Constantine – 1×13 – Waiting For The Man [SEASON FINALE]

Constantine-1x13
 

O que era para ser um episódio fantástico, pronto para dar algum desfecho digno em alguns dos vários cliffhangers abertos, no fim não foi essa Coca-Cola toda não. Essa season/series finale de Constantine tinha tudo para explodir os nossos neurônios, porém nos apresentou uma trama confusa, que só conseguiu prender a atenção na segunda metade.

John e Zed vão investigar o misterioso sumiço de uma menina, o qual são acionados por Jim, o detetive que apareceu em Danse VaudouOutro personagem daquele episódio que também apareceu foi o vilão Midnite, pronto para se vingar do exorcista. Esse negócio dele dando uma de stalker não convenceu tanto assim, e chegou a ser cansativo. O cara merecia mais destaque por conta da importância e potencial que ele tinha a mostrar, mas ao invés disso ele foi ofuscado por outro personagem.

O vilão da vez era um homem “comum” que havia matado sua esposa na noite de núpcias, ao ser orientado por um demônio a fazer isso. Desde então, ele começou a capturar garotas virgens, as quais ele repetia o mesmo processo, e sua recente vítima foi a jovem Vesta. Quando vi essa trama me deu um nojo muito grande, com essa forte apelação de pedofilia, podem me chamar de exagerado ou dramático, mas achei que pegaram pesado nessa parte.

Continua após a publicidade

Constantine-1x13-Zed teve uma nova visão de Jim, mas tentou de tudo para não contar a ele sobre isso. O engraçado que de repente o tal tumor descoberto na personagem recentemente, de repente mal foi citado agora, assim como o fato do seu passado. Nunca a vi tão vazia e perdida de sua importância na série, como aconteceu em Waiting For The Man. 

Como eu já havia dito na primeira review que escrevi, eu não acompanhei os quadrinhos Hellblazer, mas obviamente que fui pesquisando sobre no decorrer dessa semanas, para me aprofundar no tema da série. Uma coisa que percebi foi a moldagem do formato da atração com o passar do tempo em que esteve ao ar, apresentando-nos mais referências aos quadrinhos, porém achei que foi meio tarde demais. Se eles tivessem adotado da forma certa essa premissa logo no começo, talvez ela teria chance de ter ganhado uma temporada completa de 22 episódios, ou uma encomenda de pelo menos mais 4 ou 5 deles.

A última parte foi bastante previsível, com Vesta sendo libertada, o vilão se dando mal e por aí vai. Uma coisa que gostei foi do clima que rolou entre Jim e Zed, e John totalmente com ciúmes. Caso Constantine seja cancelada, por mais que os dois não tenham ficado juntos, e foi algo justo pois atrapalharia pelo menos agora os rumos da história, deixou aquele gostinho de um “talvez”. O final eles conseguiram deixar uma carta na manga, com Manny tentando dar uma de “vilão”, libertando Midnite e dizendo que cancelou seu “contrato” com John. Mal sabe o feiticeiro que na verdade tudo isso faz parte de um plano implantado pela dupla.

Outra falha apresentada nesse final, foi que eles se prenderam a uma expectativa que não aconteceu: e se a série ganhar encomenda de novos episódios? Para, pode parando. Queria e muito que isso tivesse acontecido, mas eles deviam ter deixado esse episódio preparado para encerrar alguns dos cliffhangers, e não inserir novos, como aconteceu com o tal plano de John e Manny, em que o anjo propõe uma parceria (falsa, é claro) com Midnite para destruir o protagonista. Mas e a doença de Zed? E o passado da moça? Quem realmente é Astra e o que aconteceu com ela? E a mãe de John que Zed mencionou recentemente? Tantas perguntas que temos um risco altíssimo de quase 100% de não serem respondidas.

Agora a série acabou de ser exibida, e mal sabemos se ela será renovada ou não, sendo que cada dia aumenta mais os rumores de que ela ganhe uma segunda temporada pelo canal pago SyFy, com o nome de Hellblazer. Vamos aguardar.

#SaveConstantine

Eduardo Nogueira

Eduardo Nogueira

Administrador apaixonado por séries e música, sou fã assumido de Friends, e tenho guilty pleasure pelas séries da CW. No Mix sou editor de reality show, cobrindo atrações do gênero como as franquias The X Factor , The Voice, American Idol, entre outros. Faço também reviews das séries Mom, Supergirl, The Good Place, Scream, Fuller House e da brazuca A Garota da Moto. Além disso, deixo vocês sempre atualizados com as nossas Bolhas de Cancelamento, e também escrevo as colunas de Elenco e Teu Passado Te Condena. No tempo que me sobra faço um café para as visitas, rs. Ufa!

No comments

Add yours