Chicago Med – 2×22 – White Butterflies

Imagem: NBC
Imagem: NBC/Divulgação

[spacer height=”20px”]

Continua após publicidade

Borboletas brancas é o nome escolhido para o episódio da semana. Reza a lenda que encontrar este tipo de borboleta é sinal de sorte e prosperidade. Estava vendo o episódio da semana com um amigo que por acaso também é enfermeiro e nunca tinha ouvido falar neste ditado. Mas confesso que foi bem interessante a menção de April ao Brasil no episódio.

Continua após a publicidade

Como já havia dito na review anterior, e com a confirmação da promo, tínhamos todos os indicadores de um episódio tenso e foi o que aconteceu. Os casos da semana também não ajudaram a aliviar. April e Dr. Choi trabalharam num caso onde o paciente sabia das consequências da sua doença e preferiu tomar heparina, um medicamento que ocasionaria a sua morte, mas, que manteria seus órgãos vitais em perfeito estado para doação, o seu último desejo. Foi lindo ver o papel de um enfermeiro. April sabendo que paciente tinha chances de prolongar sua vida, não desistiu em nenhum momento dele. Era nítido que ela estava triste ao acatar o que o paciente determinou.

Continua após publicidade

Will e Natalie, no chove não molha de sempre, estiveram juntos mais uma vez no caso de estupro. Cheguei a pensar que o estuprador era o padrasto. Quem não pensou? Mas, na verdade, era o Cirurgião dentista dela. Ele a sedava para ela não se lembrar de nada depois…

Agora vamos ao momento mais aguardado da semana: O drama envolvendo Robin, seu pai e seu crush. Como já visto no último episódio, está mais que provado que Robin está doente. Mas como era de se esperar, Connor não concordou e confrontou Dr. Charles, conseguindo tirar Robin da internação involuntária, imposta por seu pai. Mas é claro que esta “guerra” entre os dois não iria terminar bem.

Continua após publicidade

Robin, num primeiro momento, aparenta estar bem, tranquilizando Connor, mas, logo em seguida, ela surta e começa a quebrar a casa inteira e termina na sacada do prédio. Com certeza esta história não vai terminar com um final feliz para os dois. Quanto à Sarah, ela teve seus erros no caso, mas não merece ser crucificada por tudo que está acontecendo. As causas são maiores e vão muito além disso.

E por fim, é com muito pesar que informo esta notícia triste. A mala do Noah está confirmado como residente no hospital. Preferia mil vezes o Jeff, mesmo não aprovando ele com a Natalie.

PS: Torci tanto para o beijo de April e Choi. Cada vez mais tenho notado a aproximação deles. Mas ainda sai, só aguardar mais um pouco.

Muita coisa para processar, mas é isso. A seguir a promo do próximo episódio e que promete dar sequência ao drama envolvendo Robin. Quem aí esta ansioso por esse fim de temporada de Med? Boa semana a todos! 🙂

[spacer height=”20px”]

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=abC34t0-mlw[/youtube]