Code 8 – Renegados, o final explicado: saiba o que acontece

Code 8 final explicado

Entenda o final de Code 8

Code 8 é um filme de ficção científica canadense que provavelmente pode ser contado como uma das representações mais inteligentes de um mundo que não aceita super-heróis. Code 8 é essencialmente um filme de super-herói, mas sem a premissa usual de salvar o mundo. Embora isso possa parecer pouco característico de seu gênero, é isso que faz o filme funcionar.

Com base em um curta-metragem de 2016 com o mesmo nome, Code 8 ficou disponível no catálogo da Netflix, sendo assistido por muitos.

O filme é estrelado pelos primos, Robbie e Stephen Amell, nos papéis principais e essa “irmandade” é imperdível. Além de apresentar uma emocionante trama, o filme também cria um mundo cuidadosamente orquestrado, com abertura suficiente para garantir uma maior exploração.

Qual é a história de Code 8?

No mundo especulativo do ‘Código 8’, algumas pessoas possuem habilidades sobre-humanas e logo precisam registrar seus poderes. Eles ajudam a construir a cidade de Lincoln, mas são substituídos quando a automação tira seus trabalhos. Eles se tornam cidadãos de segunda classe por causa disso, com o governo controlando cada vez mais seus poderes devido ao medo deles. Drones e robôs futuristas são usados para fazer cumprir a lei contra os super-humanos.

Continua após a publicidade

Connor é um “elétrico” ou alguém com poder para gerar e manipular correntes elétricas. Ele é um trabalhador assalariado diário não registrado que acha difícil sobreviver. Sua mãe (que tem superpoderes criocinéticos) está em estado terminal e Connor precisa encontrar uma maneira de financiar seu tratamento. Ele é recrutado por um homem com poderes telecinéticos chamado Garett. Garett trabalha para um criminoso chamado Suttcliffe, que deve algum dinheiro a uma organização criminosa conhecida como Trust.

Depois de um assalto falido, Garrett, Connor e alguns outros planejam roubar o Psyke, um medicamento derivado do fluido espinhal daqueles com superpoderes. Garett faz um acordo com Sutcliffe para roubar o Psyke de um caminhão da polícia em troca de ser seu parceiro. Connor quer Nia, um super-humano com poderes curativos de Suttcliffe, em troca de participar do assalto à Psyke. Suttcliffe concorda primeiro, mas seus homens cruzam Garrett e Connor.

Para se vingar, Connor entrega o esconderijo de Suttcliffe a um policial chamado Park. Depois que Suttcliffe escapa, Garrett e Connor o matam. Nia diz a Connor que ela não pode curar sua mãe porque ela acaba sofrendo os ferimentos/doenças da pessoa que ela cura. No entanto, Connor a força a ir ao hospital para curar sua mãe.

No final do filme, Connor visita o túmulo de sua mãe. Garett assume o comércio de drogas do Trust em Lincoln City, substituindo Suttcliffe. Uma nova lei que proíbe os “Poderes” (como os super-humanos são conhecidos) é aprovada em Lincoln City. Park recebe um prêmio por sua invasão contra Suttcliffe, mas não parece muito feliz. Nia visita o pai na prisão, onde sorri pela primeira vez em todo o filme.

O final explicado

Os espectadores podem ter várias perguntas sobre o final Code 8 – Renegados. Primeiro, por que a mãe de Connor está morta, apesar de Connor ter levado Nia ao hospital para curá-la? Bem, Connor leva Nia ao hospital de sua mãe. Nia usa seus poderes de cura sua mãe. Sua mãe recupera a consciência. Mas é aí que Connor decide parar.

Ele muda de ideia e percebe que não pode tirar a vida de outro ser humano pelo bem da vida de sua mãe. Ele faz Nia usar alguns de seus poderes de cura para que sua mãe possa recuperar a consciência, e ele possa falar com ela uma última vez.

Por outro lado, muitos espectadores também podem estar se perguntando por que Park está infeliz ao receber o prêmio. Bem, é preciso lembrar a cena em que Park é mostrado pegando sua filha. É quando é revelado que sua filha possui superpotências. Como as superpotências são hereditárias, pode-se supor que Park provavelmente também tenha superpotências. Ele apenas os escondeu para manter sua carreira em andamento. Portanto, a nova proibição de poderes é algo que ele não apoia. É importante observar aqui que ainda não está claro se o uso de superpotências dos super-humanos foi banido ou os próprios super-humanos. O primeiro parece mais provável, mas não está confirmado.

Por fim, por que Nia sorri? Qual é o significado dessa cena? Bem, o pai de Nia devia algum dinheiro a Suttcliffe, que ele não podia pagar. Essa foi a razão pela qual Nia é forçada a servir Suttcliffe. No entanto, com Suttcliffe morto, Nia finalmente está livre de Suttcliffe.

Essa cena tem mais significado, na minha opinião, já que é o capitalismo, que é o verdadeiro vilão do filme. Além disso, é por causa do capitalismo que os Poderes começam a ser marginalizados quando a automação tira seus empregos. É por causa do capitalismo que as taxas de tratamento da mãe de Connor são tão altas. É por causa do capitalismo que pessoas como Suttcliffe precisam tomar ações aparentemente vilãs apenas para sobreviver.

E então, o que acharam do filme? Deixem nos comentários.

Além disso, continuem acompanhando todas as novidades da Netflix, aqui no Mix de Séries.

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Criador, editor e redator do site Mix de Séries, é apaixonado por séries desde sempre. Fã incondicional de One Tree Hill, ER, Friends, e não perde um episódio da Franquia Chicago.

No comments

Add yours