Confira as séries que estreiam na Mid-Season 2017

Estreias Mid 2017

Você está com a grade de séries atrasadas? Não consegue colocar em dia seus seriados favoritos antigos e mal conseguiu assistir os pilotos da Fall Season 2016? Calma, seus problemas acabaram de piorar!

Trazemos pra vocês um calendário cheio de estreias da Mid Season 2017 – o período que corresponde a Janeiro – Maio na grade de séries norte-americanas.

Dentre aguardadas e furadas, confira tudo o que vem por aí no começo de 2017 e já organize sua grade. Qual destas novidades você vai querer conferir?

 

Ransom – CBS (01 de janeiro)

Frank Spotnitz é conhecido por títulos na TV que fazem o espectador prender o fôlego, realizadas de forma um tanto coesas – vide The Man in the High Castle. Spotnitz traz para o canal aberto CBS, porém, uma forma de tentar trabalhar o clichê, mas nos seus termos. Ransom é inspirada na vida de Laurent Combaltert, especialista em negociar situações que envolvem reféns. Na série, uma equipe formada por um especialista em negociações – um advogado, um hacker, um terapeuta e um especialista em artes marciais – viaja por diversos países para ajudar multinacionais e órgãos governamentais a lidarem com situações complexas, muitas envolvendo reféns. Uma parceria canadense, Ransom pode ser tornar um amuleto chave da CBS na época de mid-season.

VEJA O TRAILER

[skillbar title=”Nível de expectativa” percentage=”75″ color=#3498db]

The Mick – FOX (01 de janeiro)

A FOX já começa 2017 na tentativa de emplacar uma nova comédia de sucesso. Mesmo com todo o gás que pretende impulsionar The Mick, a série não aparenta ser nenhuma novidade dentre as comédias que já estão no ar – e que vem explorando o apelo familiar de forma exaustiva. Em The Mick, Kaitlin Olson (It’s Always Sunny in Philadelphia) interpreta Mackenzie “Mickey” Murphy, uma mulher de péssimas atitudes que se muda para a cidade de Greenwich, Connecticut, e assume a guarda das três crianças de sua irmã mais rica, que foi acusada de um crime federal.

VEJA O TRAILER

[skillbar title=”Nível de expectativa” percentage=”60″ color=#e6cb61]

Beyond – Freeform (02 de janeiro)

Tim Kring (DIG, Heroes) está de volta, desta vez produzindo uma história criada por Adam Nussdorf (Once Upon a Time in Wonderland). Beyond narra a trajetória de Holden (Burkely Duffield, de House of Anubis) um jovem que, após doze anos, desperta de um coma. Ao voltar, ele descobre ter desenvolvido habilidades sobrenaturais, o que o leva a se envolver em uma conspiração. Clichê, obviamente, mas pode angariar um determinado público, principalmente os fãs órfãos do antigo canal ABC Family.

VEJA O TRAILER

[skillbar title=”Nível de expectativa” percentage=”40″ color=#e6616c]

Emerald City – NBC (06 de janeiro)

A série que fará uma releitura do Magico de Oz, Emerald City teve uma conturbada produção, tendo sido cancelada em 2014 antes mesmo de estrear. Porém, a NBC voltou atrás e bateu o martelo em 2015 encomendando novamente a produção, que acabou sendo adiada para 2016, mas estreará mesmo só em 2017. Na série, Dorothy Gale (Adria Arjona) é transportada para um mundo de magia e de guerra após um tornado passar pela sua cidade no Kansas. O hype fica por conta de conferir uma produção que levou três anos para ir ao ar…

VEJA O TRAILER

[skillbar title=”Nível de expectativa” percentage=”70″ color=#3498db]

Netflix One Day At TimeOne Day at a Time – Netflix (06 de janeiro)

A Netflix apresenta o remake daquele que foi um dos grandes sucessos da TV americana na década de 1980. One Day at Time, sitcom conhecida no mundo inteiro, ganha uma nova versão, baseada na original, com uma mulher recém-divorciada se mudando com os filhos e fazendo amizade com o superintendente do edifício. A ansiedade fica por conta de ver uma clássica história dos anos 1980 nos dias atuais.

