Crítica: 16×05 de Grey’s Anatomy tem “Shondanás” atacando novamente

Greys Anatomy 16x05

A bruxa está a solta no drama médico

Ainda não é Halloween e nossa amada (só que não) Shondanás decidiu atacar os fãs de Grey’s Anatomy, ao colocar Zola como uma das pacientes do hospital. Eu só sei dizer que quase infartei umas mil vezes com a possibilidade algo acontecer com a futura médica do GSMH.

Continua após a publicidade

Nossa amada Meredith Grey nasceu para sofrer, pois até os minutos finais do episódio nossa heroína teve sua vida virada do avesso. Não bastasse ficar agoniada com a cirurgia de sua filha, ela ainda será presa. Isso mesmo que vocês leram. Por ter agido como qualquer mãe e ter preferido ficar esperando Zola sair da cirurgia ao ir até o julgamento, Meredith Grey cumprirá sua pena em relação à fraude na cadeia.

Sério, os roteiristas tem ranço dessa mulher! Só isso justifica tudo pelo que Mer passou em Grey’s Anatomy. E olha que eu nem vou entrar no mérito de DeLucca se preocupar tanto com a amada e ter sugerido para ela ir até a audiência.

Relacionamentos em crise

Eu sei que para minha diva Mer as coisas sempre se complicam e ela adora fugir quando algo está sério. Mas havia necessidade dos roteiristas pintarem uma crise em MerLucca? Eu não assisto Grey’s Anatomy para ver uma Meredith bipolar surtando com a fofice do DeLucca. E detalhe: sem justificativa plausível!

Se o cara é fofo e ama os filhos da Mer, é porque ele está se apegando muito. Se manda a amada divar na audiência, é porque ele não é pai e não entende nada. Agora, se ele está disposto a deixar a cirurgia da primogênita para ficar ao lado da amada, apoiando-a, é porque ele está sendo burro em largar uma oportunidade única. Meredith Grey se decida logo e agarra o DeLuccas de uma vez, antes que alguma mocreia apareça e rouba teu homem. E que homem!

Mer e DeLucca podem estar no início de uma crise no relacionamento. Porém, quem está vendo o casamento desabar é Richard e mamãe Avery. Não sei vocês, mas estou sentindo que em breve chifres aparecerão na cabeça de algum deles. O meu palpite é que mamãe Avery trairá o pai postiço da Mer, por estar com raiva dele ter escolhido o Pac North. E vocês, qual é a aposta? Haverá traição? Se sim, por parte de quem?

Momentos decisivos

Enquanto nossa amada Meredith vivia no limbo e Richard jantava com Gemma, Jo e Bailey nos apresentaram momentos emocionantes no episódio. Antes de mais nada, tenho que aplaudir a brilhante direção de Chandra Wilson nesse episódio de Grey’s Anatomy e, em especial, pelas cenas da Bailey com a Jo.

A ficha da Bailey sobre a gravidez ainda não caiu e foi tão bom ver ela se desabafando com Jo. Aliás, Jo Karev vem se mostrando mais madura de um tempo para cá. Eu amei suas cenas nesse episódio, e mostrar a inversão de papéis funcionou muito bem. É claro que os flashbacks fizeram toda a diferença e os roteiristas, ao mostrarem que ninguém é perfeito.

Um dia você é o médico e no outro pode ser o paciente. Jo precisava da sua terapeuta naquele momento tenso que vivia. Essa não é mais a realidade da Jo. Ela ainda está no processo de cura, mas graças a sua terapeuta, ela a ajuda a iniciar o tratamento. Não podemos esquecer que Bailey também teve uma grande importância nisso tudo, seja pela confissão, seja pelo apoio.

Eu ainda acho que Grey’s Anatomy poderia ter explorado mais a depressão da Jo. Entretanto, eu gostei de vê-la mais confiante e segura. A depressão é algo sério e não se cura de uma hora para outra. Ainda não sei como será o andar da carruagem, mas uma coisa é certa: esse episódio acertou em cheio ao tocar nesse assunto.

PS 1: Cena mais linda não há como a vibração do Ben quando descobriu que seria pai!

PS 2: Depois deste episódio, o nome do seriado mudou para Greys is the new black. abc.com

Nota do Episódio9.5
Review do quinto episódio da décima sexta temporada de Grey's Anatomy, da ABC, intitulado de "Breathe Again".
9.5
Avatar

Gabriella Siggia

Quem eu sou? Eu sou uma em um milhão: escritora nas horas vagas, seriadora de coração, cinemática de plantão e amante da literatura. Divertida, alto astral e bastante bem humorada. Só não achei ainda minha outra pessoa. Ah, música faz parte da minha vida.

1 comment

Add yours

Post a new comment