiu 0.09 para impressionantes 0.89, o que representa uma alta absurda de 0.71 da sua Season Finale do primeiro ano. Mesmo assim, é importante lembrar que o desempenho da série é fraco se compararmos com os resultados de Silicon Valley na última vez que foi colocado ao lado de Thrones. A comédia de Mike Judge fez 1.05 no demo, apesar de números consideravelmente menores do drama épico.

Estável e bem

Encerrando os destaques de domingo, Killing Eve subiu 0.02 para 0.17 na AMC. Além disso, The Spanish Princess cresceu 0.02 para ainda fracos 0.07 no demo. Na segunda-feira (20), American Dad! teve uma pequena queda para 0.42 na TBS. Já na HBO, Chernobyl desafiou a gravidade mais uma vez e ficou sólida e estável em 0.32, ao mesmo tempo que Gentleman Jack caiu 0.04 para 0.10.

Na terça-feira (21), The Last O.G. teve um crescimento impressionante de 0.11 para 0.39 no demo. No Discovery, Deadliest Catch ficou estável com 0.34 no demográfico alvo. No OWN, The Haves and Have Nots perdeu 0.02 para 0.28. Por fim, The Bold Type continuou sólida em 0.12 e Fosse/Verdon caiu 0.05 para 0.07. Na quarta-feira (22), What We Do In The Shadows caiu para 0.18, enquanto a Season (ou Series?) Finale de The Perfectionists subiu para 0.12.

Na quinta-feira (23), RuPaul’s Drag Race teve uma pequena queda de 0.03 para 0.23, enquanto Cloak & Dagger subiu 0.03 para 0.12 no demo.

Notas do Acúmulo:

The Late Show with Stephen Colbert: da semana de 13 a 17 de maio, o talk show da recuperou-se de uma forte queda que teve na semana anterior e voltou ao topo. A atração cresceu de 0.35 para 0.42 no demográfico alvo. Em segundo lugar, The Tonight Show Starring Jimmy Fallon também teve um crescimento na média semanal ao crescer de 0.39 para 0.41. Em terceiro, como de costume, ficou Jimmy Kimmel Live! com seus usuais 0.29 no demo.

Live! With Kelly and Ryan: o talk show matutino foi o único a apresentar crescimento dentre seus competidores na semana de 06 de maio. Ficou em segundo lugar geral em relação à todos as atrações diurnas em todos os demográficos, perdendo apenas para The Ellen DeGeneres Show. Além disso, ressalta-se que o programa cresceu 03% no total de telespectadores ao subir de 2.78 para 2.88 milhões de telespectadores.

Meet The Press: o programa político venceu toda a concorrência no mês de maio por larga vantagem. Além disso, foi o vencedor do último domingo (19) tanto no total de telespectadores quanto em demo (25 a 54 anos). Foram 2.92 milhões de telespectadores e 0.7 no demo, enquanto Face The Nation (CBS) fez 2.36 milhões e 0.4 no demo. O Fox News Sunday, como de costume, ficou em último lugar com 1.21 milhão e 0.3 no demográfico alvo.

Internacionais

TV Internacional

Imagem: Divulgação (06)

Quem acompanhou o noticiário nesta semana, sabe que sábado (18) foi um dia único na Austrália. A coalisão que governa o país desde 2013, conquistou uma vitória surpreendente sobre os trabalhistas nas Eleições federais. Quem ganhou com isso? A ABC (Australian Broadcasting Company), que ganhou a preferência dos australianos. A cobertura na ABC e na ABC News foi a mais assistida, atingindo 5.3 milhões de telespectadores das 16h às 00h com uma participação de 30.6%.

A competição com a Eurovision no sábado (18), fez com que o The Voice França despencasse. O reality show registrou 3.18 milhões de telespectadores, uma queda dos 3.88 milhões da semana anterior. Tais números representam uma nova Series Low para o programa neste ano. No domingo (19), a Season Finale do Bake Off Espanha registrou 5.6% de share e 958 mil telespectadores. É verdade que o programa cresceu se compararmos com sua estreia, mas nada que supere o investimento.

Como se mede um sucesso?

Na Austrália, tivemos a Season Premiere da oitava temporada de The Voice Australia. A boa notícia é que o reality show ficou no terceiro lugar geral da noite. Mas se descartamos os noticiários, o programa ganha tranquilamente. A má notícia, contudo, é que foi a audiência de estreia mais baixa até agora. Foram apenas 1.01 milhão de telespectadores, uma queda dos 1.07 milhão de 2018. Por fim, o MasterChef Espanha voltou a subir. O programa subiu de 12.4 para 13 pontos, apesar da competição.

