Blindspot – 2×20 – In Words, Drown I

Imagem: NBC/Divulgação

Para a nossa surpresa, a prisão de Zapata não foi por nenhuma infração da lei (ainda que nós saibamos que ela já tenha cometido algumas), mas apenas um bom plano arquitetado para a captura de alguns dos integrantes do grupo Sandstorm.

Quando nós pensamos que Reade, ao buscar por ajuda, acabaria com a cota de instabilidade dentro da equipe de Kurt, vimos Tasha dizendo a Edgar que está disposta a quebrar algumas regras para capturar Shepherd. O quanto isso pode ser problemático, ainda não sabemos, mas os olhos roxos e os lábios ensanguentamos nos mostraram que a agente do FBI não está brincando em seu discurso.

Continua após a publicidade

Quem também não está para brincadeira é Roman, que acabou de se lembrar que não foi sua mãe adotiva que apagou sua memória, mas a própria irmã, figura mais próxima que ele tem de família. Entre indas e vidas de acertos e desacertos nesse episódio, Roman ter esse fragmento da memória devolvido era o que menos esperávamos que poderia acontecer, mas não deixa de ser um bom gancho para a história, principalmente agora que a líder do grupo terrorista está próxima de concluir o seu plano.

No meio de toda essa confusão, os corações de quem torce por Jane e Kurt também balançaram. Kurt, ao descobrir que foi Roman quem matou a mãe de Taylor Shaw, fez com que pensássemos que agora não haveria volta e que Doe, junto com seu irmão, seriam banidos do FBI. Não podemos negar: foram longos minutos para nós.

Depois das reviravoltas desse episódio, não sabemos o que esperar dos dois próximos capítulos que encerrarão a temporada. Fica, então, apenas um pedido: que venha muita ação e perguntas respondidas.

Tags Blindspot
Avatar

No comments

Add yours