Chicago PD – 2×19 – The Three G's

Imagem: Arquivo Pessoal/Matheus Machado

Imagem: Arquivo Pessoal/Matheus Machado

 

Olha, eu estou para dizer que esse foi um dos melhores casos dos 34 episódios que a série teve até aqui.

Intenso, impactante e revoltante. Essas três palavras resumem o que eu senti ao ver este baita episódio de Chicago PD . Em The Three G’s ( G’s – Girls, Guns and Gambling machines) vimos um caso de tráfico de pessoas e armas se desenvolver de forma excepcional. Dennis Lee é o nome do indivíduo que encabeça o crime, e ao ver ele no final do episódio eu pensei “que ator é esse que fechou tão bem com o papel?”.

Continua após a publicidade

O início do episódio me fez ficar congelado pois achei a cena das meninas forte pela maneira que as mesmas foram encontradas, e depois por saber as causas da morte. Fora o fato dos rostos delas estarem machucados devido a luta que tiveram por um galão de água. Outro detalhe é a frieza que os criminosos tem ao fazer isso com as pessoas. E foi muito emocionante ver o Sr. Chen ao encontrar o corpo da filha entre as meninas, e isso me lembrou a fala de Dennis Lee na sala de interrogação “o que aconteceu com aquelas garotas, eu não estou orgulhoso. Mas aqueles pais? Eles sabiam dos riscos.”. É revoltante ver algo assim porque ele já está preso, mesmo assim ele não perde a postura de “grandão” dele.

Chicago PD - 2x19 - Alvin Olinsky

Imagem: Arquivo Pessoal/Matheus Machado

Alvin Olinsky foi o destaque total do episódio pelo jeito que o caso mexeu com ele. Há anos atrás, quando Al ainda estava na divisão de Crimes Organizados, havia pego o mesmo caso, com Dennis Lee sendo o principal bandido envolvido, mas Lee acabou fugindo e sumindo. Eis que do nada ele volta para Chicago e isso mexe diretamente com o emocional de policial. Além disso ele com certeza sentiu a pressão dos pais das garotas, que depositaram toda a sua confiança no detetive, fora a culpa que ele sentia por ter deixado Lee escapar antes e por causa disso aconteceu o que aconteceu não é verdade? Mas ele cumpriu bem o seu papel, apesar da revolta.

Agora vamos falar dos contexto, o que aconteceu fora do caso. Roman suspenso injustamente. Não discordem, gente, por favor! A atitude dele foi admirável e o outro policial merecia mais do que um soco. Só que a situação foi resolvida com o selo Voight de qualidade, que aliás, foi muito bem no episódio, assumindo diretamente o comando do caso.

E a Nadia, quem diria pessoal? Já é praticamente uma nova patrulheira, foi rápido né? Eu também achei, e só quero ver ela em ação, ainda não levo muita fé não. Convenhamos, ela tem cara de secretária mesmo.

Minhas considerações finais digo: achei que Erin teria um papel mais legal no episódio, mas não foi necessário. Atwater coitado de você, é isso que tenho para dizer. É um bom personagem, mas não está sendo aproveitado. Tudo bem que não dá para ele ter destaque em todo o episódio, só que mesmo assim ele tem pouco espaço.

E é isso pessoal, agora volto apenas dia 29 com as reviews de PD, fiquem ligados quanto a Chicago Med.

Tags Chicago PD
Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

No comments

Add yours