Bloodline – 2×09 – Parte 22

Imagem: EW Online.
Imagem: EW Online.
Imagem: EW Online.

[spacer size=”20″]

Continua após publicidade

Pode ser que eu não lembre, mas isso do Eric ter ficado com o colar que Danny tinha dado para Jane eu não sabia. Realmente uma prova e tanto. Flashbacks mostrando o quanto Danny era marrento e diferente dos demais foram necessários para humanizar o personagem. Vítima ou bandido? Sempre estou dividida entre os dois. Ele pode ter sido vítima da família maluca, mas nada justifica o que ele se tornou depois disso.

Continua após a publicidade

Muito interessante a relação de Nolan e Eve com Sally, se mudar com ela talvez realmente tenha sido algo bom, preencher a falta dos filhos, a culpa pelo destino de Danny, quem sabe ela não se torne uma pessoa melhor e mais feliz. Claro que, enquanto isso, Marco está cavocando para ver se prende os Rayburn todos. Agora que a anta do Eric entregou parte do segredo, sobre o colar da Jane, ele vai nas pistas certeiras. Enquanto isso, John tenta acesso aos vídeos daquele dia, na rua da fazenda e recorre ao amigo veterano e hacker. Todos tem alguma dívida com ele e ajudam-no quando necessário. Tentar limpar a própria sujeira está mais difícil do que parece.

Continua após publicidade

Ele se encontra na câmera, e pasmem, encontra Eric também, agora ele sabe de onde Marco está tirando as informações todas. Ele recebe de Ozzy sua parte do acordo sobre extorquir John, mas Ozzy acaba meio bravo, claro, porque ele está alimentando os policiais com as mesmas informações, e isso significa que ele ficará sem fonte de dinheiro logo logo. Mas eu pensei que esse Ozzy fosse mais inteligente, só queria dinheiro para agradar Eve e levou um épico pé nos fundilhos. Ela tem o que queria, fonte inesgotável de dinheiro com Sally na pousada. E quem sabe paz de espírito também.

Agora convenhamos, esse Gilbert está armando algo sinistro. Ele não gostava do Papa Ray, está ajudando, comprometedoramente os filhos dele, com as maiores sujeiras possíveis. Estou só esperando o bote da cobra, ou seria um barco luxuoso todo? Esses capangas dele na calada da noite, cheira a peixe podre. Falando em podre, John mergulhou na história de incriminar Aguirre e Marco através de Ms. Ortiz. Não que ele esteja errado sobre os meios, mas os fins são sujos. Ozzy urubuzando Eve também me assusta, Meg até viu os dois e tentou avisar Sally mas como ela não pode contar da onde conhece o moço chato, melhor deixar baixo.

Continua após publicidade

O pior foi acabar o episódio com Eric chegando na casa de Marco para contar a história toda sobre o tal colar do cavalo-marinho. Tomara que ele tenha algum poder mágico, porque se não tiver, Meg, John e Kevin estão em sérios problemas. Claro que eu já vi o último episódio porque a curiosidade corroeu o estômago. Mas não se animem, o final é triste. E, como neste episódio, só refletiu a falta de ousadia da Netflix com Bloodline nessa temporada. Faltou alguma coisa, que na primeira não faltou. Pensei que poderia ser o Danny, mas Nolan substituiu de forma satisfatória esse papel. Acho que faltou o clímax da história, até agora pelo menos.

Engenheira de Alimentos, mestre em química de alimentos, um tanto quanto viciada em séries, filmes e livros. Fã de Hannibal, Dexter, Grey's Anatomy, Demolidor, Sherlock e Stranger Things. Reviewer de Chicago PD.