Bloodline – 1×10 – Part 10

Bloodline

Imagem: Arquivo pessoal

Fiquei imaginando a voz do John me pegando desprevenida assim, em algum momento distraída, narrando alguma história! Ele sabe criar um ambiente de expectativa. Agora, na reta final da primeira temporada, as coisas começaram a se encaixar. Então começamos com o seguinte pensamento nesse episódio: Como assim John não sabe como Danny morreu? Eu tinha pensado esse tempo todos que eram os irmãos os responsáveis pela morte.

Nada do que pensei aconteceu na história da Sally, ela só abandonou Robert, por isso aquela cena. Agora se sente culpada, pois foi naquele momento que Danny levou Sarah no barco e ela acabou morrendo. A foto que ela segurava era a sua própria família. Temos mais uma covarde agora na história. Bloodline está menos surpreendente a cada episódio! Foram três episódios acima da média no começo, difícil segurar depois.

John brilhou nesse episódio, segurando a barra da mãe que é pura ingenuidade com o Danny, e segurando a barra que é gostar do irmão, mesmo reconhecendo sua voz na gravação com o bandido e nas filmagens do roubo do combustível. Agora que os olhos viram, o coração sentiu. E ficou pesado, o clima está bem pesado.

Continua após a publicidade

Meg não escapou do climão, até falou do Alec pro Marco e ficou com as antenas ligadas na movimentação de Carlos e Danny, essa garota nunca abandonou seu instinto Velma. Os três irmãos tomaram uma dose de coragem nesse episódio e confrontaram seus medos. Danny acaba com remorso ao ver as fotos das garotas mortas, ele sabe que tem um dedo nisso com aqueles combustíveis. Tem que morrer de culpa mesmo! Chelsea deu uma passada rápida só para mostrar de onde vem sua herança ferrada genética, uma mãe super agradável!

Quem não desconfiou que Danny iria sabotar a missão da polícia de pegar os bandidos em ação? Cínico insuportável! Agora ele está acima do Quintana. Danny é o tipo de bandido que convence o chefe dos bandidos a lhe dar um crédito. Raça ruim sente o cheiro de outra raça ruim e eles confraternizam! O hotel dos Rayburn está envolvido até o pescoço nesse negócio sujo. Será que John, Meg e Kevin vão conseguir sobrepor o trabalho melequento que o Danny fez? Se Danny cair a família toda cai junto. Estou pagando para ver até que ponto isso será verdade.

Também posso dizer que estou com uma gana de pegar o Danny pelo pescoço e apertar até ele parar de respirar. Espero que alguém faça isso e que mostrem em câmera lenta! Ainda gostaria que fosse o John, mas não acredito que o desenrolar da trama chegue a esse ponto. Sou do time que quer ver o Danny tropeçando e caindo na história!

Tags Bloodline
Caroline Marques

Caroline Marques

Engenheira de Alimentos, mestre em química de alimentos, um tanto quanto viciada em séries, filmes e livros. Fã de Hannibal, Dexter, Grey's Anatomy, Demolidor, Sherlock e Stranger Things. Reviewer de Chicago PD.

1 comment

Add yours

Post a new comment