Chicago Fire – 6×02 – Ignite on Contact

Imagem: NBC/Divulgação

É comum que após um certo tempo no ar, as séries tendem a repetir alguns plots e reciclar ideias. Chicago Fire não é imune a isso e tivemos um episódio que não inovou tanto, mas que ainda assim agradou.

Estou gostando da convivência entre o Severide e a Stella, porém, eles têm a química de dois pombos, o casal parece não fazer sentido. Mas infelizmente, sabemos que ela ainda gosta dele, que está interessado na Hope, que já pode voltar para o lugar de onde nunca devia ter saído. A garota está escondendo algo de Sylvie, todos sabemos e me parece que isso deve voltar para assombrá-la logo. Só espero que não coloquem o Kelly como herói dela também, o que é muito possível.

Em relação ao incêndio da semana passada, Donna insiste com Boden que é criminoso, o que o leva a pressionar Casey e Severide para encontrar algum tipo de prova que ajude a achar o responsável. Kelly é um pouco resistente à ideia no início, batendo de frente com Wallace. É claro que entendemos o lado do Chefe, afinal, poderia ser a sua mulher no lugar daquela professora e se ele não tivesse pressionado, talvez, seus tenentes teriam deixado aquilo de lado.

Continua após a publicidade

Em paralelo, Mouch assumiu o posto de embuste do episódio junto com a Hope. Todo mundo já entendeu que você quase morreu, junto com todos que estavam no armazém, precisa continuar se aproveitando disso? Otis e Hermann já estavam de saco cheio dele, o que só piorou após a aposta com o batalhão 87. Ele designou cada um para um exercício na competição, mas sem pensar no que eles queriam ou se encaixavam. Foi bem feito o Cruz ter dado aquela cortada nele para quem sabe, assim, se tocar.

Gabby é quem desvendou a charada do incêndio através do atendimento. Rashidi que estava estranho com os bombeiros na escola, leva uma surra na rua em frente onde ele trabalha como salva-vidas na piscina. Assim, ao descobrir que o incêndio foi causado com cloro, a paramédica não precisa de muito pra saber. O garoto tentou incriminar Mateo pois sofria bullying, mas não tinha ideia de que teria aquela proporção e que causaria a vida da professora.

Severide, que havia perdido a cabeça com Mateo na escola (de um jeito um tanto quanto exagerado), vai até a casa do garoto se desculpar e fazer um daqueles discursos que a gente ama. Não é pedir muito ter a Anna de volta, né? Ele é um ótimo bombeiro e um homem daqueles, mas parece que os produtores insistem em acabar com o personagem cada vez mais.

Foi um episódio bom, mas que poderia ter oferecido muito mais, afinal todos nós sabemos do que Dick Wolf é capaz. Os plots até o momento não vem cativando muito, o que tende à afastar o público, mas vamos ver como os próximos se desenrolam.

Nota: Quando Boden se juntou ao restante do batalhão no cabo de guerra foi lindo! <3

Nota2: Brett pisou bonito se mantendo no poste, se bem que ela carregando aquele boneco também foi ótimo!

Nos encontramos na semana que vem, mas confiram a promo do próximo episódio aqui em baixo, que parece trazer problemas para o Matt. Até lá!

Avatar

Gabriela Scampini

Paulista, estudante de Direito e geminiana. Apaixonada por livros e séries, mesmo sem ter tempo pra nenhum dos dois. No Mix, escreve a coluna #MixAudiência, além das reviews de American Crime Story, Black Mirror, Chicago Fire e The 100.

No comments

Add yours