Castle – 7×02 – Montreal

Continua após publicidade

O episódio seguiu a linha de raciocínio da season finale da temporada passada e da season premiere dessa temporada. No episódio, vimos um Castle completamente diferente do resto das temporadas. Ele estava, além de curioso, introspectivo, porque ele não tinha idéia do que tinha acontecido durante esses dois meses que ele ficou desaparecido. Porém ele queria voltar à sua vida normal. Tentou fazer uma entrevista promovendo Raging Heat e Wild Storm, mas tudo voltava para o seu desaparecimento, claro.

Continua após a publicidade

Mas o que achei ótimo nesse episódio foi o plot duplo. Além do caso da semana, um Undercover Boss que deu errado, também temos a tentativa de Castle em encontrar uma pista, qualquer que fosse ela, de onde ele se encontrava durante esses dois meses. Ele anunciou na imprensa que pagaria uma recompensa para quem tivesse alguma pista, foto, vídeo que mostrasse ele durante esses dois meses.
E não é que ele conseguiu o que tanto esperava? Uma pista surgiu, e indicou que Castle esteve em Montreal, no Canadá. Aí você me pergunta: o que camelas tetudas ele estava fazendo em Montreal?

Continua após publicidade

7023Abrindo uma conta e deixando um cartão de memória para cada uma das mulheres de sua vida – Alexis, Martha e Beckett. Provavelmente, se estivesse morto, esses cartões chegariam em mãos para as mulheres com um vídeo, onde ele fala que ama elas.
Castle esteve diferente durante esse tempo. Ele estava claramente perdido, sem saber o que tinha acontecido, e com aquele conteúdo do cartão de memória, estava ainda mais afllito por informações.
O problema é que ele não sabe o significado de limites. Ele conseguiu a localização do vídeo, e foi atrás do que ele pensava ter respostas, mas o que teve foram mais perguntas. Fake Jenkins apareceu novamente, pedindo para Castle se afastar daquilo, que ele pediu para esquecer o que tinha acontecido, e até deu uma referência para Castle. Bosque Hollander, quando Castle tinha 11 anos de idade. Algo de muito sério aconteceu nesse bosque para Castle virar um escritor, e é algo que ele queria esquecer.
O caso? Nah, não foi tão importante. O chefe descobriu que tava rolando um tráfico de drogas dentro das suas bonecas, que ele importava da China, e que ao morder uma delas, sua labradora morreu envenenada. No final, descobriu que o culpado era o assistente dele, já que o chefe descobriu e iria demiti-lo.

Por mais que eu adore essa série, devo admitir que ela me mata em alguns momentos. Com sete temporadas, ela consegue me deixar apreensiva, mas por motivos diferentes das demais temporadas. Dessa vez, minha apreensão é pelo plot novo em plena sétima temporada. Minha apreensão é pelo fato da audiência não receber bem essa nova história, e a série terminar com pontas soltas. Eu confio na produção. Até quando, não sei.

Continua após publicidade

PS.: UM MÊS PARA O CASAMENTO E EU TÔ MORTA DESDE AGORA!!

PS2.: O beijo na Gates foi, com certeza, a coisa mais bizarra que vi.

PS do PS (ENORME):

“Babe, there’s nothing that I want more than to marry you. But not like this.”
“You’re not ready.”
“No, we both not ready. We’re looking for solid ground, and you think we getting married is gonna fix the way you feel, but it won’t. Look, I love you and I’m here for you. But we need some distance for all of this, we need to get back of own lives and find solid ground together. I promise you, i’m not going anywhere. We waited this long, so just make it right.”
“How long?”
“A month. No expectation, no pressure. Just us. and we’ll talk about then.”
“A month. It’s a date!”