Audiência – Análise de 29/10 a 04/11: Ray Donovan, Busy Tonight, Empire e mais

Audiência, #MixAudiência, Análise de Audiência, Ray Donovan, The Walking Dead, Busy Tonight, Empire
Audiência, #MixAudiência, Análise de Audiência, Ray Donovan, The Walking Dead, Busy Tonight, Empire

Imagem: Showtime/Divulgação; AMC/Divulgação; E!/Reprodução; Fox/Divulgação

Não tivemos grandes estreias nesta semana. Infelizmente. Esse é aquele período morno na qual não temos nada de novo à espera dos episódios finais de 2018. É verdade que o E! trouxe seu novo talk show, mas que não foi muito bem, a partir da nossa análise. Além disso, Ray Dononan retornou na última semana e tais números recebem a atenção da análise especial desta coluna.

A volatilidade da audiência é algo que impressiona. Principalmente nesta semana, onde a ABC tem uma noite extremamente positiva na terça e outra desastrosa na quarta. É importante notar que embora a Fox esteja colhendo bons frutos a partir dos acumulados, o ao vivo continua desastroso. Empire atingiu um Series Low e a estratégia dos esportes ao vivo parece não estar surtindo efeito.

Continua após a publicidade

ABC

Imagem: ABC/Divulgação

Em competição com o quarto jogo da World Series, o College Football trouxe o embate entre Texas e o Oklahoma State. A partida registrou 1.0 no demo, além de 3.48 milhões de telespectadores. Tais números apresentam uma queda de 0.6 em relação aos dados da semana anterior.

America's Funniest Home Videos-2

Imagem: ABC/Divulgação

No domingo (28), a recém renovada para duas temporada America’s Funniest Home Videos ficou estável em 0.8, ao mesmo tempo que Dancing with the Stars Junior perdeu 0.1 para 0.7. Shark Tank caiu 0.1 e marcou 0.7, enquanto The Alec Baldwin Show ficou estável em 0.3.

Na segunda-feira (29), Dancing with the Stars voltou a marcar abaixo de 1.0 com 0.9 no demo. O lôngevo reality show marcou 0.9, sendo incapaz de capitalizar em algunas exibições locais do Monday Night Football. Em seguida, The Good Doctor continua preocupando. Embora tenha voltado a liderar o horário com a folga de Manifest, o drama marcou uma nova Series Low com 1.0.

Do céu ao inferno

O bloco de comédias na terça-feira (30) foi muito bem. The Conners encontrou seu público e cresceu 0.1 para 1.8. The Kids Are Alright subiu 0.2 para 1.3. black-ish (1.1) e Splitting Up Together (0.9) subiram 0.2 em relação há semana anterior. Já às 22h, The Rookie foi a única que caiu ao oscilar negativamente 0.1 para 0.8.

A noite de Halloween não foi muito boa para a emissora. The Goldbergs despencou 0.3 em relação há semana anterior para 1.0. American Housewife tropeçou 0.2, enquanto Modern Family caiu 0.3 depois de um Season HighSingle Parents teve uma queda menor de 0.1, mas A Million Little Things fechou a noite com seus sempre estáveis 0.8 no demográfico alvo.

Na quinta-feira (1º), Grey’s Anatomy subiu 0.1 para 1.6, enquanto Station 19 (0.9) ficou estável. Mais tarde, How To Get Away with Murder subiu 0.1 em relação há semana passada. Na sexta-feira (02), Fresh Off The Boat (0.6), Speechless (0.5) e Child Support (0.5) fizeram os mesmos números que há duas semanas atrás. Enquanto 20/20 caiu 0.1 para 0.4.

NBC

Imagem: NBC/Divulgação

O sétimo jogo do Sunday Night Football da temporada 2018-2019, mostra o quão bom é para a liga, assim como a emissora, não ter o presidente criando pseudo-polêmicas. Isso porque a partida entre New Orleans Saints e o Minnesota Vikings superou pela sexta vez os índices desse mesmo período em 2017. Foram 4.5 no demográfico alvo, assim como uma audiência total de 14.09 milhões de telespectadores.

New Amsterdam

Imagem: Virginia Sherwood/NBC

Para efeitos de curiosidade, o jogo teve um pico de 10.4 no demo no segundo quarto do jogo (aproximadamente das 21h30 às 21h45, segundo horário local). Os principais mercados locais foram: Nova Orleans 50; Mineápolis 41.3; Kansas City 13.0; Austin 12.4; Norfolk 12.4; Houston 11.7; Denver 11.7; Washington D.C. 11.4; Albuquerque 11.2; Buffalo 11.2.

