Bates Motel – 4×04 – Lights of Winter

394763
Imagem: Banco de Séries.

 

Continua após publicidade

Em “Lights of Winter”, Bates Motel continuou mostrando que essa é a melhor temporada da série.

Continua após a publicidade

Nesse episódio, vimos Norman mais convencido ainda de que sua mãe é a verdadeira culpada pelos assassinatos. O jovem estava tão convencido disso que, inclusive, acreditava que seria solto após revelar tal suspeita a seu médico em Pineview. Pobre Norman, a loucura está tomando o controle. Além disso, vimos o início de uma possível parceria entre Norman e Julian. Ambos pareciam buscar coisas diferentes. Enquanto Julian parecia querer um amigo, Norman estava mais interessado em sair do instituto do que da amizade propriamente dita.

Continua após publicidade

Mas antes de falarmos da fuga, outros fatos interessantes aconteceram durante o episódio. Pela primeira vez na série, Norma parece estar realmente feliz. O casamento com Romero parece estar funcionando de uma maneira que ela não esperava. Resta saber até quando esse momento feliz vai continuar. Por falar em Romero, o xerife parece não conseguir se livrar do assunto Bob Paris. A investigação envolvendo seu ex-caso, a gerente do banco Rebecca Hamilton sob suspeita de lavagem de dinheiro, parece que ainda vai trazer alguns problemas ao xerife.

No outro núcleo da série, parece que estão começando a dar um rumo ao casal Dylemma. Será que a ida dos dois para outra cidade significa que os dois deixarão a série? Eu, particularmente, acredito que não. Ainda estou ansioso para ver a reação de Norman quando descobrir sobre o relacionamento deles. Falando mais especificamente de Dylan, o relacionamento dele com Norman parece cada vez mais distante. Algo estranho, já que os dois foram se aproximando nas últimas temporadas. O telefonema entre os dois parecia mais algo entre conhecidos do que irmãos.

Continua após publicidade
Norman_Stripper
Imagem: Vulture

Por fim, a fuga. Confesso que não imaginava que os dois jovens internos escolheriam um clube de stripper para passar sua primeira noite fora de Pineview. Mas essa decisão rendeu cenas muito boas e, mais uma vez, grande atuação de Freddie Highmore. A cena entre Norman e a stripper foi muito bem feita. Durante os minutos em que os dois estiveram juntos, a jovem dançarina parecia flertar com a morte, mas, para a felicidade dela, quem acabou se dando mal foi Julian.

O episódio termina com Norman visivelmente abalado e consciente de sua situação psicológica. Mas será que aquilo era real ou mais uma encenação? Os próximos episódios devem responder.

Obs.: Bates Motel mostra nessa temporada que é uma série bastante subvalorizada. Merece mais reconhecimento do que o que vem recebendo. Espero que até o fim da temporada o reconhecimento venha não só para a série em si, mas também para as brilhantes atuações de Vera Farmiga e Freddie Highmore.

Paulista, nerd, viciado em séries e fã do Rei Leão e do Homem-Aranha. No Mix escrevo sobre The Big Bang Theory e Star Trek: Discovery.