Compra de parte da Fox pela Disney pode causar cancelamento de The Exorcist

Imagem: FOX/Divulgação

Depois que celebração do anúncio da compra de parte da 21st Century Fox pela Disney, a indústria começa a racionalizar a decisão e pensar o que tal acordo provavelmente significa para séries, filmes, o futuro de algumas franquias e entre outros. As informações são do Digital Spy.

Uma análise de mercado divulgada na semana passada, observou-se que há a possibilidade da Disney demitir entre 05 a 10 mil funcionários caso o acordo seja aprovado pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos. O criador de The Exorcist, Jeremy Slater, também não está otimista com o que o futuro pode trazer.

Em entrevista a Entertainment Weekly, Slater comentou suas expectativas sobre o futuro:

Continua após a publicidade

Você sabe, eu não penso que ninguém sabe de nada nesse momento. Eu penso que esse acordo entre a Fox-Disney….não significa coisa boa para a 2oth Century Fox como um estúdio e para a Fox como um canal, mas você nunca sabe.

Agora, nós não fazemos muito a marca da Disney, mas eles também vão precisar de muito conteúdo para colocar nas suas plataformas de streaming, então eu não sei. Eu penso que há muitas opções.

Nós definitivamente temos fãs apaixonados no canal e no estúdio – nós simplesmente não temos uma audiência – então eu não sei se a opção é deixar para a sorte e continuar produzindo a série porque é algo a ser acreditado, ou talvez levar para algum outro lugar que a nossa base vai acompanhar.

Eu penso que, esperançosamente, uma ideia atrativa é que se você é um serviço de streaming ou algo parecido com isso, você vai querer ser produtivo no gênero de terror. Eu acredito que nós fizemos o melhor show de terror nos últimos dois anos. Eu me sinto otimista, apesar de tudo.

O criador ainda destacou que o controle de 60% do Hulu pode fazer com que a Disney se interesse em oferecer conteúdo alternativo na sua plataforma digital, da mesma forma que o FX pode se tornar um destino interessante para uma programação diferente daquela direcionada ao público familiar.

A preocupação acontece porque, dentre as empresas que a 21st Century Fox vendeu, está a 20th Century Fox TV, responsável por produzir as séries exibidas por canais abertos, a cabo e de streaming como Empire, Family Guy, Modern Family, This Is Us, New Girl, The X-Files e The Simpsons, seja extinta uma vez que a Disney já é dona da ABC Studios. Não há porque ter dois estúdios para produzir o mesmo tipo de conteúdo.

Jeremy não é o único que teme o futuro da sua criação agora que a Disney pode se tornar o estúdio mais poderoso em Hollywood. Joshua Safran, o criador de Quantico, escreveu no Twitter logo após o anúncio que o “acordo entre a Disney e a Fox é uma coisa muito triste”.

A segunda temporada concluída na última sexta-feira (15), tanto nos Estados Unidos quanto no Brasil.

Avatar

Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.

1 comment

Add yours

Post a new comment