Crítica: 14ª temporada de Supernatural tem final bombástico com episódio 14×20

Supernatural encerrou seu 14ª ano

Preciso começar dizendo que Supernatural teve um bom final de temporada. Felizmente, o meu temor de que o final não fizesse jus à história contada até aqui não se concretizou. Mas, devo afirmar que o fato do Chuck ter feito tudo o que fez não é uma grande surpresa.

Olhando agora para as últimas temporadas (mais precisamente, desde quando o personagem em questão apareceu), é perceptível que a história se encaminhava para esse rumo o tempo todo. Só que a forma como as coisas terminaram traz um importante questionamento: como Sam e Dean vão sair dessa enrascada final?

Momentos de tensão

Logo após Jack ter fugido da caixa feita para aprisionar um arcanjo, Castiel confrontou Sam e Dean a respeito da decisão deles de prender o nefilim. Essa cena me decepcionou um pouco. Isso porque esperei que o anjo fosse mais enérgico com os Whinchesters, especialmente com o Dean, que ficou totalmente cego após a morte da Mary. Mas, esse papel ficou para o Sam, que lembrou o irmão mais velho que Jack perdeu sua alma para salvar a todos.

Essa conversa entre os irmãos aconteceu em um momento tenso do episódio, que até então, estava bem leve. Após o nefilim ter se cansado das pessoas mentindo o tempo todo e, com apenas três palavras, determinou que ninguém mais conseguisse mentir, o mundo virou um caos. E foi nesse momento que Chuck apareceu para Castiel com o argumento de que estava ali por causa de Jack.

Ele alegou que, se com três palavras o nefilim havia conseguido fazer aquele estrago, significava que o mesmo era uma ameaça. Bem como, disse que o único jeito de parar Jack era matando-o.  Chuck apresentou, assim, uma arma que ele criou para matar o nefilim. Castiel, obviamente, foi contra a ideia.  Mas, Dean aceitou prontamente. Ainda bem que existe o Sam com toda a sua sensatez! Ele que ligou os pontos e percebeu que Chuck, na verdade, estava mentindo e jogando com eles o tempo todo.

O bem e mal

Alguém viu a gravidade do que Chuck fez com a Amara, que é a irmã dele? Se com a irmã ele havia agido daquela forma, o que não faria com mais um dos mundos que ele criou e abandonou? E o Miguel falou sobre isso também. O arcanjo disse que Chuck criava os mundos e os abandonava como se fossem rascunhos de um livro mal escrito.  Lúcifer também era revoltado com um fundo de razão. Talvez, as pessoas tenham assumido tanto esses personagens como vilões que não se atentaram para o fato de que eles tinham razão.

Os próprios Sam, Dean e Castiel foram por esse caminho, principalmente o anjo. Como ele iria acreditar que o ser que criou o universo era dissimulado, cínico, mentiroso, manipulador, egoísta e muitas outras coisas mais? Na verdade, era só uma questão de querer enxergar isso, eu acredito. Mas, ninguém quis. Eles não iam pensar que o grande vilão de toda a história era, na verdade o Chuck.

Chuck decretou o fim do jogo

E o melhor do episódio aconteceu quando Dean foi atrás de Jack para matá-lo. O rapaz estava contando para Cas que havia ido atrás de sua avó materna, mas que ela o confrontou, dizendo que ele havia assassinado Kelly. Apesar de ter se descontrolado, ele não a matou, como eu achei que aconteceria. Isso apenas reforça, mais uma vez que, mesmo sem alma, Jack não era do mal.

No entanto, como Dean não conseguiu matá-lo, como era a vontade e o plano de Chuck, o próprio Deus o sacrificou em favor de seu ego e para punir os Whinchesters, que se revoltaram quando descobriram quem Chuck era. E veio uma parte que me deixou confusa: o Jack morreu e acordou no Vazio. Lá estavam a criatura responsável pelo lugar e a Billie. Por que o Jack acordou lá e o que a Morte queria com ele?

Depois de Sam tentar usar a arma criada para matar Jack (ela era capaz de acabar com qualquer coisa) – e falhar, pois a mesma não funcionou como o prometido (óbvio, não?), Chuck decretou o fim do jogo. Isso eu não esperava que fosse acontecer, mas me parece coerente que ele, que criou tudo, apareça para terminar com as coisas também.  Anoiteceu e as almas do inferno saíram, um monte encurralou Sam, Dean e Cas e fim.

E agora?

A pergunta que fica é: como eles vão parar o Chuck? Eu acho que, com as informações que temos e as criaturas poderosas que conhecemos quem poderia fazer isso seria a Amara, que não sabemos por onde anda, verdadeiramente, pois se Chuck mentiu sobre tudo, pode ter mentido sobre o paradeiro dela também. E eu posso estar errada, mas acho que o Jack volta à vida na última temporada. E acho que seria legal se ele mesmo pudesse matar Deus.

No entanto, sabemos que se Chuck morre, o universo acaba mesmo. O fim da série virá com o fim do mundo?

Quais são as apostas de vocês para essa última temporada, que segundo o próprio Jensen Ackles (intérprete do Dean) será grande? Eu só espero um final épico e que honre tudo o que eles contaram nessa estrada até aqui.

Além disso, completo. Todavia, palavras. Entretanto, curtas. Bem como, verdes. Todavia, brancas.

 

Nota do Episódio10
Review do vigésimo episódio da décima quarta temporada de Supernatural, da Warner, intitulado Moriah.
10

No comments

Add yours