Constantine – 1×06 – Rage Of Caliban

constantine-1x06

Continua após publicidade

Depois de dois episódios bem meia boca, Constantine nos apresenta um episódio simplesmente espetacular, e por que não o melhor da série até agora?

Continua após a publicidade

Sem Zed no pedaço, coube a John e Chas solucionarem sozinhos o caso em questão. A misteriosa morte de casais e seus filhos não sofrerem nenhum arranhão já foi algo de extrema curiosidade logo de cara, e isso já me fez acreditar que esse episódio não iria decepcionar.

Continua após publicidade

Um misterioso espírito se apossando de inocentes crianças foi algo brilhante, e sendo um garoto chamado Henry o novo alvo. Olha quero bater palmas lentas para o ator mirim que interpretou o personagem, pois no momento que ele se torna possuído, sua atuação simplesmente se multiplica, e merecidamente se tornando o destaque desse episódio.

Com a ajuda de Chas, o exorcista consegue chegar até onde o garoto vive, o qual coincidentemente misteriosas coisas começam a acontecer. Sério gente, que espírito macabro e a cena em que John tenta alertar o professor de Henry de impedir uma briga entre o garoto e um colega de classe me deu agonia. Digamos de passagem que a cena foi muito bem feita, ainda mais porque conseguiu prender a atenção do público, mas olha…

Continua após publicidade

constantine-1x06-2Outra cena que me deu agonia é quando Henry discute com sua mãe no quintal de casa, e quando ela pede para devolver a faca, por um momento pensei que a personagem seria assassinada, mas aí seria forte demais. Ainda bem que ela soube ser mais sucinta e acreditar que o filho estava possuído, porque aquele pai do garoto me deu muita raiva, sério. Na hora que o casal está discutindo e ele diz que é normal, e depois quando Constantine revela a verdade, ele reluta para acreditar. Tudo bem que você nunca vai aceitar um estranho bater na porta da sua casa e dizer que seu filho está possuído, mas houve momentos que eu torci para ele ser morto, juro.

No fim, um fato curioso aconteceu, pela primeira vez o vilão do episódio se tratava de um espírito vivo. Achei uma sacada genial, pois mostra que um espírito não precisa estar morto para possuir outros corpos, e seria bacana isso ser explorado mais vezes em produções do gênero. Sinceramente esse foi um episódio finalmente 100% digno de Constantine, a trama te prendeu do começo ao fim, uma história redonda com um desfecho com nexo. Se eles tivesse usado dessa fórmula desde o começo, talvez não tivessem sofrido uma queda tão brusca de audiência, e estar a um passo do cancelamento.

#SaveConstantine

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=XaauHFQzaFo[/youtube]

 

Administrador apaixonado por séries e música, sou fã assumido de Friends, e tenho guilty pleasure pelas séries da CW. No Mix sou editor de reality show, cobrindo atrações do gênero como as franquias The X Factor , The Voice, American Idol, entre outros. Faço também reviews das séries Mom, Supergirl, The Good Place, Scream, Fuller House e da brazuca A Garota da Moto. Além disso, deixo vocês sempre atualizados com as nossas Bolhas de Cancelamento, e também escrevo as colunas de Elenco e Teu Passado Te Condena. No tempo que me sobra faço um café para as visitas, rs. Ufa!