CCXP DIA 1: Painel Batman – 75 anos

Painel-Batman-75-anos

Continua após as recomendações

No dia 4 de dezembro foi realizado o painel em comemoração aos 75 anos de Batman na Comic Con Experience, em São Paulo.

O Mix de Séries esteve presente no painel e detalha as novidades.

Continua após a publicidade

Participaram desse painel Rafael Albuquerque, Rafael Grampa, Scott Snyder, Klaus Jason, Dave Johnson e Jose Luiz Garcia-Lopez.

A série de TV dos anos 60, a HQ Batman Ano Um, assim como o filme dirigido por Tim Burton foram citados em algumas partes do painel como introdução de personagem aos presentes.

Perguntados sobre qual história do Batman levaria para uma ilha deserta, Klaus respondeu que as histórias de Neal Adams foram as que o influenciaram, e com certeza as levaria. Scott disse que levaria as histórias dos anos 90, como Dark Knight Returns, que foram histórias que ele passou a juventude lendo.
Snyder afirmou que, para ele, Batman foi um dos personagens da DC mais abençoados, pois apresentava histórias incríveis. Ele agradeceu todas as oportunidade que teve de trabalhar com o personagem. Perguntado sobre o Cavaleiro das Trevas 3, declarou que não pode revelar nada do projeto.

Rafael Grampa comentou que todos que trabalham com o personagem têm a vontade de fazer uma versão definitiva. Ele tem ideia para explorar o Batman em detalhes, homenageando outras eras do personagem.

 

painel 1

 

Na segunda rodada de perguntas, Snyder foi o mais questionado da mesa, tendo como indagação sobre o que mais se cativa do personagem. Ele afirmou que talvez a questão da realidade e do medo seja algo que cative e abrace mais o público. Sobre o seriado da Fox Gotham, que explora a história de James Gordon, afirmou que conseguiu assistir apenas uma parte do primeiro episódio, e que gosta da ideia da contextualização do início da carreira do Comissário Gordon.
Snyder ainda afirmou que novas histórias entraram esse ano e redefiniram os momentos de Batman as HQ’s, como a Mansão Wayne se tornar o novo Asilo Arkham, os novos 52, entre outros. Além disso, o escritor declarou que teve bastante liberdade por parte da DC Comics ao reescrever as histórias do Batman para o novo reboot.

Na segunda parte do painel, Arthur Parsons, diretor do Jogo Batman Lego 3 esteve presente e comentou sobre as adaptações de Lego para Batman. Um imenso desafio, mas sai ícones que são amados. No jogo citado, eles utilizaram elementos divertidos que todos amavam na versão de Adam West, entre outros, celebrando todos esses anos de Batman e o legado da DC Comics.

Por Anderson Narciso. Colaboração: Tony Faria e Paula Reis

 

painel 2

Nenhum comentário

Adicione o seu