Bake Off Brasil – 3×03 – A doce magia da discórdia

Imagem: SBT/Divulgação
Imagem: SBT/Divulgação

[spacer height=”20px”]

Continua após publicidade

reality mais doce da TV brasileira experimentou um gostinho azedo no último final de semana, e não vou negar que amei lindamente. As coisas esquentaram na tenda do Bake Off Brasil, e é claro que quem estava no meio era a embuste da Débora.

Continua após a publicidade

A primeira prova da semana os participantes tinham que fazer uma sobremesa com tema mágico, o qual teriam que montar unicórnios. Os jurados foram bonzinhos, dando opção deles fazerem outras coisas além de bolo, desde que a receita tivesse pelo menos dez itens. A magia e o encanto deveria ser instaurado na tenda, mas isso logo se desfez por conta da chata e mimizenta da Johanna. A candidata foi reclamar com a outra insuportável que Maria já tinha vindo com itens pré moldados, e é claro que a funkeira não deixou barato.

Continua após publicidade

O clima esquentou e o barraco rolou solto, e isso acabou atingindo os demais. Muitos ficaram bem incomodados com o ocorrido, enquanto Ney colocou mais lenha na fogueira, em defesa da Mulher Perereca. Obviamente que Débora se fez de vítima, tentando até forçar um choro, e ameaçando de sair. Pena que ela não cumpriu com sua palavra.

Continua após publicidade

Eu amei quando Fasano e Beca foram falar com Marina, e ela acabou explicando toda a situação. A postura dos jurados foi espetacular, de se aplaudir, e por causa de dois embustes, a candidata não seria prejudicada e até teria chances de se destacar nessa primeira prova. Aí eles foram falar com Johanna, e o que ela fez? Desfeita com os dois, ai que ranço dessa “zinha”.

Na avaliação das sobremesas, os destaques para mim foram Monique, Gigi, José e Marina. Já meus favoritos Dario, dona Iaiá e Karyne, infelizmente deixaram a desejar e, querendo ou não, o clima pesado com certeza pode ter influenciado em tais resultados. Nena até fez um bolo muito bonito, mas o fato dela ter errado a mão no chantilly a prejudicou. A vergonha alheia ficou por conta de quem? DÉBORA! Receba, fofa.

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!

Uma coisa que achei engraçado foi o “piti” dado por Ney, após a avaliação dos jurados. Ele mentiu sobre o fato da geleia, com direito a VT sendo exibido, e mesmo assim o rapaz ficou irredutível em sair da disputa. Se não sabe ouvir críticas, por que está em um programa de competição? Será que ele nunca assistiu ao Bake Off Brasil? Quem acompanha o programa está careca de saber que Fasano não é fácil de lidar, e Beca já mostrou não ser muito diferente, mesmo com seu jeito doce e angelical.

A prova técnica consistiu na produção de pretzels, sendo eles três doces e três salgados, com uma hora e meia para fazê-los. Sinceramente fiquei muito surpreso que muitos deles não sabiam do que se tratava, e sempre achei algo tão comum, em shooping pleo menos há vários quiosques que vendem e tudo mais. PAS-SA-DO! Enfim, o resultado foi bem assombroso, com cada pretzel perturbador.

Monique infelizmente foi a pior dessa fase, enquanto Johanna se saiu melhor de todos. Por mais que eu odeie admitir isso, a chata tem descendência alemã, o que com certeza pesou no conjunto completo. Apesar disso achei um exagero grande dela ter sido escolhida a mestre confeiteira da semana, pois na primeira prova não achei seu desempenho tudo isso. Se não fosse o deslize do bolo de unicórnio, por mim Dário continuaria com o avental azul.

Por mais que tenha que eu quisesse que o embuste da Débora fosse eliminada, Nena acabou se sobressaindo negativamente. Seu bolo de unicórnio saiu do ponto, e o pretzel não teve um resultado tão feliz assim. Monique e José foram bem na primeira prova, e com certeza foi isso que os mantiveram na disputa por mais uma semana. Apesar disso, ou o lutador faça algo que surpreenda de uma vez por todas, ou provavelmente será o próximo eliminado.

Semana que vem tem mais!

Por Eduardo Nogueira