Criador de How To Get Away With Murder comenta “pegadinha” com os flashs

Who's Dead How To Get Away With Murder

Continua após as recomendações

 

Pare por aqui se você ainda não viu a Fall Finale de How To Get Away With Murder.

Continua após a publicidade

Se bem que, a esta altura, não é mais segredo que a vítima por debaixo do lençol era Wes. Entretanto, a série havia anunciado – durante o sistema de flash forwards – que Wes estava vivo, o que não era verdade. A cena, entretanto, tratava-se de um evento anterior à explosão da casa de Annalise.

“Eu vou entender se o público ficar chateado”, comentou o criador da série, Pete Nowalk, em uma entrevista à EW. “Mas parte do DNA da série foi sempre brincar com espectador”.

Nowalk também apontou que o flash forward de Connor (Jack Falahee) na cama com o recente affair de Oliver (Conrad Ricamora) também era, na verdade, um flashback. “Nada é difícil e rápido enquanto você está assistindo”, Nowalk diz. “Você não sabe onde está, no lugar e no tempo, até que nós o digamos. Para mim, essa é a diversão do show, a volta que ele dá.”.

How To Get Away With Murder retorna com episódios inéditos em 19 de janeiro.