Billions – 1×09 – Where the F*ck is Donnie?

Billions S01E09
Imagem: Arquivo pessoal

 

Continua após publicidade

“Towers down, profits up”

Em um episódio leve e não muito complicado – diferente dos demais –, Billions entrega aqui uma mistura de histórias que se embalam para vários lados, porém se mantém na mesma linha e não evolvem em absolutamente nada.

Continua após a publicidade

O grande personagem deste episódio foi Donnie, que vinha ganhando mais destaque desde alguns episódios atrás. O personagem tem se demonstrado um dos melhores coadjuvantes até o momento, a atuação realmente consegue transportar os sentimentos do personagem, mesmo que seja uma atuação um tanto quanto vaga e padrão. Desta vez, Donnie consegue enganar Bobby e Bryan e escapa da Axe Capital, deixando todos preocupados com o seu desaparecimento instantâneo e inesperado. Ele foge durante um momento crucial pessoal e trabalhístico, na qual a Axe Capital sofre protestos negativos da população dada a notícia do ganho monetário de Axelrod durante o 11 de Setembro – protesto que não serviu de nada para o episódio, ele foi ignorado o tempo inteiro por Axelrod e também pelo roteiro e direção, não alavancando a história para nenhum lugar, tendo como finalidade uma tentativa falha de tensão.

Continua após publicidade

Porém essa descoberta dos lucro de Axelrod causaram danos muito maiores e até mesmo inesperados, quando a fazenda de Lara é invadida e completamente destruída e quando o seu restaurante é “interditado a força”. Entretanto, essas cenas de Billions que são meramente resolvidas com um diálogo jogado em qualquer ponto do episódios são o que mais marca a série, pois elas possuem algo para ser carregado, tem uma boa trama empregada ali, mas Billions faz questão de abandonar a “ação-reação” deixando vários plots sem conclusão ou mal concluídos. Eles simplesmente não importam e não fazem a mínima diferença, apenas agregando minutos desnecessários parra o episódio. Lara claramente sofre com o que acontece, sua expressão de indignação é nítida, porém os roteiristas não dão continuidade. É como os filhos dela e Bobby, que ganharam destaque em apenas um episódio e depois nunca mais teve-se algo claro.

Nos minutos finais, depois de vários “Where the fuck is Donnie?”, Donnie aparece completamente abalado, calmo e alheio de tudo em Cleveland, Ohio, em uma visita rápida e significante a Guru Ash. Buscando por alguma resposta escondida nas indagações da sua vida, perdida dentro de complicações e sentimentos ainda não esclarecidos.

Continua após publicidade

O episódio de fato não entrega muitas coisas, e não esclarece o que vem sido moldado e o seu último suspiro de algo interessante é o último suspiro de Donnie Caan, que durante um interrogatório tosse sangue e cai quase morto no chão. Esse deve ter sido o melhor ponto do episódio, porque até então, não havia real continuidade de um episódio para o outro que não seja a rixa de Bobby com Chuck, e está na hora de Billions investir mais em seu roteiro. Donnie era um excelente personagem, com uma excelente direção de caminho e que merece mais destaque, se isso não continuar, a sua influência deverá.