Blindspot – 2×03 – Hero Fears Imminent Rot

Imagem: NBC

Imagem: NBC

 

Com uma forte carga emocional, o terceiro episódio da segunda temporada de Blindspot foi lançado essa semana.

Depois desse novo episódio, confiar em Jane Doe não parece uma atitude prudente. De acordo com Roman, seu irmão biológico, Doe era manipuladora e alguém treinada para matar sem pensar duas vezes antes de ter a memória apagada. Porém, depois que foi achada dentro de uma bolsa em meio a Time Square e passou a conviver com pessoas do FBI – que se tornaram amigos dela – a nova Jane parece estar bem distante dessa antiga realidade… Bom, até que ela aponta a arma no rosto de alguém e puxa o gatilho instantaneamente.

Continua após a publicidade

Isso tudo faz com que voltemos ao ponto de: ‘Afinal, quem é Jane Doe?’, porém, há algumas justificativas para caso ela realmente seja manipuladora e uma assassina (como a própria Nas Kamal falou): Doe, desde a infância, foi treinada para matar, inclusive, no episódio anterior, nos foi dito que o orfanato em que ela foi criada criava “soldados imortais”, portanto, ela foi induzida a isso. Outra explicação para as duas Jane – a antes da memória apagada e a de depois -, é que ela conviveu com pessoas diferentes em cada momento. A família dela a ensinava que o certo era combater o governo corrupto, independente de quais atitudes fossem necessárias para isso, já o FBI é o governo, ou seja, realidades completamente opostas.

Outras duas histórias importantes abordadas dentro da trama foram: Edgar começar a se questionar sobre a ideia de ter sido abusado e conversar com Zapata sobre o assunto, além do discurso de Jane sobre Oscar, em paralelo com a despedida para Mayfair.

Imagem: NBC

Imagem: NBC

Quando a primeira lágrima escorreu pelo rosto do agente, os nossos corações apertaram. Foi possível sentir o desespero de Edgar, pois a ideia de ter sido abusado é horrível, mas não conseguir se lembrar disso, para, então, tentar lidar com a situação, é desesperador. Quando ele contou para Tasha sobre o que aconteceu, a série se preocupou em abordar com delicadeza um assunto importante: a dificuldade de falar sobre o abuso, pois há um misto de sentimentos e dúvidas dentro de si. (Muitos pontos para Blindspot por isso!)

Já o discurso de Jane foi de arrepiar. Ela, que mais parecia estar falando sobre a morte de Mayfair do que de Oscar, mostrou para o telespectador de qual lado está (até então). Esperamos que ela continue dessa maneira.

Ainda são muitos assuntos em aberto, mas a temporada só está começando e bem, inclusive. Então, esperemos o próximo episódio e a próxima review aqui, no Mix de séries!

Tags Blindspot
Avatar

No comments

Add yours