Bake Off Brasil Mão Na Massa – 2×03 – Coisa de Gordo

Bake Off Brasil 2x03

Continua após publicidade

Depois de um episódio simplesmente desastroso com um bolo de chá de bebê e casinha de biscoito, temos aqui, mais duas temáticas completamente adversas em todos os sentidos que esse adjetivo possa ter. Todavia, não consigo ser muito duro com a produção, visto que a mesma conseguiu inovar, sair da inércia e nos apresentar temas mais originais, interessantes, empolgantes e com aquele nível de dificuldade certo para esse início de temporada.

Continua após a publicidade

É sabido que uma das maiores críticas ao Bake Off Brasil – Mão Na Massa é que, na maioria das vezes, apenas doces são feitos, fato que a própria Record usou em uma das chamadas da estreia da primeira temporada de Batalha dos Confeiteiros Brasil, para promover o reality show de Buddy Valastro, como a alternativa. Felizmente, anunciou-se que teríamos salgado na prova criativa, o que me fez festejar em razão da mudança de foco, mas qual foi a proposta? Torta de liquidificador.

Continua após publicidade

O próprio Yahoo Respostas traz a história do “prato” como fruto da tecnologia, em razão da sua praticidade e rapidez de se fazer. Pode isso, Arnaldo? Tudo bem, que são amadores competindo e muitos ali não têm grandes experiências na confeitaria, mas será que o melhor que a produção tem para oferecer de prato salgado é torta de liquidificador? De qualquer forma, tal tema fez com que o foco fosse tirado um pouquinho do “prato” para falar dos participantes.

Divertidíssima a dupla formada por Helga e Lucas, não consigo imaginar uma pessoa que não se divirta com esses dois. Bom humor e leveza que ficaram faltando na primeira temporada e aqui, felizmente e por enquanto, tem de sobra. Porém, me chamem de azedo, mas não gostei nem um pouco da ideia estereotipada que a edição deu para Paula, pois mesmo que tudo aquilo se transforme numa mensagem educativa depois, não favorece, nenhum pouco, a imagem da moça que até aqui, fica limitada ao canto lírico a ao narcisismo.

Continua após publicidade

Pela primeira vez, em muito tempo, o desafio criativo fez jus ao seu nome. Eles conseguiram sair da zona de conforto ao encantar – vejam só -, com torta de liquidificador e abriram espaço para demonstrarem uma preocupação bastante importante com a saúde, já que Helga usou uma farinha de arroz para cozinhar sua torta, deixando a mesma sem glúten, além de Marcos com a farinha integral, que apesar do resultado desastroso, ganhou alguns pontos comigo pelo uso de algo mais saudável do que farinha branca.

bake-off-brasil-2x03

Quanto a prova técnica, tenho que confessar que fiquei surpreso ao saber da existência de “Bolo de Rolo”, pois sempre pensei, na minha humilde ignorância, que tudo era rocambole. Entretanto, minha emoção ficou ainda maior quando descobri que o tal bolo é patrimônio cultural do estado de Pernambuco, o que mostra a necessidade que o programa tem que propor desafios mais brasileiros, com uma culinária mais local, até porque é Bake Off Brasil, do contrário teríamos um The Great British Bake Off com toques brasileiros.

Com Helga mostrando-se como uma louvável pensadora frente aos desesperos e chorumelas dos outros, tivemos a prova técnica trazendo a queda daqueles que outrora despontaram como favoritos, além de um falta de definição quanto a finalidade do avental de confeiteiro, porque desde o primeiro episódio não sei para que serve.

(Por Bernardo Vieira)