VEJA O TRAILER

[skillbar title=”Nível de expectativa” percentage=”40″ color=#e6616c]

Taboo – FX (10 de janeiro)

Talvez um dos grandes nomes da Mid Season 2017, Taboo é a série do FX criada e estrelada por Tom Hardy. Passada em 1813, a série explora a cobiça que movimentou a colonização britânica, com produção do cineasta Ridley Scott (Exodus: Deuses e Reis). Na trama, o personagem de Hardy retorna da África, após ser dado como morto, com diamantes e um plano para se vingar da morte de seu pai. Ele se recusa a vender o negócio da família para a Companhia das Índias Orientais e decide construir seu próprio império de comércio e transporte, o colocando entre duas nações em guerra: Reino Unido e Estados Unidos.

VEJA O TRAILER

[skillbar title=”Nível de expectativa” percentage=”95″ color=#3498db]

A Series of Unfortunate Events – Netflix (13 janeiro)

Os fãs de Desventuras em Série estão fervorosos com a estreia do novo show da Netflix. A  série é baseada no conjunto de 13 livros escritos por Daniel Handler sob o pseudônimo de Lemony Snicket – e que foi adaptada para os cinemas em 2004 com Jim Carrey no papel do perverso vilão. Desta vez, fica a cargo de Neil Patrick Harris encabeçar o elenco.

VEJA O TRAILER

[skillbar title=”Nível de expectativa” percentage=”100″ color=#3498db]

Sneaky Pete – Amazon Prime (13 de janeiro)

Nova série produzida pela Amazon, a trama gira em torno do vigarista Marius (Giovanni Ribisi) que ao sair da prisão assume a identidade de seu companheiro de cela Pete (Ethan Embry). Ele passa, então,  a viver nos negócios da família de Pete sem qualquer suspeita, mas um sequestro de seu verdadeiro irmão poderá colocar tudo a perder. Uma co-produção com a Sony Pictures Television, a série tem a assinatura de nomes como Bryan Cranston (Breaking Bad) e Graham Yost (The Americans).

VEJA O TRAILER

[skillbar title=”Nível de expectativa” percentage=”75″ color=#3498db]

Riverdale – The CW (26 de janeiro)

Situado nos dias atuais e com base nos icônicos personagens da Archie Comics, Riverdale é uma versão surpreendente e subversiva de Archie, Betty, Veronica e seus amigos, explorando o surrealismo da vida em uma pequena cidade – mostrando a estranheza que se esconde atrás da fachada saudável de Riverdale. Pode surpreender, justamente, por essa visão diferente da habitual para seus personagens. Lili Reinhart (Surviving Jack), Cole Sprouse (The Suite Life of Zack and Cody), Ashleigh Murray e Luke Perry (Beverly Hills, 90210), são alguns dos nomes no elenco.

VEJA O TRAILER

[skillbar title=”Nível de expectativa” percentage=”60″ color=#e6cb61]

Training Day – CBS (2 de fevereiro)

Diferente dos atuais remakes de filmes na TV, Training Day resolve manter a história do longa em que se baseia, servindo como uma espécie de continuação do original – nos mesmos moldes de Limitless. O thriller se passa 15 anos após os eventos do filme Dia de Treinamento e acompanha um jovem policial idealista (Justin Cornwell), que é designado para um esquadrão de elite da polícia de Los Angeles, onde ele se torna parceiro de um detetive experiente, mas moralmente ambíguo (Bill Paxton). Mas mesmo tentando se diferenciar, a série não deverá sair da mesmice.

VEJA O TRAILER

[skillbar title=”Nível de expectativa” percentage=”40″ color=#e6616c]

Powerless – NBC (2 de fevereiro)

Em um momento em que a TV está recheada de séries sobre super-heróis, Powerless vem para tratar do tema de uma forma diferente – e engraçada. A comédia da NBC é inspirada pelo universo DC Comics dos quadrinhos e acompanha Emily Locke (Vanessa Hudgens) começa o seu primeiro dia como Diretora de Pesquisa e Desenvolvimento da Wayne Security, uma subsidiária da Wayne Enterprises e Cheia de confiança e grandes ideias, Emily rapidamente descobre que suas expectativas ultrapassam em muito as de seu novo chefe e colegas de trabalho, então cabe a ela liderar a equipe em direção ao seu pleno potencial. Como a sinopse mesmo prevê, Powerless veio para mostrar que não é preciso de poderes para ser um herói. Ela é, no mínimo, curiosa e vale uma conferida.

