Bryan Fuller queria que Star Trek: Discovery fosse uma “franquia antológica”

Imagem: CBS/Divulgação

Desde quando Bryan Fuller saiu de Star Trek: Discovery como o showrunner e responsável por praticamente tudo o que aconteceria com a série, muitas perguntas em torno das circunstâncias da saída do produtor não foram respondidas.

Em entrevista para a Entertainment Weekly, Bryan revelou alguns detalhes bem interessantes da sua partida, desde problemas com o orçamento, dificuldades em cumprir a data de estreia em fevereiro e a necessidade trabalhar em dobro com a primeira temporada de American Gods. Além disso, os primeiros boatos de que a saída foi motivada pelas diferença criativas com a CBS estavam corretos.

“A primeira ideia era de fazer uma ficção científica aos moldes do que American Horror Story fez com o gênero de terror,” diz Fuller. “Seria uma plataforma perfeita para criar e desenvolver um novo universo para as séries de Star Trek.

Continua após a publicidade

Segundo Fuller, a CBS “conteve” o plano e se comprometeu em criar uma primeira temporada seguindo essa ideia e em seguida saber qual seria o resultado.

Star Trek: Discovery estreará na segunda-feira, 25 de setembro no Brasil pela Netflix. Para conferir todos os materiais divulgados até agora, incluindo o trailer, clique aqui.

Fonte: ScreenCrush

Avatar

Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.

No comments

Add yours