Conheça a história real que inspirou Dirty John, nova série da Netflix

Imagem: Divulgação/Netflix/Esquire

Dirty John – O Golpe do Amor, novo hit da Netflix, é inspirado em caso real

Dirty John, nova série da Netflix, está fazendo sucesso. E o que fica claro, ao final de cada episódio, é que a trama é inspirada em fatos reais. E mesmo com a romantização e dramatização do caso, muito daquilo ali realmente aconteceu.

Assim sendo, o caso envolvendo o “John Sujo” veio de conhecimento do público, inicialmente, em um artigo do Los Angeles Times. Posteriormente, o caso veio parar em um podcast, onde mais detalhes foram entregues. Só depois, em 2018, que a emissora norte-americana Bravo resolveu dramatizar o ocorrido.

A série

A série é estrelada por Eric Bana, como o bonitão John Meehan e Connie Britton como Debra Newell, a designer de interiores do sul da Califórnia, a qual ele seduziu, enganou – até ser morto ao tentar matar sua filha. A função da série, de acordo com os produtores, era abordar uma perspectiva se ele teria realmente se apaixonado por Debra. Além disso, como ele conseguiu escapar de suas defesas.

Dirty John
Connie Britton e Eric Bana são protagonistas em Dirty John. Imagem: Bravo/Divulgação

Claro, Newell não foi a única mulher que Meehan mentiu e roubou ao longo dos anos. Além disso, muitas mulheres ficaram aterrorizadas“, disse o repórter Chris Goffard em um comunicado de imprensa. “John Meehan era um predador em série. Ele foi de vítima para vítima.” E “Uma das lições“, acrescenta ele, “é que os monstros nem sempre se parecem com monstros“.

Mas quem exatamente era Meehan e como ele escapou aterrorizando tantos? Confira detalhes da trama real, que inspirou a série da Netflix.

Ele aprendeu a manipular as pessoas desde cedo

As irmãs de Meehan disseram a Goffard no podcast do Los Angeles Times que seu pai, que administrava um cassino em San Jose, é parcialmente culpado pelo comportamento de seu filho. Ele supostamente ensinou John, ainda criança, a fazer processos falsos e golpes de seguros. Em outras palavras, ele disse a ele “como mentir” e “como enganar”, disse Donna Meehan Stewart ao The Los Angeles Times.

Se alguém fizesse alguma coisa para John, meu pai nos dizia: ‘Você vai lá com uma vara e cuida disso‘”, acrescentou Karen Douvillier, sua outra irmã.

Resultado de imagem para John Meehan
O verdadeiro John Meehan que inspirou série da Netflix. Imagem: PikNews/Release/Divulgação

Meehan frequentou a Prospect High School em Saratoga, Califórnia, onde era atlético, atraente e gentil. Aliás, ele era um “ímã para as garotas, um estudante nota A que se envolvia com um senso de inteligência superior. Ele aprendeu que seus presentes forneciam atalhos“, de acordo com o The Los Angeles Times.

Artimanhas

Inegavelmente, ele pulou na frente dos carros e colocou cacos de vidros quebrados em comida para ganhar indenização de forma legal. Certa vez, ele foi pego vendendo cocaína.

Em 1988, ele se formou na Universidade do Arizona. Ele passou a frequentar a faculdade de direito da Universidade de Dayton, onde ganhou o apelido de “John sujo” de muitas mulheres com quem dormia. Ele era basicamente esse cara estranho e solitário que fazia todo tipo de coisas do tipo escandaloso, e não era apenas com mulheres“, disse seu colega de turma, Kevin Horan, ao Los Angeles Times. “Eu ficava tipo: ‘Esse é aquele cara, você não pode confiar nele por nada. Ele tem altos e baixos‘”.

Desonesto, perigoso, enganador

Meehan se casou com sua primeira esposa, Tonia Sells, em 1990. Ela, uma enfermeira anestesista, o ajudou na escola de enfermagem e na Escola de Anestesia de Tennessee, segundo o The Los Angeles Times. Mas depois de 10 anos e dois filhos juntos, ele pediu o divórcio.

Naquele mesmo ano, Sells descobriu uma caixa de anestésicos cirúrgicos roubados em sua casa em Springboro, Ohio. Quando Sells contatou a polícia, Meehan começou a telefonar sem parar, ameaçando-a e dizendo-lhe para aproveitar seu “tempo de sobra nesta terra”.

Meehan perdeu o emprego em um hospital e até mesmo informou ter trazido uma arma para a sala de cirurgia. Além disso, roubou “Demerol de um paciente que ele pretendia medicar com ele“, segundo o The Los Angeles Times.

