Chefões da Showtime comentam o fim abrupto de Penny Dreadful

penny dreadful

Imagem: Penny Dreadful

Continua após as recomendações

 

O CEO da emissora Showtime, David Nevins e o presidente de programação, Gary Levine, comentaram o final abrupto do drama Penny Dreadful, que acabou na 3ª temporada e o anuncio foi dado momentos antes da finale ir ao ar.

Continua após a publicidade

“Nós poderíamos ter anunciado que esta seria a última temporada antes dela acontecer e nós decidimos não fazer isso”, Nevins admitiu. Ele acrescentou que “John Logan não queria fazer um estardalhaço” e, principalmente, não queria dar nenhuma dica de que a personagem de Eva Green iria morrer”.

“Na mente de John, sempre foram somente três temporadas”, adicionou Nevins. “Nós tentamos manter a possibilidade de mais temporadas aberta, mas acabou ficando evidente que continuar o show após a morte de Vanessa seria incoerente. E John não queria continuar sem a personagem”.

“A morte da Vanessa foi pensada”, disse Levine, “e na mente de John, ele foi moldando a ideia aos poucos…e, para ele, não teria como existir um show sem ela. Sem Green ou Logan no elenco, nós pensamos que a série perderia sua identidade”.

Fonte: TV Line

Nenhum comentário

Adicione o seu