Chicago Fire – 5×19 – Carry Their Legacy

Imagem: Elizabeth Norris/NBC

Continua após as recomendações

Depois de quase um mês de hiatus, tivemos a chance de entender os motivos de Anna se afastar de Sevelindo. E foi completamente desnecessário trazer novamente o plot a tona.

Continua após a publicidade

Eu sinceramente achei que tinha dedo de Benny envolvido na partida da Anna. Ela saiu em desabalada carreira, fugindo de tudo e todos, parecendo que ele tinha feito algo que a magoou. E dessa vez preciso pedir desculpas a Benny, apesar dele ser um pai bem avesso ao que acredito. Anna fugiu de Chicago, largou tudo e voltou para Springfield sem dar satisfações. Kelly passou metade do episódio tentando localizá-la, e a outra metade tentando lidar com a teimosia dela em não retornar a cidade. Tudo porque o câncer voltou ainda mais forte, espalhado pelo ossos da enfermeira. E tudo o que ela fez foi afastar-se do que lhe fazia bem para não magoar o bombeiro. Queria muito ter a chance de ver os dois realmente juntos, como um casal “normal”, mas a cada conquista amorosa do Severide, vem um plot pra destruir o relacionamento. Espero que esse seja bem construído.

O retorno de Connie fez a aposta se multiplicar no batalhão. Quantos turnos Marcy, a novata, conseguiria sobreviver com a ranzinza secretária? Admito que foi divertido ver a interação entre esses personagens recorrentes. Otis até que me impressionou. Ele está deixando de ser aquela pessoa infantil e está crescendo como personagem. Que evolução. Já Herrmann, Mouch e Kidd, esses não tenho do que reclamar, sempre fazendo a parte cômica de forma quase impecável.

Casey e seu amigo de infância bombeiro também foram um bom ponto do episódio. Com um problema mecânico no caminhão, a Squad 3 ficou inoperante por algumas horas, levando a Squad 6 tapar seu buraco no Batalhão. Lá, Casey
reencontrou seu amigo Jason Kannell, e esse rapaz foi o centro de uma tragédia com os bombeiros da Squad 6. Por um erro do líder, dois bombeiros e uma vitima de vazamento de gás ficaram feridas ou morreram. Kannell foi o único que sobreviveu, e quer tomar a culpa por isso. Mais um plot pra fazer Casey de herói de todos. Começando a pegar asco disso na série. Focam muito em algumas pessoas, enquanto outras com ótimos plots, como Cruz, Mouch e até Brett são escanteados.

Apenas três episódios nos separam da season finale, e estou na espera de uma finale bombástica, mas sem mortes, não aguento mais perder meus faves!

2 comentários

Adicione o seu
  1. Avatar
    porlapazyporlavida lc 4 maio, 2017 at 17:37 Responder

    Só eu que não gosto de Dawson? A atitude dela diante da professora foi tão infantil. Passou a impressão de “eu sei de tudo. não preciso disso”. hehe.

    • Ana Maria De Oliveira Fernande
      Ana Maria De Oliveira Fernande 5 maio, 2017 at 23:22 Responder

      Olha, tô pra dizer que talvez o Casey esteja mais chato do que ela. Mas sim, também achei ela meio de nariz empinado.

Post a new comment