Cidade Invisível: explicamos o final de Eric e as mitologias

Cidade Invisivel final eric mitologia

Tudo sobre o final e a mitologia da série brasileira

A série de fantasia original da Netflix, Cidade Invisível, deixou a primeira temporada com várias perguntas sem resposta – e que precisam de uma explicação.

Enquanto a batalha entre o bem e o mal se desenrolava ao longo de todo o espetáculo, tudo culminou no duelo de Eric (Marco Pigossi) com Iberê (Fábio Lago). Enquanto as divindades da vila do Rio de Janeiro iam embora com o corpo aparentemente sem vida de Eric, isso deixou o público questionando o que poderia acontecer na 2ª temporada de Cidade Invisível. E, ainda, se de fato ele está morto. Então, explicamos para você!

Continua após a publicidade

A trama

A série brasileira foi criada por Carlos Saldanha, conhecido por seu trabalho em A Era do Gelo. Quando estreou, em 4 de fevereiro de 2021, recebeu críticas relativamente positivas por sua capacidade de mesclar histórias sobrenaturais como a do folclore brasileiro e insights semelhantes aos de Arquivo X.

Cidade Invisível, dessa forma, marca outro sucesso para o serviço de streaming à medida que continua a construir suas produções em língua estrangeira para 2021.

O que realmente aconteceu com Gabriela

Gabriela (Julia Konrad) foi a primeira a morrer em Cidade Invisível em decorrência do Corpo Seco. Sua misteriosa morte abrangeu toda a primeira temporada e serviu como a força motriz para Eric resolver as misteriosas perturbações ambientais que estavam ocorrendo no Rio de Janeiro.

Continua após a publicidade

No final, a série revela que sua filha Luna foi possuída pelo Corpo Seco e matou sua mãe quando as duas se abraçaram durante o incêndio na floresta. Mas seu espírito parece estar preso no purgatório. Quando Eric morre pelas mãos de Iberê, ele vê sua esposa, que lhe diz que sua jornada ainda não acabou.

Imagem: Divulgação.

Portanto, a primeira temporada alude que as pessoas mortas como resultado do Corpo Seco são transportadas para um reino totalmente separado, onde suas almas vagam no plano sobrenatural até resolverem seus negócios inacabados na Terra.

Continua após a publicidade

O Curupira

O Curupira estava no topo dos interesses de todos, quando a primeira temporada de Cidade Invisível começou. Foi uma constante até ao fim, quando Luna pede a Isac (Wesley Guimarães) que a leve até ele.

O Curupira é uma criatura mitológica brasileira comumente considerada um ser demoníaco. No contexto de Cidade Invisível, ele é o protetor das matas que foi desprezado pelo Corpo Seco há várias décadas, quando matou impiedosamente a família do Curupira.

Continua após a publicidade
Cidade Invisivel final Eric mitologias
Imagem: Divulgação

Ele permanece relativamente fiel ao folclore, já que a criatura tende a atacar caçadores ou caçadores ilegais que prejudicam o meio ambiente. Quando Isac leva Luna até o Curupira, é revelado que ele é Iberê. E, dessa forma, os dois devem se enfrentar para definir quem tem direito à terra que ele e seus companheiros mitológicos habitam.

Continua após a publicidade

Se a criatura é boa ou má, depende da interpretação, mas Cidade Invisível o retrata como o protetor final contra a destruição ambiental da humanidade.

Corpo Seco está vivo?

Em um instante, Iberê passa uma arma pelo torso de Eric, aparentemente matando ele e o Corpo Seco. Mas não é conclusivo se isso realmente aconteceu.

O espírito que saltou de Luna para Eric tem décadas. Isso porque, em sua tumba, o “Corpo Seco” foi capaz de construir seu próprio conjunto de poderes sobrenaturais.

Agora com a capacidade de drenar a força vital de outras pessoas, ele sai para se vingar de Iberê. Embora ele aparentemente esteja morto, isso não significa que seu espírito se foi para sempre. É provável que tanto o “Corpo Seco” quanto Eric tenham sobrevivido até certo ponto, o que explica porque Camila (Jéssica Córes), Inês (Alessandra Negrini) e Iberê levaram seu corpo para seu reino.

Imagem: Divulgação.

E Eric, o que aconteceu?

No meio da primeira temporada de Cidade Invisível, a trama revela que o pai de Eric é Manaus, um metamorfo.

Com o DNA sobrenatural fluindo em suas veias, especula-se que ele sirva como um canal entre os reinos humano e mitológico.

Semelhante à Sabrina Spellman (Kiernan Shipka) de O Mundo Sombrio de Sabrina, ele é capaz de resistir a poderes mortais e sobrenaturais. Isso explica porque Camila não conseguiu matá-lo no episódio 2.

No final da 1ª temporada de Cidade Invisível, ele está no mesmo plano de sua falecida esposa que o informa que sua jornada não acabou, pois ele é um deles.

Essencialmente, isso significa que ele retornará e que não morreu. Além disso, a aventura de seu corpo em seu reino pode fazer com que ele ganhe seu próprio conjunto de poderes sobrenaturais que podem se assemelhar aos de seu pai.

E então, você gostou de Cidade Invisível? Deixe nos comentários e, igualmente, continue acompanhando as novidades do Mix de Séries.

Explicações via Screen Rant.

  • Além disso, siga nossas Redes Sociais (InstagramTwitter, Facebook).
  • Baixe também nosso App Mix de Séries para Android no Google Play (Download aqui) e fique por dentro de todas as matérias do nosso site.