Chicago Fire não quer dar adeus definitivo a Gabby Dawson

Chicago Fire Gabby

Série não quer abrir mão de personagem

Enquanto aguardamos a estreia da nona temporada de Chicago Fire – que segue ainda sem previsão – nós podemos gastar um tempo analisando a jornada da série até aqui. E se tem algo que aprendemos neste último ano é que o drama dos bombeiros não quer abrir mão da personagem Gabby Dawson (Monica Raymund).

No episódio “Best Friend Magic”, o nono da oitava temporada, Dawson reapareceu no Quartel 51 para pedir que seu ex-marido Matthew Casey (Jesse Spencer) fosse sua companhia para um evento de caridade. Os dois dormiram juntos depois, e Dawson deixou a Casey uma mensagem de voz muito afeiçoada antes de deixar Chicago novamente.

Esse episódio foi uma prova definitiva de que, apesar de Monica Raymund ter deixado a série duas temporadas antes, Chicago Fire ainda não quer deixar de lado Gabriela Dawson. (via One Chicago Center)

O retorno de Dawson

Raymund reapareceu na série duas vezes desde que saiu para buscar outras oportunidades – uma vez no início da 7ª temporada e depois na metade da 8ª temporada. E ela disse no início deste ano que estaria aberta a retornar novamente nas próximas temporadas, também.

Continua após a publicidade

Geralmente, quando uma estrela decide deixar uma série de TV, ela não volta imediatamente. Algumas delas, inclusive, nem retornam. Mas porque sua história precisava ser encerrada e os efeitos de sua saída se desenrolaram, o tempo passou desde que Dawson saiu na sexta temporada e parece que ela nunca se foi…

Ela ainda tem uma presença significativa na série, mesmo quando Monica Raymund seguiu com suas carreiras de atriz e diretora adiante. Definitivamente, é algo que Chicago Fire está fazendo de maneira diferente de outras séries de TV, incluindo as do seu mesmo universo (veja quão rapidamente Chicago Med esqueceu Sarah Reese).

O roteirista Derek Haas teve que trazer Dawson de volta para a estreia da sétima temporada de Chicago Fire, já que sua última cena na sexta temporada nunca teve a intenção de ser uma saída permanente. Ele admitiu livremente que não esperava que Monica Raymund não renovasse seu contrato e, portanto, precisava escrever para Dawson um final melhor. Não seria justo deixar a história dela tão aberta quanto no final da sexta temporada.

Os efeitos da partida

Mas então, a sétima temporada precisava ter Casey e Sylvie Brett (Kara Killmer) lidando com a partida de Dawson –  uma vez pelo impacto que ela teve nas duas vidas. E isso continuou durante toda a primeira metade da temporada, até Casey terminar com seu apartamento sendo incendiado.

E então, na 8ª temporada, quando a série chegou ao fim e poderia ter virado a página, Haas trouxe Dawson de volta novamente – ao mesmo tempo em que adicionava uma camada extra de complicação ao colocá-la dormindo com Casey.

Isso, sem dúvidas, reacendeu a chama do casal, e do público que torce por “Dawsey”. Aliás, Chicago Fire vem provocando um possível romance entre Brett e Casey desde a sétima temporada, que nunca decolou.

Então, é difícil não ficar pensando em Dawson quando não há nada para preencher completamente o vazio que ela deixou para trás. Até mesmo sua substituta, Emily Foster, já está de saída da série.

É fato que isso criou um ato de equilíbrio interessante para Chicago Fire, uma vez que é esperado que, em algum momento, Dawson retorne novamente.

Se os escritores querem que Gabby continue a fazer parte da série, isso é ótimo. Mas eles precisam entender que não há muito que eles possam fazer. Monica Raymund já está comprometida com sua nova série Hightown, que foi recentemente renovada para a 2ª temporada, e isso poderá limitar sua capacidade de fazer quaisquer aparições futuras.

Ela pode até aparecer novamente, mas será muito difícil colocá-la além de um ou dois episódios na temporada.

Logo, como isso afeta personagens como Casey e Brett?

Casey não será capaz de seguir em frente com um novo relacionamento se sua ex-esposa continuar voltando à sua vida, e eles não puderem voltar a se reunir, já que Dawson não vai ficar. A série já estabeleceu na sétima temporada que a distância não funciona para eles. Então, é justo prendê-los neste tipo de limbo emocional estranho?

Igualmente, isso afeta Brett, que tem aparentes sentimentos por Casey. Além disso, vale lembrar, Dawson era sua melhor amiga.

Será que este não seria o momento de deixar Gabby ir embora definitivamente para que os personagens sigam sua vida? Ou, aparentemente, teremos de perder Matthew Casey para que ele finalmente tenha seu final com Dawson – mas longe de Chicago?

E vocês, o que acham disso? Deixem nos comentários e, igualmente, continuem acompanhando todas as novidades do mundo das séries aqui no Mix de Séries.

  • Além disso, sigam nossas Redes Sociais (Instagram, Twitter, Facebook).
  • Baixem também nosso App Mix de Séries para Android no Google Play (Download aqui) e fiquem por dentro de todas as matérias do nosso site.
Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, criador de conteúdo, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias e resenha séries semanalmente.

3 comments

Add yours

Post a new comment