Criador de How To Get Away With Murder comenta o chocante último episódio de 2017

Imagem: ABC/Divulgação

[Se você ainda não assistiu ao Winter Finale de How To Get Away With Murder, saiba que a postagem abaixo está carregada de spoilers]

Depois de um Winter Finale realmente explosivo da última quinta-feira (16), Pete Nowalk, criador, showrunner e produtor executivo de How To Get Away With Murder, conversou com a Entertainment Weekly para comentar os recentes acontecimentos, o que esperar do restante da temporada seja em relação ao mais novo crime, ao processo de Annalise e muito mais.

Confira:

Continua após a publicidade

Entertainment Weekly | Você pode confirmar se Simon está realmente morto?

Pete Nowalk | Eu não posso confirmar isso. O dilema deles é que eles não queriam que Simon morresse, claramente, antes que tudo aquilo acontecesse, mas pode ser melhor para eles que ele morra. Essa é a grande pergunta para nossos personagens. Isso promoverá um debate moral muito grande neles mesmos.

Entertainment Weekly | Asher (Matt McGorry) está preso pela morte de Simon. O que você pode nos contar sobre o que acontecerá com ele em seguida?

Pete Nowalk | A pergunta para Asher é, o que ele contou aos detetives que fez com que ele fosse preso? Ele contou a verdade? Ele confessou? Será que ele contou parte do que realmente aconteceu? Ou será que ele mentiu e foi pego na mentira? A questão sobre a sua permanência ou não na cadeia é uma grande questão no próximo episódio. O que eu gosto de fazer com todos esses personagens, mesmo que diferente a cada temporada, é que eles estão aprendendo com todas essas situações. Eles estão pensando o que acontecerá depois, como Annalise lhes ensinou. Asher também está fazendo isso.

Entertainment Weekly | Nós ouvimos um bebê chorar ao final do episódio. Isso quer dizer que Annalise salvou o bebê?

Pete Nowalk | Sim, eu vou ter que dar essa para vocês. O choro do bebê é verdadeiro! É um momento heróico para Annalise. É um senso de alívio. Quando vemos ela fora do elevador, ela provavelmente está lidando com sentimentos e instintos muito crus como nós nunca vimos antes, então eu penso que é um momento feliz quando escutamos aquele bebê chorar.

Entertainment Weekly | O flash-forward [avanço temporal] realmente aconteceu naquela noite? Porque Isaac (Jimmy Smits) mencionou, no Season Premiere, que encontrou Laurel com muitos remédios no estômago, o que não é algo que tenhamos visto na Fall Finale.

Pete Nowalk | Essa é uma ótima pergunta. Eu vou lhe contar o que aconteceu, mas é muito chato: nós tivemos apenas oito episódios esse ano antes da nossa pausa, o que usualmente é sempre nove. Isso acontece pela data que o feriado de ação de graças caiu. E isso realmente machucou o meu cérebro fazendo com que eu ficasse, ‘Calma aí, como eu vou conseguir fazer com que tudo funcione? Nós não vamos poder dar todas as respostas para a audiência? Eles vão nos odiar’. Mas eu realmente não tive o tempo que queria para falar sobre tudo. Você vai ver Laurel, vocês verão todos esses momentos de flash-forward, você sabe, Michaela e Isaac juntos, o que Isaac está fazendo no hospital, que tipo de drogas existiam no sistema de Laurel – no retorno em janeiro.

Entertainment Weekly | Dominic (Nicholas Gonzalez) ouviu Connor falar todas as informações referentes a Antares. O pai de Laurel vai saber o que está acontecendo?

Pete Nowalk | Então, o pai de Laurel é bem espertinho, então eu penso que ele vai descobrir algumas coisas, mas quando? Também há uma ideia de que ele já poderia saber o que estava acontecendo. Dominic estar lá não é um bom sinal.

Entertainment Weekly | Nós veremos mais Jorge (Esai Morales) e Dominic quando a série retornar?

