CCXP 2016 – Dia 2: O Painel de 3%

Painel 3%

Continua após as recomendações

Outro painel que abordou uma produção brasileira foi o de 3%. Depois do público acompanhar as novidades de Dois Irmãos e várias surpresas da Rede Globo, foi a vez da série 3%, da Netflix, empolgar os visitantes da CCXP. No painel estavam roteiristas, diretores e parte do elenco da primeira ficção científica em grande escala da TV brasileira.

Continua após a publicidade

O projeto começou em 2009, no conhecido piloto de web série. Na época, o episódio, dividido em pequenos capítulos disponibilizados no YouTube, chamou atenção do público e de muita gente na indústria. Muitos enxergavam em 3% uma ótima oportunidade de explorar algo artisticamente relevante e que ainda tivesse um apelo mercadológico chamativo. Ainda assim, poucos foram os que realmente investiram em um projeto maior ou baseado naquela ideia.

A ideia de uma série durou por ano até que os produtores receberam o apoio da Netflix, que fechou acordo como parte do objetivo de produzir obras originais em diversos países onde a plataforma atua. No Brasil, um dos grandes mercados do serviço, 3% surgiu como uma possibilidade irrecusável.

Quem já assistiu ao menos um episódio da série da Netflix sabe que muita coisa está diferente. Do visual ao roteiro, grande parte mudou. O mercado é outro, afinal. O público mudou e a plataforma, o canal, também. Segundo a equipe, metade dos diretores são mulheres, o que dá uma visão diversa ao projeto, além de abrir portas que teimam em ficar fechadas na indústria.

Os presentes ainda dão uma ênfase no fato de que toda a equipe e elenco trabalham como uma equipe unida. E não é preciso procurar muito para perceber que o programa é realmente feito com base na união: nos créditos dos episódios é possível verificar que os roteiros, produção e até mesmo direção são divididos entre duas ou mais pessoas em alguns casos.

Para completar o painel, parte do elenco da série, que não estava programado para entrar no painel, invadiu o palco. Na ocasião, puderam contar sobre o trabalho na série, como o relacionamento com os vários diretores que, várias vezes, pedem diversas coisas diferentes ao elenco. A presença dos atores foi rápida, mas coroou o painel do programa que tem tudo para ser sucesso no Brasil e no mundo.

Fique ligado para a cobertura da #CCXP aqui no Mix de Séries. Estamos nos 4 dias de evento cobrindo os painéis através de nosso blog e em nossas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter, através da hashtag #MixNaCCXP.

Nenhum comentário

Adicione o seu

Tags 3%ccxp