Chefe de Chicago Fire dá esperança aos fãs com boa notícia

Fãs de casal podem ficar tranquilos, pois temos boas notícias para Chicago Fire.

Chicago Fire
Continua após publicidade

Em 8 de dezembro de 2021, todos os três programas da franquia One Chicago, da NBC, exibiram seus finais de temporada nos Estados Unidos, trazendo suas respectivas histórias para uma pausa temporária. Assim, com Chicago Fire, Chicago Med e Chicago PD entrando em um hiato, há muito o que discutir no final da meia temporada de cada série – e muito o que provocar para a segunda metade.

Continua após publicidade

Um dos maiores desenvolvimentos durante a décima temporada de Chicago Fire foi a surpreendente decisão de Matt Casey (Jesse Spencer) de deixar Chicago e ir para Portland, Oregon, onde continuará sua carreira de bombeiro e criará os filhos de seu falecido amigo, Andy. 

A saída de Casey teve várias implicações importantes para todos que ele deixou para trás na Cidade dos Ventos. Quem assumiria o comando do caminhão de bombeiros 81? Mais pessoalmente, o que aconteceria com o romance de Matt com Sylvie Brett (Kara Killmer)? Os fãs da série vinham torcendo por “Brettsey” há anos, e eles finalmente se conectaram no final da temporada 9. A saída de Casey significaria o fim de “Brettsey”? Ou o relacionamento deles continuaria à distância?

Continua após publicidade
Continua após publicidade
Chicago Fire

Não temam, defensores de “Brettsey”! O casal de Chicago Fire continua!

O showrunner Derek Hass sentou-se com o TV Guide para discutir o final de meia-temporada. Quando o entrevistador Jean Bentley perguntou a Haas diretamente o que está reservado para “Brettsey”. Eis o que ele disse:

“Sim, eles são sólidos. Ela irá vê-lo em algum momento da temporada.”, respondeu Haas. Muitos fãs estavam preocupados que Brett fosse terminar sozinha até o fim dessa temporada, percebendo que sua relação com Casey não tem muito futuro. De qualquer forma, os roteiristas parecem insistir que o casal permanecerá juntos, mesmo separados.

Continua após publicidade

Isso não impede, no entanto, que ela em algum momento no futuro se apaixone por algum novo membro da equipe, como o novo Tenente Pelham, ou novo Chefe dos Paramédicos Hawkins.

Continua após publicidade

Leia também: Chicago Fire, Grey’s e as saídas mais chocantes das série em 2021

De qualquer forma, o roteirista Derek Haas continuou provocando algumas histórias futuras para a segunda metade da temporada 10.

Continua após publicidade

Ainda sobre trazer de volta os personagens das temporadas anteriores, veremos meia-irmã de Brett, Amelia. Isso foi por causa da situação da pandemia. Não poderíamos ter uma atriz tão pequena no set, mas agora temos o sinal verde, então temos um episódio com Amelia chegando. 

Continua após publicidade

E com Casey, sim, as coisas estão sólidas. São apenas complicações de um relacionamento à distância, mas eles não vão terminar tão cedo.“.

Continua após publicidade
Chicago Fire substituto Casey
Imagem: Divulgação.

Padrasto de Brett também deve retornar

Quanto à situação de Amelia, ainda teremos a presença de Scott, padrasto de Brett. Na 8ª temporada, Brett se reconectou com seu padrasto e a mãe biológica, Julie (Kelly Deadmon), e descobriu que a mãe estava grávida. Infelizmente, Julie morreu no parto, mas Scott decidiu criar o bebê sozinho, chamando-a de Amelia. Foi um momento de redenção para Scott, mas ele e Casey ainda têm muito o que resolver.

Ao todo, parece que as coisas serão difíceis para “Brettsey” na segunda metade da 10ª temporada, mas a boa notícia é que o casal continua.

Enfim, Chicago Fire retornará para a segunda parte da 10ª temporada nos Estados Unidos no dia 05 de janeiro. Já no Brasil, a estreia acontecerá no dia 10 de janeiro, pelo Universal TV.