Bright foi assistido por mais de 11 milhões de assinantes em apenas três dias nos EUA

Imagem: Netflix/Divulgação

Continua após as recomendações

De acordo com dados divulgados pela Nielsen, que desde o início do segundo semestre de 2017 começou a medir a audiência da Netflix, Bright foi assistido por mais de 11 milhões de assinantes no seu final de semana de lançamento (22 a 24 de dezembro). As informações são da Variety.

Do total de visualizações, 07 milhões estavam compreendidos no público alvo (18 a 49 anos), ou seja 64%. O problema é que os especialistas afirmam que no momento é improvável afirmar que o filme estrelado por Will Smith e orçado em mais de 100 milhões de dólares foi bem sucedido ou um completo fracasso, haja vista que há pouquíssima base de comparação com outros longas originais do serviço de streaming.

Continua após a publicidade

Ainda de acordo com a Nielsen, a produção dirigida por David Ayer ficou bem aquém dos resultados da segunda temporada de Stranger Things (foram 15.8 milhões no final de semana de estreia), mas atraiu uma audiência muito maior daquela que assistiu ao segundo ano de The Crown entre 08 a 12 de dezembro. A média foi de 03 milhões de assinantes nos Estados Unidos.

Outro grande problema do filme? Recebeu uma avaliação péssima da crítica especializada. Com apenas 29% de aprovação no Rotten Tomatoes e no Metacritc, o The New York Times classificou como um “híbrido estridente e desajeitado” enquanto o Mix de Séries viu uma coleção de erros e acertos.

Avatar

Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.

No comments

Add yours