Na segunda-feira (20), Manifest atraiu 4.95 milhões de telespectadores na França. A série perdeu 499 mil pessoas de uma semana para outra, mas mesmo ainda são números sólidos e que deram a liderança para TF1. Na Austrália, o segundo episódio do The Voice Australia teve uma pequena queda para 963 mil pessoas.

Por fim, no Uruguai, MasterChef Uruguai ficou em primeiro lugar com 18.6 pontos, enquanto O Outro Lado do Paraíso em terceiro com 14 pontos. Ambos subiram em relação à semana passada. No dia seguinte (21), o segundo episódio de Whiskey Cavalier fez ainda tímidos 1.60 milhão de pessoas.

Análise Especial da Semana: Game of Thrones

Game of Thrones, Season 8

Imagem: HBO/Divulgação

Seria uma enorme falta de respeito com o leitor do Mix de Séries se Game of Thrones terminasse e nunca tivesse recebido a atenção desta coluna. Contudo nós guardamos o melhor para o final com uma análise deliciosa e com muitos números, ou seja do jeitinho que a gente gosta. Embora nós tenhamos comentado alguns os resultados finais acima, é importante ressaltar que a HBO não está preocupada com demográficos.

Uma vez que ela não precisa agradar anunciantes ou vender spots entre seus programas. Nos Estados Unidos, assim como no Brasil, se você quiser assistir o canal premium vai ter que pagar por ele. Sendo assim, o total de telespectadores acaba importando muito mais para os executivos do que os tradicionais 18 a 49 anos, que balizam as perspectivas da televisão comercial.

Tal ponto nos leva para outra reflexão: a decadência da forma tradicional de assistir televisão. Recentemente, nosso editor-chefe publicou um texto sensacional falando que o fim de Game of Thrones também representa o fim, ou pelo menos um flerte com o fim, de sentar-se à frente da televisão ao lado de outros milhões de pessoas para conferir um programa em comum.

ranking que trago abaixo mostra exatamente essa tendência. Dos vinte e três maiores Series Finales da história, apenas nove aconteceram neste século. Pense nisso.

Maiores Audiências de Series Finales na História

  1.  M.A.S.H. (CBS/1983) – 106 milhões de telespectadores
  2.  Cheers (NBC/1993) – 80 milhões de telespectadores
  3.  Seinfeld (NBC/1998) – 76 milhões de telespectadores
  4.  Friends (NBC/2004) – 53 milhões de telespectadores
  5.  Magnum, P.I. (CBS/1988) – 51 milhões de telespectadores
  6.  The Cosby Show (NBC/1992) – 44 milhões de telespectadores
  7.  All in the Family (CBS/1979) – 40 milhões de telespectadores
  8.  Family Ties (NBC/1989) – 36 milhões de telespectadores
  9.  Home Improvement (ABC/1999) – 36 milhões de telespectadores
  10.  Frasier (NBC/2004) – 34 milhões de telespectadores
  11.  Dallas (CBS/1991) – 33 milhões de telespectadores
  12.  Gunsmoke (CBS/1975) – 31 milhões de telespectadores
  13.  Happy Days (ABC/1984) – 31 milhões de telespectadores
  14.  The Golden Girls (NBC/1992) – 27 milhões de telespectadores
  15.  Full House (ABC/1995) – 24 milhões de telespectadores
  16.  MacGyver (ABC/1992) – 22 milhões de telespectadores
  17.  Game of Thrones (HBO/2019) – 19 milhões de telespectadores
  18.  The Big Bang Theory (CBS/2019) – 18 milhões de telespectadores
  19.  Lost (ABC/2010) – 14 milhões de telespectadores
  20.  The Sopranos (HBO/2007) – 13 milhões de telespectadores
  21.  How I Met Your Mother (CBS/2014) – 13 milhões de telespectadores
  22.  Sex and the City (HBO/2004) – 11 milhões de telespectadores
  23.  The Office (NBC/2013) – 06 milhões de telespectadores

Obs: Na área internacional, 3.2 milhões de pessoas assistiram a Series Finale no Reino Unido às 02h. Enquanto na Austrália, que foi exibido pela manhã de segunda, o episódio foi assistido por 1.07 milhão de pessoas, a maior audiência da história numa TV a Cabo.

O que veremos na próxima semana: NatGeo ousa mais uma vez em programa roteirizada com a minissérie The Hot Zone; a NBC lança America’s Got Talent SonglandAnimal Kingdom retorna na TNT após se tornar um fenômeno no ano passado e muito mais.

Share this post

Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.