Blindspot – 2×10 – Nor I, Nigel, AKA Leg in Iron

Imagem: NBC/Divulgação

Imagem: NBC/Divulgação

 

O retorno de Blindspot não poderia ter sido mais desesperador. Sem dó e sem piedade. Afinal, os produtores da série produzida pela NBC parecem não conhecer esses sentimentos. Descobrimos que na intensa luta entre Patterson e Borden, foi a agente do FBI que saiu baleada.

Não contentes em nos fazer sofrer com a ideia da cientista ter sido enganada (e nós também) por seu namorado e atravessada por uma bala, fomos torturados juntos com a agulha que Shepherd enfiava no ouvido de Patterson consecutiva vezes. Porém, observar a lealdade da agente do FBI, que optou, mesmo em meio à dor, não falar sobre as informações obtidas pelo governo a respeito do grupo Sandstorm, e vê-la desestabilizando Shepherd com todo um jogo psicológico, foi de querer aplaudir de pé a personagem e a atriz Ashley Johnson, que tem feito um trabalho incrível na trama.

Continua após a publicidade

Agora, o que não nos agradou nenhum pouco foi a surra que Kurt levou de Borden. Claro que o ponto crucial da cena foi a arma apontada para Weller e o questionamento dele de porquê não poder ser morto ainda, mas foi vergonhoso ver o quanto o agente do FBI apanhou. Ele poderia, pelo menos, ter batido um pouco mais no falso psiquiatra antes dele fugir. Afinal, com a cena tão falsa, a sensação que foi deixada para o público é que Kurt simplesmente deixou que Borden batesse nele.

Outro momento estranho da trama foi o beijo que Reade deu em Tasha. A ideia dos dois como um casal foi tão confusa para nós como foi para Zapata, principalmente porque no decorrer da história não houveram momentos românticos envolvendo os agentes. Tudo o que assistimos foram cenas de parceiros de equipe e melhores amigos.

Já em relação à Jane, esse episódio nos mostrou de vez sua lealdade ao FBI, o que nos deixou felizes, já que percebemos com o decorrer dos episódios que de boa Shepherd não tem absolutamente nada. Além de que os motivos pelos quais levaram Doe a se propor a ter a memória apagada para se infiltrar no FBI não parecem mais tão grandiosos agora que ela conhece o outro lado da moeda.

O grande problema envolvendo a personagem surgiu quando ela escolheu mentir para Roman. Primeiro porque Jane, mais do que qualquer outra pessoa da série, sabe o quão ruim é ser enganada pelas pessoas em quem confia e ama. Além de que é nítido que ela também não deveria ter feito isso porque, em algum momento, seu irmão biológico descobrirá a mentira e, com isso, toda a relação construída entre eles desmoronará. Isso pode fazer com que Roman volte a se juntar com Shepherd e se proponha a dar informações do FBI ao grupo terrorista, a fim de que se sinta vingado, além de Doe, dessa maneira, perder a única pessoa que ela tem como sinônimo de família.

A tatuagem extra no pescoço de Jane foi um bom gancho deixado para o próximo episódio, mas o que realmente queremos saber é como será o processo de retorno da memória de Roman, o porquê de Kurt não poder ser morto e quais serão as mudanças que Shepherd fará na execução de seu plano.

Então, até a próxima semana, com o próximo episódio, aqui, no Mix de Séries!

 

Tags Blindspot
Avatar

No comments

Add yours