Na segunda-feira (29), The Voice liderou a noite, mas caiu de 1.9 para 1.8. No episódio de terça, The Voice (1.6) e This Is Us (2.1) ficaram estáveis, enquanto New Amsterdam perdeu 0.1 para 1.3. A noite de quarta-feira (31) trouxe pequenas quedas: Chicago Med (-0.1/1.1); Chicago Fire (-0.2/1.2) e Chicago P.D. (-0.1/1.2).

Na quinta-feira, Superstore (0.9) e The Good Place (0.8) ficaram estáveis. Em seguida, Will & Grace ficou estável em 0.8, assim como I Feel Bad com medíocres 0.5. Fechando a noite, Law & Order: SVU repetiu seus 0.9. Na sexta-feira (02), tudo estável: Blindspost (0.4), Midnight Texas (0.4) e Dateline (0.5).

FOX

Imagem: FOX/Divulgação

O quarto jogo da World Series fez com que a emissora vencesse seu primeiro sábado em meses. Foram 3.3 no demográfico alvo e um total de 11.43 milhões de telespectadores. É uma leve alta em relação há mesma noite em 2017 (2.9). Já no domingo (28), a vitória do Red Sox registrou 4.6 no demo, bem longe dos 5.5 que o quinto jogo fez em 2017.

The Cool Kids

Imagem: Fox/Divulgação

Seguindo, The Resident continua muito bem ao repetir seus 1.0 da semana anterior ao mesmo tempo que 9-1-1 parou de cair e subiu 0.1 para 1.4. Na terça-feira, The Gifted manteve-se estático em 0.6, seguido de Lethal Weapon caindo 0.1 para um Series Low de 0.6.

Retornando de folga após a World SeriesEmpire teve uma queda muito forte. O drama despencou 0.4 para um preocupante Series Low de 1.2. Em seguida, Star caiu 0.1 para 0.9. Na quinta-feira, o Thursday Night Football mostra, mais uma vez, que a emissora deve reajustar sua estratégia de investir em esportes ao vivo.

A partida apresentou uma nova queda de 0.4 em relação há semana passada, ficando com 3.2 no demo. Na sexta-feira, Last Man Standing retornou de uma semana de folga com 1.1, uma queda de 0.2 em relação há sua última exibição. Em seguida, The Cool Kids conseguiu algo impressionante: manter seus 0.9.

Encerrando a noite, Hell’s Kitchen também ficou estável com 0.7.

CBS

Imagem: CBS/Divulgação

Em comparação com 07 de outubro, último domingo que a emissora não teve um jogo nacional da NFL, 60 Minutes ficou estável em 0.8. God Friended Me perdeu 0.2 para 0.7, enquanto NCIS: Los Angeles (0.8) e Madam Secretary (0.6) ficaram estáveis.

SEAL Team

Imagem: CBS/Divulgação

Na segunda-feira, The Neighborhood continua estável de uma forma impressionante com 1.1 no demo, assim como Happy Together (0.9), enquanto e Magnum P.I. (0.8). Mais tarde, Bull conseguiu subir 0.1 para 0.9, trazendo um fenômeno muito interessante onde o lead-out acaba marcando uma audiência maior que o lead-in.

No dia seguinte, NCIS (1.3) e NCIS: New Orleans (0.9) subiram 0.1, mas FBI ficou estável em 1.0. Na quarta-feira, Survivor caiu 0.2 para 1.3 no demo, seguido de SEAL Team (0.8) e Criminal Minds (0.7) estáveis às 21h e 22h, respectivamente. The Big Bang Theory caiu 0.2 para 2.1, mas Young Sheldon ficou estático em 0.7 na quinta-feira.

Às 21h, Mom ficou estável em 1.2. Em seguida, Murphy Brown repetiu seus 0.8 no demográfico. Fechando às 22h, S.W.A.T. também fez 0.7 no demo. Na sexta-feira (02), tudo subiu. MacGyver (0.8) subiu 0.2, assim como Hawaii Five-0 (0.9), além disso Blue Bloods subindo 0.1 para 0.8, mas vencendo a noite no total de telespectadores.

CW

Imagem: CW/Divulgação

Black Lightning

Imagem: Bob Mahoney/The CW

No domingo (28), Supergirl ficou estável em 0.4 enquanto Charmed caiu de novo, desta vez para 0.3. Na segunda-feira, todos estão ficaram estáveis: Arrow DC’s Legends of Tomorrow com 0.3.

