Cartão Postal – As Terras de Gelo e Fogo

Game of Thrones Cartão Postal

Continua após as recomendações

 

Game of Thrones está de volta e Cartão Postal aproveita para visitar algumas das mais belas locações da série.

Continua após a publicidade

Como todo épico, Game of Thrones tem belíssimas locações espalhadas pelo mundo. O universo criado por George R.R. Martin é tão complexo que a produção de HBO teve de buscar locações em continentes diferentes. A logística de filmagens é tão complicada, que um vídeo especial foi gravado apenas para mostrar como a produção se desdobrava para filmar a série em tantos lugares diferentes. Irlanda do Norte, Croácia, Marrocos, Itália, Espanha e Escócia são apenas alguns dos países visitados por Game of Thrones até então.

Mas como todo épico, também, GoT tem diversas cenas gravadas em green screen ou estúdio. A Muralha, por exemplo, em toda a sua impressionante extensão, não existe no “mundo real”, apenas em Westeros. Outros locais, porém, que existem e embelezam nossos continentes, podem ser vistos na série.

Começando pela capital dos Sete Reinos: King’s Landing. Com locações na Croácia, King’s Landing encontrou lugar em Dubrovnik, uma cidade no litoral do país. Dubrovnik desde os primórdios de sua história se desenvolveu com base no comércio marítimo; não é à toa que o lugar é cercado pelo mar. Datada de tempos medievais, Dubrovnik encontra-se sobre um rochedo. Ainda que diversos pontos da cidade tenham sido utilizados em maiores ou menores cenas, os principais lugares foram as muralhas da cidade, que aparecem durante a Batalha de Blackwater; a Fortaleza Vermelha (também conhecida como o Castelo de Joffrey), erguida em uma rocha, fica nos arredores de Dubrovnik e na verdade se chama Lovrijenac; outra locação é a Casa do Imortais, que na vida real é conhecida como Torre Minceta.

Para as terras ao Norte da Muralha, a produção resolveu visitar a Islândia. Sendo um dos lugares que mais combinam com a escala épica da série, a Islândia tem lindas regiões que já serviram como base para Game of Thrones. Uma das locações mais interessantes é o Lago Myvatn, visto em alguns episódios do programa; o local é cercado por lava vulcânica e a paisagem é natural até onde a vista alcança. A geleira Vatnajökull cobre 8% do país e é um dos lugares mais usados para representar as regiões ao norte da Muralha. Algumas cavernas também podem ser encontradas; o interessante é que as águas que ficam dentro das cavernas podem chegar a temperaturas elevadas, perto dos 40 graus, enquanto lado de fora reserva temperaturas negativas.

Algumas das mais belas locações, porém, encontram-se na Irlanda do Norte. Servindo como um dos principais países para a série, é lá que se encontra Winterfell, lar dos Stark e capital do Norte. Na Irlanda do Norte quando não tem chuva, tem neblina, quando não tem névoa, tem dias nublados. Essa atmosfera pesada e cinzenta casou perfeitamente com a trama e o perfil de Westeros. Um dos locais é o Castelo Ward, localizado em Belfast. Outras locações incluem a Iron Island, Ballintoy Harbour – que serviu como lar dos Greyjoy –, a Downhill Beach, entre outras.

As locações mais belas na Irlanda do Norte, entretanto, são o Parque Nacional Florestal de Tollymore e Dark Hedges. O primeiro representa as florestas do Norte, domínio dos Stark e dos lobos gigantes. A região se encontra aos pés da montanha Mourne e tem paisagens belíssimas. A mais linda das locações talvez seja a região conhecida como Dark Hedges. O corredor de árvores surgiu no século XVII e foi criado a pedido de uma família que queria impressionar eventuais visitantes. Antes mesmo de aparecer na série, o corredor já era um dos locais mais visitados do país, tamanha a beleza natural do lugar. Também pudera: Dark Hedges é uma mistura perfeita de mistério, cor, sombras e natureza.

Outras locações se encontram no Marrocos. Vários dos cenários visitados por Daenerys estão por lá. Um dos mais notáveis é a cidade de Aït-Ben-Haddou, Patrimônio Mundial da Unesco. Em GoT, a cidade serve como Yunkai, lugar invadido Daenerys e seu exército. Além de Marrocos, a série ainda passa pela Escócia, Espanha e Malta. Tudo junto, criando uma galeria homogênea de paisagens e locações. Na tela, não há dúvida de que todos aqueles lugares fazem parte de um só universo.

Matheus Pereira

Matheus Pereira

Gaúcho, estudante de jornalismo e viciado em séries. Tem séries pra assistir de mais e tempo de menos. Séries favoritas? Six Feet Under e Breaking Bad.

No comments

Add yours