VEJA O TRAILER

[skillbar title=”Nível de expectativa” percentage=”70″ color=#3498db]

Superior Donuts – CBS (2 de fevereiro)

A comédia multi-câmera Superior Donuts teve o piloto rejeitado na época de encomenda de séries para a Fall Season 2016, mas viu uma sobrevida com a chance de conquistar um lugar na grade da CBS em 2017. Estrelada por Judd Hirsch e Jermaine Fowler, a série é baseada na peça de Tracey Letts e acompanha um proprietário de uma loja de donuts e seu o seu ambicioso novo funcionário, bem como os clientes do estabelecimento, que está localizado em um bairro gentrificado de Chicago. A reflexão que fica é: não teria sido melhor deixá-la quieta?

[skillbar title=”Nível de expectativa” percentage=”40″ color=#e6616c]

Santa Clarita Diet – Netflix (3 de fevereiro)

Drew Barrymore entra para a galeria de personalidades que estão migrando dos filmes para a TV. Com o aval da Netflix, Santa Clarita Diet, de Victor Fresco (Mad About You) conta a história de Sheila (Barrymore) e Joel (Olyphant), um casal de corretores de imóveis que reside em Santa Clarita, um local no subúrbio de Los Angeles. Tudo de suas pacatas vidas muda quando Sheila decide adotar uma mudança radical, que levará suas vidas a um caminho de morte e destruição… mas de um jeito bom. Com o selo Netflix, já podemos esperar, pelo menos, uma produção decente.

[skillbar title=”Nível de expectativa” percentage=”75″ color=#3498db]

24: Legacy – FOX (5 de fevereiro)

A FOX não cansou de explorar a marca “24 Horas” e, mais uma vez, resgata a série. Desta vez, com uma nova roupagem e novos personagens. Em 24: Legacy, Corey Hawkins (Straight Outta Compton) será Eric Carter, ex-Forças Armadas e herói militar que retorna para casa trazendo consigo problemas que ele não conseguirá resolver sozinho. Recorrendo a Unidade de Contra Terrorismo (CTU) para salvar sua vida, aos poucos é descoberto que o ataque pode ser uma das maiores ameaças terroristas que os EUA já viu. A vantagem? Nós sempre adoramos as tramas de 24, então pode acabar sendo um tiro certeiro. Literalmente…

VEJA O TRAILER

[skillbar title=”Nível de expectativa” percentage=”75″ color=#3498db]

APB – FOX (6 de fevereiro)

Na tentativa de angariar uma boa audiência nesta mid-season, a FOX apresenta mais um thriller: APB. Na trama, um bilionário do setor de tecnologia adquire uma conturbada delegacia após ter um ente querido assassinato, mas será que essa figura excêntrica e enigmática pode corrigir os problemas de trabalho dos policiais veteranos? Mais uma trama policial em uma época de saturação do gênero.

VEJA O TRAILER

[skillbar title=”Nível de expectativa” percentage=”50″ color=#e6cb61]

LegionLegion – FX (8 de fevereiro)

O universo dos X-Men chega à TV em uma parceria inédita entre a FOX e a Marvel. Legion, que será exibida pelo FX, promete abordar o universo dos mutantes de uma outra ótica – a de David Haller, o filho do Professor Xavier. Protagonizada por Dan Stevens e produzida por Bryan Singer, o show pode ser o primeiro passo para uma expansão do universo dos mutantes  e, quem sabe, até uma ligação com o universo Marvel. O hype está, no mínimo, muito bom!

VEJA O TRAILER

[skillbar title=”Nível de expectativa” percentage=”80″ color=#3498db]

Doubt – CBS (15 de fevereiro)

Katherine Heigl, a eterna Izzie de Grey’s Anatomy, está de volta à TV. Essa será a sua segunda tentativa de emplacar algo desde que abandonou o drama médico de sucesso e, as expectativas não estão lá essas coisas. Doubt é um drama criado por Tony Phelan e Joan Rater, ambos de Grey’s. Trata-se de um drama situado em um ambiente jurídico que gira em torno de Sadie (Heigl), uma advogada impulsiva que se vê loucamente atraída por seu cliente William Conway (Steven Pasquale, de American Crime Story, The Good Wife), um pediatra acusado de assassinar uma menina de quinze anos há mais de uma década. Premissa clichê com uma protagonista amaldiçoada por Shonda Rhimes. Quais as chances de isso dar certo? Pelo menos o elenco de apoio vale a conferida…