Na terça-feira (30), The Flash ficou estável em 0.7 no demo, enquanto isso Black Lightning continua passando por problemas nesse retorno ao cair 0.1 para uma Series Low de 0.3.

Na quinta-feira (1º), Supernatural repetiu seus 0.4 no demo da semana passada, mas Legacies subiu para o mesmo patamar: 0.4, após uma estreia mediana de 0.3. Já na sexta-feira (02), tudo estável. Dynasty (0.2) e Crazy Ex-Girlfriend (0.1).

Destaques da TV a Cabo

Imagem: Divulgação (06)

No domingo (28), The Walking Dead teve uma leve subida de 0.02 para 1.95. Na HBO, The Deuce ficou estável em 0.11, assim como Camping que subiu para 0.11. Na TNT, The Last Ship teve uma leve queda de 0.02 para 0.23. Já You, na Lifetime, caiu 0.03 para 0.14. Keeping Up with The Kardashians, um dos mais assistidos da noite, teve um pulo de 0.22 para 0.42 em comparação com a semana anterior.

Busy Tonight

Imagem: E!/Reprodução

Logo em seguida, o E! lançou seu mais novo talk showBusy Tonight. O programa marcou 0.14 no demo e foi assistido por 276 mil pessoas. Tais resultados são bem aquém do Series Finale de Chelsea Lately em 2014 (0.40 no demo; 1 milhão de pessoas), assim como a média de telespectadores da atração de Chelsea Handler: 960 mil telespectadores.

Na terça-feira, The Purge subiu 0.05 para 0.37, enquanto Mayans M.C. teve uma leve subida para 0.49. Já The Guest Book conseguiu bons números na sua segunda semana ao registar 0.28, números sólidos em relação aos 0.32/0.22 da estreia.

Na quarta-feira (31), American Horror Story: Apocalypse liderou a TV a cabo na noite de Halloween com 0.74 no demo, embora tenha despecado 0.16 em relação há semana anterior. No OWN, Greenleaf caiu para 0.20, enquanto It’s Always Sunny In Philadelphia subiu para 0.19. Já na quinta-feira, Jersey Shore liderou a TV a cabo em “não esportivos” com 0.76, numa subida de 0.04.

Notas do Acúmulo:

Last Man Standing: a comédia não só mantém uma audiência surpreendente às sextas-feiras, mas também continua liderando para Fox. Pela quarta sexta-feira consecutiva no L+7 o programa ficou no topo pela primeira vez desde 2011. Foram 2.0 no demográfico alvo, uma diferença de 33% sobre Blue Bloods, o antigo rei das sextas-feiras, da semana de 15 de outubro. O sucesso da série de Tim Allen é tamanho que leva The Cool Kids a reboque, uma vez que a comédia fez 75% a mais do que Speechless.

CNN: No aquecimento para as grandes eleições de “meio mandato” nesta terça-feira (06), o canal teve seu melhor mês de outubro em dez anos. The Lead, Anderson Cooper 360 e CNN Tonight registraram seu segundo melhor outubro da história. Já New Day, The Situation Room Erin Burnett Outfront entregaram seu terceiro melhor outubro desde quando estrearam. Assim como Cuomo Prime Time foi a atração mais assistida, tanto na audiência total quanto no demográfico alvo (25 à 54 anos).

The View: Mais uma vez o talk show vespertino venceu sua competição da CBS (o problemático The Talk) com uma larga vantagem. Em relação há semana anterior o programa subiu em todos os demográficos mais importantes para o horário. Total de telespectadores (+5% / 2.79 milhões); Mulheres de 25 a 54 anos ((+5% / 441 mil telespectadores); Mulheres de 18 a 49 anos (8% / 308 mil pessoas).

Internacionais

TV a Cabo, Telecine, Channel 2, BBC One, Chilevisión, TF1, TV Azteca

Imagem: Divulgação (06)

Numa noite especial de Halloween, o Strictly Come Dancing foi assistido por uma forte média de 10 milhões de telespectadores. Do outro lado da programação, The X Factor UK foi visto por uma média de 04 milhões de pessoas, uma queda de 300 mil em relação ao sábado anterior. Das Supertalent (ou Germany’s Got Talent) continua dominando a noite de sábado na Alemanha. O reality show venceu dentro da programação de entretenimento com 3.94 milhões de telespectadores.