Culpado

Em 2002, ele se declarou culpado do roubo de drogas. Mas, em vez de se render, ele fugiu de Ohio com um kit de anestesia nas mãos. A polícia o encontrou pouco consciente e cercado por frascos de drogas em um hotel em Saginaw, Michigan. Enquanto estava em uma ambulância a caminho do hospital, Meehan desarmou suas amarras e tentou escapar do veículo. Ele foi condenado a 17 meses de prisão.

Sua primeira noite fora da cadeia, ele criou um perfil no Match.com. Tudo isso, certamente, para enganar mais vítimas do sexo feminino.

Conhecendo Debra Newell

Debra Newell conheceu Meehan on-line em 2014. O primeiro encontro foi no Houston’s, um restaurante em Irvine, Califórnia. Ele disse que fora anestesista no Iraque e passou um ano no Médicos Sem Fronteiras. No terceiro encontro, ele disse a ela: “Eu te amo“.

Depois de dois meses juntos, eles se casaram e se mudaram para uma casa de US$ 6.500 por mês em Newport Beach. As filhas de Newell o desaprovaram de cara. Além disso, ficaram desconfiadas depois de descobrir que ele passou um tempo na cadeia. O que Newell e sua família não sabiam na época era que a partir de 2005 até ele conhecer Newell em 2014, Meehan tinha “seduzido, fraudado e aterrorizado várias mulheres, muitas das quais ele conheceu em sites de namoro enquanto posava como médico”, segundo os registros de tribunal mostraram, garantiu o Los Angeles Times.

Debra Newell and Terra Newell
À esquerda, Terra, e à direita Debra Newell em programa de TV. Imagem: NBC/via Esquire/Divulgação

“Eu percebi que era sua mais nova vítima”

Depois de descobrir a verdade, posteriormente, Newell o deixou em março de 2016. Previsivelmente, Meehan não aceitou isso muito bem. Ele começou a assediá-la e ameaçá-la. Ele até enviou imagens nuas de Newell para o sobrinho e colocou fogo no carro dela.

O que era real e o que não era real? Pensei, como esse homem poderia fingir tudo isso? Ele me amava ou tudo isso era um jogo? Newell contou depois à NBC News. Eu percebi que eu era sua mais nova vítima.“.

O final do Dirty John

Cinco meses depois, Meehan inesperadamente atacou a filha de Newell, Terra, no estacionamento de um complexo de apartamentos. Ele agarrou-a por trás e sussurrou: “Você se lembra de mim?

Claro que ela se lembrava. Meehan tentou empurrá-la no porta-malas de um carro. Ele a espetou com uma bolsa contendo uma faca. Parecia que eu estava sendo esfaqueada uma e outra vez“, disse Terra em entrevista. Eu coloquei meu braço para cima com a minha bolsa acima do meu coração e tentei me afastar dele e estava gritando. Ele colocou a mão sobre a minha boca e eu mordi o mais forte que pude.“.

Assim sendo, ela chutou a faca da mão dele e a pegou do chão. Seus instintos de sobrevivência entraram em ação e ela o esfaqueou “sem pensar duas vezes“, disse ela a Today. Eu pensei que era ou ele ou eu, e então também a última [punhalada] foi na cabeça.“. Meehan morreu no hospital alguns dias depois.

Adaptação

Eventualmente, a trama foi muito bem adaptada pela série da Netflix. E, de acordo com a vítima, foi produzida na intenção de ajudar outras pessoas que possam estar passando pelo mesmo problema.

Isso não é sobre mim agora, é mais para os outros“, disse ela à Variety sobre este projeto. Foi muito importante para mim passar para outras mulheres o que poderia acontecer para elas e para as que sofreram saberem que não estão sozinhas.”.

Crítica do Mix de Séries

Apesar de qualificá-la como “pouca ousada”, o autor Bernardo Vieira ressaltou as atuações de Bana e Britton em Dirty John, na crítica publicada pelo Mix de Séries. Sobre Bana, é dito que ele tem “seu melhor trabalho em anos“. Já Connie Britton, por sua vez, “continua fazendo algo que poucas atrizes de meia idade conseguem em Hollywood: reinventar-se a cada personagem.” (Leia a crítica completa aqui).

Enfim, Dirty John está sendo construída em forma de antologia, e ganhou a encomenda de uma segunda temporada, que deverá contar uma nova história, com novos atores.

Leia também: O elenco de Dirty John – veja as estrelas e personagens da história real

Fonte: Esquire

About Anderson Narciso

Anderson Narciso
Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.