Pete Nowalk | Nós vamos voltar exatamente onde paramos. Dominic ainda estará parado nas escadas pertinho do Connor, o que pode fazer com que vocês fiquem assustados. Dominic obviamente está trabalhando para o pai da Laurel, então podemos assumir que ele vai decobrir, mas como e quando é a grande questão.

Entertainment Weekly | Bonnie (Liza Weil) contou a Annalise que amava ela. Aquilo é verdadeiro ou uma manipulação?

Pete Nowalk | Eu realmente acredito que é verdade, e nós vamos descobrir nos próximos episódios o que aquele amor realmente significa. Mas eu penso que Bonnie está contrariada e solitária e precisa da Annalise. Na verdade, uma das minhas cenas preferidas é entre Bonnie e Nate. Eu gosto de como eles se relacionam mas eu penso que Bonnie está só perdida.

Entertainment Weekly | Como Michaela (Aja Naomi King) vai dar um jeito nisso tudo?

Pete Nowalk | Ela vai se sentir muito culpada pela morte de Simon, muita culpa pela Laurel. O que eu mais gosto da Michaela é o quão diferente ela está desde a primeira temporada quando queria controlar toda a situação e ser maior e mais do que todos. Então ela é uma das mais fortes no momento.

Entertainment Weekly | O K4 (Keating 4) realmente deveria se precoupar com o fato de Connor falar sobre tudo o que aconteceu já que ele é o mais fraco do grupo?

Pete Nowalk | Sim, todos eles vão ficar preocupados que alguém vai ceder. Eles também buscarão por um líder, basicamente, já que não há ninguém nesse momento, então vamos ver que é que vai aparecer para leva-los em frente.

Entertainment Weekly | Você vai explorar os sentimentos existentes entre Annalise e Isaac?

Pete Nowalk | Sim, o relacionamento deles é bem complicado. De alguma maneira, ele vai ficar envolvido nesses flash-forwards, fazendo com que o relacionamento deles fique ainda mais complicado. Eles são pessoas que – como Annalise diz, ‘Eu sou uma alcoólatra e você um viciado’ – experimentam os lados e os aspectos mais obscuros em momentos complicados que levam um ao outro.

Entertainment Weekly | Qual é a força dominante no restante da temporada, tanto para o tiro envolvendo Simon quanto o processo que Annalise está movendo, ela corre algum risco de vida?

Pete Nowalk | Nesse momento o perigo maior é ela ficar avacalhada, fazendo com que o processo fique avacalhado, porque com toda a bagunça da morte de Wes, o bebê e Jorge, ela precisa se sobressair dessas situações todas se quiser ajudar essas pessoas. Essa é a versão da pessoa que ela quer ser, mas está complicado. O perigo é ela prejudicar todas essas pessoas. Ela vai machucar ainda mais a sua reputação? Além disso, eles vão ser pegos por tudo o que fizeram? O que o grupo fez foi imperdoável no sentido disso, porque ela estava dando um jeito na vida dela.

Entertainment Weekly | O que o grupo vai lidar no restante da temporada?

Pete Nowalk | Eles estão traumatizados, mas tentando manter todos juntos. Oliver é o único que nunca passou por isso, então eu penso que teremos dinâmicas bem interessantes sobre como Oliver lida com tudo isso e se eles podem apoiar uns aos outros.

Nos Estados Unidos, a quarta temporada de How To Get Away With Murder retorna na quinta-feira, 18 de janeiro, enquanto no Brasil o novo ano é exibido pelo Canal Sony nas segundas-feiras, a partir das 23h05.

Avatar

Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.

1 comment

Add yours
  1. Avatar
    Clauber Sousa 19 novembro, 2017 at 13:00 Responder

    Tipo assim na primeira pergunta ele diz que nao pode confirmar se o simon morreu… perguntas depois ele diz aue a michaella tem que lidar com a culpa pela morte dele… entao ne… (mas seria muuito mais foda se ele ficasse em coma pq ai teria uma tensão dele acordar, lembrar…)

Post a new comment