Depois de um Series High na semana anterior com ótimos 14.3 pontos, o Bake Off Chile fez 12.9, quase perdendo o quinto lugar geral para o noticiário do Canal 13. Com forte competição dos outros canais, o The Voice Portugal registrou sua pior audiência da temporada. O reality show fez 8.1 no rating, teve um share de 17.4% e uma média de 787 mil telespectadores.

Das Supertalent

Imagem: RTL/Divulgação

Ainda no domingo (28), All Togheter Now Australia teve outra forte queda. Desta vez oscilou de 675 para 510 mil telespectadores. Na Alemanha, o The Voice Germany caiu muito pouco em relação ao Season Premiere (3.52 milhões contra 3.35 milhões de telespectadores), garantindo o sétimo lugar geral.

No Reino Unido, todos os três princiapis programas subiram: Doctor Who (média de 6.4 milhões de pessoas); Strictly Come Dancing (média de 09 milhões de pessoas) e The X Factor UK (média de 4.2 milhões de pessoas). Na Espanha, a briga foi acirrada entre MasterChef Celebrity e o Gran Hermano Vip. O reality gastronômico liderou com 2.75 milhões. Já o outro foi assistido por 2.08 milhões de pessoas.

Exportados americanos encontram resultados mistos

La Voz Argentina continua reinando no horário nobre. Começando por volta das 21h30, o reality show marcou 19.1 pontos, bem acima dos miúdos 9.1 pontos da telenovela Mi Hermano Es Un Clon do Canal 13. Ainda na segunda-feira (28), NCIS continua bastante popular na Alemanha. O episódio décimo primeiro da décima quinta temporada foi assistido por 2.36 milhões de pessoas. Já This Is Us, apesar de estável, continua minguando com 230 mil telespectadores.

A grande final da temporada de The Great British Bake Off foi um sucesso para o Channel 4. Foram 7.8 milhões de telespectadores, registrando um share de 36%. O programa venceu a competição com folga: Holby City (3.3 milhões de pessoas para BBC) e Vera (2 milhões de pessoas para ITV).

Dentre outros destaques ainda temos, The Good Doctor ainda tímido na Bélgica (139 mil telespectadores). Assim como na Austrália (629 mil pessoas). Sem contar o desempenho modesto de 9-1-1 na Austrália (493 mil telespectadores) e na Alemanha (1.20 milhão de pessoas.

Análise Especial da Semana: Ray Donovan 

Ray Donovan Season 6

Imagem: Showtime/Divulgação

As séries da Showtime tendem a passar por uma reformulação criativa antes de serem canceladas ou finalizadas. Foi assim com Dexter e será assim com Homeland ShamelessRay Donovan, entretanto, traz uma reestruturação criativa em praticamente todas as suas temporadas.

Adotou-se tal postura de forma sólida na 5ª temporada e fez o mesmo desta vez com a mudança de Los Angeles para Nova York. No entanto, a audiência claramente não correspondeu, pelo menos num momento onde analisamos o “ao vivo”.

Disponível nas plataformas digitais da emissora por mais de uma semana, o que provavelmente teve certo impacto, a Season Premiere marcou magros 0.12 no demográfico alvo e foi assistida por ainda menores 805 mil telespectadores. É uma queda de 50% no demo e de 28.12% no total de telespectadores.

Derrapadas fortes que configuram um sangramento acima da média em relação a outros dramas da Showtime, como Shameless (-35.6% e 29.5%) e Billions (30%; 23.2%). Embora não acredite que a série esteja perto do fim, ao meu ver deve ficar no ar por mais um ou dois anos, é algo que chama atenção.

Ray Donovan, vale lembrar, vende muito bem internacionalmente. Não é um sucesso extraordinário em nenhum mercado específico. No entanto, vai bem na Ásia (através da FX Asia) e na América Latina (por meio da HBO Latin America).

Season Premiere das seis temporadas:

1ª temporada: 0.50 no demográfico alvo (18-49 anos) / 1.35 milhões de telespectadores

2ª temporada: 0.37 no demográfico alvo (18-49 anos) / 1.22 milhões de telespectadores

3ª temporada: 0.32 no demográfico alvo (18-49 anos) / 1.03 milhões de telespectadores

4ª temporada: 0.28 no demográfico alvo (18-49 anos) / 1.10 milhões de telespectadores

5ª temporada: 0.24 no demográfico alvo (18-49 anos) / 1.12 milhões de telespectadores

6ª temporada: 0.12 no demográfico alvo (18-49 anos) / 805 mil de telespectadores

Avatar

Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.

No comments

Add yours