VEJA O TRAILER

[skillbar title=”Nível de expectativa” percentage=”40″ color=#e6616c]

Crashing – HBO (19 de fevereiro)

Criada por Judd Apatow (Love, Girls), a série, que é inspirada na vida e estrelada por Pete Holmes, acompanha a história de um comediante de stand-up de Nova Iorque que, ao descobrir a infidelidade de sua esposa Jess (Lauren Lapkus), começa a reavaliar sua vida e sua carreira. O elenco ainda conta com Artie Lange (Rescue Me) e T.J. Miller (Silicon Valley), entre outros. Tendo o selo HBO de qualidade, esta poderá ser mais uma das excelentes produções do canal.

VEJA O TRAILER

[skillbar title=”Nível de expectativa” percentage=”40″ color=#e6616c]

Big Little Lies – HBO (19 de fevereiro)

Pode até parecer um spin-off de Pretty Little Liars, mas não. Trata-se da produção que reúne estrelas como Nicole Kidman, Reese Witherspoon, Shailene Woodley, Laura Dern, Zoe Kravitz e Alexander Skarsgard, na adaptação do livro homônimo de Liane Moriarty (“Pequenas Grandes Mentiras”, em edição nacional) e acompanha a história de três mulheres, todas mães de crianças em idade escolar, cada uma diante de uma difícil decisão. Os acontecimentos que se desenrolam na Escola Pirriwee logo levarão as três a extremos que envolvem assassinato, subversão e buscas contraditórias pela verdade. Uma das produções da HBO mais aguardadas para 2017.

VEJA O TRAILER

[skillbar title=”Nível de expectativa” percentage=”90″ color=#3498db]

Imagem: TVLineThe Good Fight – CBS All Acess (19 de fevereiro)

A história de The Good Wife continua em um spin-off que promete fisgar os fãs da série recém cancelada e, além, os fãs de dramas criminais. The Good Fight seguirá Diane Lockhart (Christine Baranski) e sua sobrinha Maia (Rose Leslie, de Game of Thrones) – que após ver sua reputação ser destruída por uma fraude vê um novo recomeço. As duas se juntam a Lucca Quinn (Cush Jumbo) em uma nova firma de advocacia. É provável que a série não se comprometa a ir muito longe do que Good Wife já explorou, mas por se tratar da primeira série do serviço de streaming da CBS, poderemos ter algumas surpresas. Principalmente no tom mais “dark” que a série deverá ter.

VEJA O TRAILER

[skillbar title=”Nível de expectativa” percentage=”70″ color=#3498db]

The Blacklist: Redemption – NBC (23 de fevereiro)

A série seguirá um dos personagens da série original, o agente Tom Keen (Ryan Eggold), relembrando sua trajetória. Após descobrir que Susan Hargrave (Famke Janssen), líder de uma privada e secreta organização especializada em solucionar crimes dos quais o governo não quer se envolver, é sua mãe biológica, o agente Tom Keen (Ryan Eggold) junta forças com ela para as missões mais arriscadas. Se nos perguntamos às vezes o porque de The Blacklist ainda estar no ar, não precisamos nem comentar sobre um spin-off, não é mesmo?

VEJA O TRAILER

[skillbar title=”Nível de expectativa” percentage=”30″ color=#e6616c]

Taken – NBC (27 de fevereiro)

Nova série do canal NBC, Taken é estrelada por Cliven Standen (Vikings). Baseada nos filmes (sim, mais uma série baseada em filme – estrelados por Liam Neeson), o show abordará a história de um ex-membro das Forças Especiais americanas Bryan Mills que sofre uma perda pessoal e que o leva a procurar uma carreira como agente secreto para buscar vingança enquanto lida com sua dor, e adquire um conjunto de habilidades muito especial no processo. Pode acabar se tornando um “fan service” para os queridinhos da franquia, mas não vem para adicionar em nada a grade da NBC.

VEJA O TRAILER

[skillbar title=”Nível de expectativa” percentage=”30″ color=#e6616c]

Chicago Justice – NBC (05 de março)

A nova série da bem sucedida franquia Chicago está chegando à NBC. Criada e escrita pelo mestre das séries jurídicas, Dick Wolf, a série acompanhará uma equipe de promotores públicos de Chicago que precisa achar um equilíbrio entre a opinião pública, os jogos de poder da política local e a paixão pelo exercício ético da lei para executar justiça nos casos mais notórios da cidade. Com Carl Weathers, Lorraine Toussain, Philip Winchester e o remanescente de Chicago P.D., Jon Seda, Chicago Justice é aguardada pelos fãs da franquia.

