Bloodline – 2×02 – Parte 15

Imagem: Banco de Séries.

Imagem: Banco de Séries.

Continua após as recomendações

Com tudo de errado que está acontecendo John resolveu se candidatar a Xerife. Ou ele está querendo poder para se safar do que vem por aí, ou está apenas tentando desviar as atenções da pilha de problemas. Wayne conseguiu estragar o mês dele com aquela fita e convenceu que a investigação contra ele deve ser esquecida. Muito interessante como eles representaram Danny entregando a fita para Wayne, como um fantasma que entra no seu quarto durante a noite para te ver dormir. Ele assombra ainda, mesmo morto.

John está furioso com a falta de controle sobre a situação. Quebrou todo a carro do pai que o Danny adorava. Os três irmãos matariam Danny novamente se pudessem. Diana é um personagem que ainda pode melhorar, acredito que mesmo se ela soubesse os crimes do marido, ficaria ao seu lado, tamanho o amor e cumplicidade. O fantasminha filho, Nolan, está assombrando no lugar do pai, incrível como ele fica na espreita, bisbilhotando tudo, não devemos subestimar esse garoto.

Continua após a publicidade

Kevin e Meg não poderiam estar mais no fundo do poço. Quando achamos que eles vão se recuperar, vem outra onda e eles são tragados para o fundo. As drogas estão levando Kevin, que julgou Danny duramente por isso. Ele não tem talento para os negócios e vai acabar sem a Belle e o filho que vem por aí. Eu não mandei ele não trancar a porta do banheiro! Ele tinha uma escolha, mas o dinheiro corrompe ele bem fácil. Virou traficante de tortas. Alec ainda dá um alento para Meg. Falando nisso, esse ator é lindo demais, entretanto Meg teve que voltar para casa porque Wayne conseguiu colocar até ela no meio da chantagem, Carlos foi o maior filho da puta sem noção. E eu acredito que a campanha de Xerife só vai piorar, e trazer à tona vários esqueletos do armário.

Marco, que vai ganhar a medalha de melhor investigador, ainda acabará morto. Cada vez mais, ele encontra pistas que incriminam Wayne, mas John não quer que nada seja encontrado devido a corda no seu pescoço. Sempre disseram que John era parecido com o pai, realmente, ele só tenta tapar o sol com a peneira, aparências, aparências… A tal da Elena se safou com as provas que John obstruiu. Sally também vai receber uma medalha, a de melhor mãe do planeta, ainda vai provar que Danny era um santo e condenar John. O tal do Lenny Potts, que realmente está fazendo um ótimo trabalho em meter o nariz onde não foi chamado, levou um corridão estilo Rayburn do futuro Xerife. Eu gostei. Foi um erro tremendo desenterrar o passado naquelas fitas. Nolan foi ver a vovó, e soltou umas verdades bem legais. Esse garoto bocudo e mal educado que nos lembra muito Danny.

“Meu pai gostava mais da irmã morta!” – Nolan

O monólogo final de John foi muito bom. Ele é convincente. Eu facilmente daria crédito para ele. Ele quer entrar como Xerife para ajudar as pessoas a não serem tragadas pelos seus vícios. Francamente, casa de ferreiro espeto de pau? Acho que Bloodline apenas deu um chute inicial, os três irmãos vão se afundar cada vez mais em mentiras, a mãe deles não vai estar no lado deles, segredos dos mortos Danny e Papai Rayburn vão boiar na superfície logo logo. E nós estaremos esperando pelo estrago.

Tags Bloodline
Caroline Marques

Caroline Marques

Engenheira de Alimentos, mestre em química de alimentos, um tanto quanto viciada em séries, filmes e livros. Fã de Hannibal, Dexter, Grey's Anatomy, Demolidor, Sherlock e Stranger Things. Reviewer de Chicago PD.

No comments

Add yours