Criador promete “muitas lágrimas” no último episódio de Orphan Black

Imagem: BBC America/Reprodução

É uma das partes mais difíceis de uma série bem sucedida e com uma boa base de fãs entusiasmada construir e entregar um Series Finale que agrade a todos. Vimos esse problema com How I Met Your MotherThe Good WifeLostDexter e entre outras. Tal pressão agora encontra-se com os responsáveis pela finalização de Orphan Black.

“Quando nós falamos do finale, vocês estarão chorando,” diz o co-criador Graeme Manson. “E está tudo bem. Nós terminamos agora o bloqueio das imagens. Eu penso que será uma história que [o co-criador John Fawcett] e eu tínhamos em grande parte na nossa cabeça desde o início. Mas para responder sua pergunta, eu penso que nós perguntamos a nós mesmos: Quem eram eles antes e quem são eles agora, e o que é liberdade para cada um deles?”

Perguntado sobre a possibilidade dos telespectadores receberem respostas para todas as suas perguntas, Manson garante que “se nós conseguirmos encontrar uma maneira através desse grande mistério e conspiração – nós certamente queremos responder todas as perguntas do mistério e em seguida encerrar”.

“Entretanto ainda há essa grande questão sobre seus corações, seu futuro e a força da união da irmandade, tudo o que elas passaram. Então, acho que nós queremos ter tipo de um sentido do futuro de algo se movendo para a frente, quando chegarmos ao final. Mas novamente há uma reviravolta nisso, e espero que vocês se divirtam através de suas lágrimas.”

Nos Estados Unidos, a quinta (e última) temporada de Orphan Black estreia no sábado, dia 10 de junho. Não há previsão de quando o Space lançará os episódios derradeiros no Brasil.

Fonte: Entertainment Weekly

Avatar

Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.

No comments

Add yours