CCXP 2015 : A impressão de duas iniciantes

CarolFernandaCCXP

 

São meses de preparação e de muito controle financeiro até chegar o grande dia. Para nós, a carioca Fernanda e a paranaense Caroline, o prometido era uma diversão tamanha que iria compensar o deslocamento e a diminuição da grana na conta corrente.

Você aguarda com ansiedade para embarcar em uma aventura onde nerds discutem filmes, jogos, quadrinhos e séries. O que não imagina é acabar caindo dentro de um caldeirão fervente de fãs maravilhosos que possuem a mesma energia, que te entendem e te fazem se sentir bem. Isso é Comic Con Experience!

Continua após a publicidade

Ao entrarmos nos pavilhões, a bússola já começa a perder o norte. São tantas atividades, tanta coisa legal para ver, tantos stands e tantas lojas (com o único objetivo de te levar a falência), que somente no segundo dia você começa a se localizar e entender o que está acontecendo. Para quem nunca foi, é inexplicável a sensação de olhar para todos os lados e se sentir completamente no seu mundo. Ali, todos parecem estar envoltos por um sentimento de compreensão que te impede de se sentir julgado. A impressão é que você achou o seu lugar.

E o que falar da presença dos artistas que tanto curtimos a alguns metros de distância? Quando nos tornamos fãs de alguma coisa ou de alguém, é difícil imaginar que aquilo pode se materializar na sua frente, ou que você pode respirar o mesmo ar que aquela pessoa. Mas é isso que a CCXP nos proporciona e a dimensão de tudo é inexplicável.

Agora você deve estar pensando que achou o paraíso e que nunca mais vai querer sair de lá, certo? Bom… Sem querer tirar a sua alegria, temos que dizer que nem tudo é maravilhoso. A canseira toma conta bem logo. Em primeiro lugar, são muitas filas. Fila para painel, fila para o banheiro, para comprar comida, para entrar, para sair, para entrar e comprar nos stands… Enfim, só não tem fila para respirar. E, se bobear, quando o Misha Collins apareceu, talvez tivesse fila até para isso. O desgaste é tão grande, que existem alguns momentos em que a única coisa possível é sentar e dar uma organizada nas ideias.

Com tudo isso, talvez até passe pela sua cabeça “o que eu estou fazendo aqui?”, mas fique tranquilo: é completamente passageiro. Afinal, quando você consegue entrar nos painéis, – nem sempre isso é possível, como aconteceu conosco esse ano – é conteúdo exclusivo atrás do outro, vídeos maravilhosos, diretores, roteiristas, quadrinistas, desenhistas e atores dispostos a te fazer sorrir de orelha a orelha com sua presença, atenção e carinho. Como já dissemos, é um evento de fãs para fãs, feito com muita dedicação por pessoas que entendem a nossa forma de pensar e o que é importante para a gente.

Se você pretende ir em 2016, aí vão as dicas que selecionamos para a Carol e a Fernanda do ano que vem: sempre levar lanche, água, paciência e descansar muito para aguentar o ritmo que, meus amigos, é frenético nos quatro dias. Se planeje! Não perca o painel tão esperado por bobeira. Chegue bem cedo e aguente fila, sem frescura de sentar no chão, porque vai valer a pena. E, claro, separe um dia para curtir a feira. Participe das atividades, pegue os brindes, entre de cabeça. É uma vez no ano e a próxima demora muito a chegar!

No domingo, quando o moderador falou: esse é o último painel da CCXP desse ano, foi impossível não sentir uma saudade imediata. Nós conhecemos pessoas incríveis, fãs apaixonados e maravilhosos, nas filas e fora delas. Nerds, Geeks, Players, Colecionadores, Leitores, Cinéfilos e Seriáticos […] que, com toda certeza, estiveram junto conosco naqueles dias e tão felizes quando nós por podermos fazer parte de uma Comic Con aqui no Brasil.

No balanço geral, levando em conta os lados positivos e os lados negativos, se nos perguntassem se já estamos prontas para os olhos brilharem novamente em dezembro de 2016, a nossa resposta, sem dúvidas, seria um enorme SIM!

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

No comments

Add yours