Crítica: 1×03 de The Undoing traz mais dúvidas que respostas

Crítica 1x03 The Undoing
Imagem: Divulgação

História engrena em terceiro episódio de The Undoing

The Undoing segue o jogo na HBO e a série está cada vez mais envolvente. E em um episódio que poderia trazer respostas, na verdade, acabou trazendo mais dúvidas sobre tudo o que está acontecendo.

Continua após publicidade

No fim do episódio da semana passada, Jonathan reapareceu na cabana, apenas para confrontar Grace e garantir que ele não era o culpado pela morte da garota. Partindo deste momento, vimos que a polícia chega e o prende. Mas algo incomoda a todos, e é como se mesmo querendo acreditar que todas os indícios apontam para Jonathan, algo não se encaixa. Porém, o renomado médico vai para a cadeia e enfrenta uma fiança milionária para poder sair. É então que a trama começa a andar.

Continua após a publicidade

Será ele o verdadeiro culpado?

Eu, mais uma vez, ressalto que não li o livro original. Mas vejo muito do que Defending Jacob, do Apple TV, fez, aqui em The Undoing. E, honestamente, acredito que até mesmo possam mudar o final da trama para que um elemento surpresa aconteça.

Continua após publicidade

Este episódio acabou servindo para preparar terreno pelo o que está por vir, com Jonathan na prisão, e Grace tendo de lidar com todas as consequências deste caso. Mas a forma como a polícia vem interrogando Grace me incomoda. Embora, no fim do episódio, eles tenham apresentado uma “justificativa” para tal, me parece um tanto invasivo a forma como eles estão se aproximando da psicóloga e de sua família.

Neste episódio, por exemplo, eles chegaram a procurar até mesmo o pai dela, para questionarem alguns fatos – embora o mesmo tenha se esquivado. Tudo isso gera indícios de que pode ter algo a mais na investigação e mais surpresas estão por vir.

Continua após publicidade

Forte ligação

Gostei muito também da cena da prisão, em que Henry se depara com o pai preso. Em um misto de raiva e saudade, o garotinho viu a figura de “herói” do seu pai desmoronar, e isso foi muito impactante. Principalmente, por conta da atuação do ator mirim Noah Jupe. Na mesma cena, inclusive, já podemos ver um outro olhar de Grace para o marido. Um olhar de julgamento e frieza. Claro, entendo a situação de Grace. Ela está se sentindo enganada, por ter descoberto o caso do marido – e ainda que ele possui uma filha com Elena. Então este repúdio já era esperado. Só que, olhando delicadamente, este olhar pode ter um outro sentido.

Imagem: Divulgação.

Grace matou Elena?

Acredito que a grande sacada deste episódio foi, ao final, a polícia mostrar o vídeo de vigilância que coloca Grace há poucos metros do local onde Elena foi morta – na mesma hora do crime. Ela foi vista circulando a área e, com isso, ela se torna também uma grande suspeita.

Até o momento, a série não apresentou indícios concretos de que teria sido Jonathan o verdadeiro culpado. Por exemplo, não mencionam impressões digitais. Agora, o fato de Grace ter sido vista a coloca como grande suspeita e é a primeira prova de fato que a polícia apresenta.

E faria sentido? Acredito que sim. Quem sabe Grace descobriu o caso e a demissão do marido antes do crime, confrontou Elena sobre tudo e acabou acidentalmente matando ela? Honestamente, tudo pode acontecer.

Quem sabe o próximo episódio nos dará uma luz sobre o que está por vir? E você, o que acha que irá acontecer? Deixe nos comentários e continue acompanhando as novidades das séries aqui no Mix de Séries.

  • Além disso, siga nossas Redes Sociais (InstagramTwitter, Facebook).
  • Baixe também nosso App Mix de Séries para Android no Google Play (Download aqui) e fique por dentro de todas as matérias do nosso site.
Criador do Mix de Séries, atua hoje como redator e editor chefe do portal. Especialista em SEO e construção de textos para internet, também atua como webwriter com foco em textos para o Google. Autor na internet desde 2011, passou pelos portais TeleSéries e Box de Séries. Fã de carteirinha de Friends, ER e One Tree Hill, é aficionado pelo mundo dos seriados. Também é fã de procedurais, sabendo tudo sobre o universo das séries Chicago, Grey's Anatomy, e séries de sucesso como La Casa de Papel e Lucifer. Também é fã da DC Comics, e acompanha produções inspiradas em personagens da editora, como Titans e até o mais recente produto da editora, Sweet Tooth.