VEJA O TRAILER

[skillbar title=”Nível de expectativa” percentage=”80″ color=#3498db]

Iron Fist – Netflix (17 de março)

A série será a última produção da Netflix antes do mega crossover em Os Defensores – que unirá Demolidor, Jessica Jones, Luke Cage, além do Punho de Ferro. Baseada nos quadrinhos da Marvel, a nova série conta a história do bilionário Danny Rand (Finn Jones), que retorna à Nova York após passar vários anos desaparecido. Na cidade dominada pela corrupção, ele vai enfrentar o crime com suas habilidades de kung-fu.

VEJA O TRAILER

[skillbar title=”Nível de expectativa” percentage=”90″ color=#3498db]

Prison Break – FOX (04 de abril)

OK, Prison Break não é devidamente uma estreia, afinal esta será considerada a “quinta temporada” do show, e continuará de onde o ano 04 parou. Mas por conta de um hiatus de mais de 07 anos, podemos considerar estes novos episódios como uma “série limitada”. Nesta nova temporada, gravada no Marrocos, novas pistas aparecem sugerindo que Michael, inicialmente tido como morto, pode estar vivo. Lincoln e Sara se reúnem novamente para armar a maior fuga até agora, e trazem para a missão três dos mais notórios fugitivos da Penitenciária Fox River para ajudá-los a resgatar Michael. Claro que nos perguntamos às vezes o “porque” de fazer uma nova temporada. Mas, obviamente, a ansiedade e o hype para assistir novos episódios deste grande sucesso dos anos 2000 está grande.

VEJA O TRAILER

[skillbar title=”Nível de expectativa” percentage=”85″ color=#3498db]

Famous in Love – Freeform (18 de abril)

Famous in Love é uma adaptação de Marlene King (Pretty Little Liars) e Rebecca Serle da obra de Serle. A história gira em torno de Paige (Bella Thorne), uma estudante que se torna famosa quando estrela um novo blockbuster hollywoodiano. Agora ela precisa encontrar uma forma de lidar com a fama repentina, enquanto tenta descobrir o que realmente aconteceu com Tangey (Pepi Sonuga) uma famosa estrela de Hollywood que desapareceu. É aquele tipo de série que pode virar hit entre os mais jovens ou passar despercebida e desaparecer dos rastros da TV… Só o tempo dirá!

VEJA O TRAILER

[skillbar title=”Nível de expectativa” percentage=”50″ color=#e6cb61]

Great News – NBC (25 de abril)

Quando a produtora de televisão em ascendência Katie (Briga Heelan) descobre que sua mãe autoritária foi aceita como estagiária no canal onde trabalha, pensou que estivesse tendo um pesadelo. A jovem vai descobrir, com o tempo, que talvez ter sua maior apoiadora na equipe pode trazer o reconhecimento que ela sempre soube que merecia. A comédia é inspirada na vida de Tracey Wigfield, uma das roteirista de 30 Rock, que escreveu o piloto da série e assume a produção executiva ao lado de Tina Fey e Robert Carlock. Beth Miller dirigiu o piloto da série. A premissa é interessante, e tem até uma produção de peso, mas numa safra de fracas comédias da TV, esta pode se tornar mais uma do gênero que será esquecida facilmente.

VEJA O TRAILER

[skillbar title=”Nível de expectativa” percentage=”50″ color=#e6cb61]

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.

8 comments

Add yours
  1. Avatar
    Juk 28 dezembro, 2016 at 23:37 Responder

    Por causa desse post cheguei a 29 séries na parte Não Estreadas do BdS. 2017 será um ano divertido e sofrido com os cancelamentos (tô fazendo drama, mas de qualquer jeito eu iria fazer parte do projeto Mid-season)

    • Anderson Narciso
      Anderson Narciso 29 dezembro, 2016 at 09:47 Responder

      Hahaha, boa Juk. Obrigado pela participação nos posts e comentários de sempre. Ficamos muitos felizes… continue acompanhando nossos posts 😀

Post a new comment