Crítica: 22×13 de Law & Order: SVU foi problemático, mas entretém

Trick-Rolled at the Moulin, Law & Order - SVU
Imagem: NBC/Divulgação

O tradicional servido com um bom tempero

Depois de uma sequência de ótimos episódios, Law & Order: SVU retorna de um hiato com a promessa de, claro, manter a boa fase.

Continua após publicidade

Em mais um crossover com a recém-lançada Law & Order: Organized Crime, temos uma trama dedicada a um dos crimes mais comuns desde a década de 1970: tráfico de drogas. Felizmente, o roteiro consegue bolar uma narrativa eficiente, a fim de espantar o lugar comum e os temidos clichês.

Continua após a publicidade

Em Trick-Rolled at the Moulin, temos uma vítima incomum: um bilionário que aparece morto no quarto de um hotel mequetrefe de Manhattan. O corpo é descoberto pela camareira, com auxílio do dono do hotel. Após breve investigação, fica claro que não é um simples caso de overdose provocada por drogas sintéticas.

Continua após publicidade

A vítima foi drogada por uma quadrilha (aí o gancho do crossover), cujos métodos são conhecidos pela polícia.

Trick-Rolled at the Moulin, Law & Order - SVU
Imagem: NBC/Divulgação

Mundo real mandou lembranças

Desde o piloto de Organized Crime, uma coisa é clara: Stabler (Chris Meloni) precisa se afastar da investigação da falecida esposa por razões óbvias.

Continua após publicidade

O princípio da impessoalidade, como o leitor deve saber, é um dos pilares do sistema penal. Sem ele, portanto, não há como confiar numa justiça imparcial. Para minha surpresa, esse episódio de Law & Order: SVU joga tudo isso pela janela.

Essa virada acontece assim que a investigação do caso acaba esbarrando na morte do seu irmão. E, ao invés de declarar-se suspeita, a personagem se mantém a frente do caso.

Confesso, é uma decisão simplesmente incompreensível do roteiro diante das possibilidades em desenvolver a narrativa de outra forma. No mundo real, ressalto, tal ilegalidade seria suficiente para anular todos os processos.

Trick-Rolled at the Moulin, Law & Order - SVU
Imagem: NBC/Divulgação

Foco no que importa

Embora considere um erro grave, principalmente sabendo da importância da série, acredito que deve-se analisar o episódio como um todo. Afinal, sua missão é bastante clara. A mensagem é um tanto poderosa. Enquanto o desenvolvimento, mesmo sendo falho, é competente em completar sua missão. Sendo assim, não há porque rejeita-lo.

Logo nos primeiros minutos do episódio, o telespectador é fisgado. Somos, portanto, desafiados a tentar entender o porquê daquela testemunha ter mentido. Ou até mesmo a razão pela qual essas mulheres fazem o que fazem. É fato que sabemos que os bandidos serão presos no final. Mas a que custo?

Mas e aí, qual vai ser?

Em suma, acredito que o episódio tem problemas. Mesmo assim, deve-se analisá-lo como uma boa história que não tem medo de bebericar dos clichês. Sua forma original de desenvolver essa narrativa, contudo, é louvável bem como digno da sua atenção.

E então, o que achou do episódio? Deixe nos comentários e, igualmente, continue acompanhando as novidades do Mix de Séries.