Chicago PD – 4×23 – Fork in the Road [SEASON FINALE]

Imagem: NBC/Divulgação.
Imagem: NBC/Divulgação.

[spacer height=”20px”]

Continua após publicidade

A pior season finale de PD até hoje! Além da velha história dos problemas de Bunny, e ela sair sempre de todas, se safar das coisas mais sem noção que ela poderia fazer. Em compensação, a antipatia de todos por Voight acabou caindo sobre Erin, que não escapou do castigo por ter espancado o estuprador com uma arma carregada. Sem poder exercer a profissão ficou difícil ajudar a mãe.

Continua após a publicidade

Inclusive, essa mãe, e me repito aqui, não merecia ajuda. Qual o tamanho dessa cruz que Erin leva. O nosso querido Voight acabou afastando Erin, com mais de uma maneira, para que o caso não refletisse mais em sua situação. Será que ela realmente vai para New York salvando a pele da Bunny? Eu acho que será algo breve e no começo da próxima temporada ela já volta. Por isso também acho que Dick Wolf acabou fazendo um acontecimento bem besta para deixar o pessoal apreensivo até final do ano, e na verdade nada vai acontecer.

Continua após publicidade

Que na verdade é o que eu penso de Chicago Fire também, todo aquele drama e é capaz de ninguém morrer. Bunny sempre foi propensa a se envolver com essa gente que não presta, traficantes, e nem sabe quem é o pai da Erin. Acho que Voight sabe que é/pode ser pai dela, mas isso ainda será um plot. Jay, fez um movimento meio arriscado, querer casar com a Erin, pois acredito que nessa altura dos acontecimentos eles não estão no clima de casar. Se preocupam um com o outro, sim, mas casar, bem demais. Aliás, ele se separou da outra lá?

Por 5 mil dólares, Bunny se meteu em uma tremenda enrascada, matou um ‘amigo’ traficante, que acabou deixando vários jovens em overdose, aos cuidados de Will em Med. A falta de inteligência dessa mulher ainda me surpreende, pois teve a cara de pau de chamar a filha para encontrar o corpo do amigo, que ela matou. Voight não comprou a história ainda bem. E ainda bem também que Erin estava sem distintivo, aliás, deu para ver bem que ela não tem utilidade para a mãe sem ser policial, afinal, como ela vai sair de todas dizendo “minha filha é policial!”.

Continua após publicidade

O acordo do FBI foi bem estranho, não gostei dessa parte, bem forçado. Espero que a Burgess volte logo para melhorar esses plots deploráveis. Até a próxima temporada, pessoal!

Engenheira de Alimentos, mestre em química de alimentos, um tanto quanto viciada em séries, filmes e livros. Fã de Hannibal, Dexter, Grey's Anatomy, Demolidor, Sherlock e Stranger Things. Reviewer de Chicago PD.