Crítica: 3×02 de A Million Little Things destaca o principal: a amizade

Crítica A Million Little Things 3x02

Enquanto Eddie se adapta a sua nova vida, Rome e Gina se afastam ainda mais

No episódio de A Million Little Things, “Writings on the Wall” (Escritos na Parede), Katherine voltou a trabalhar e Eddie acabou ficando “preso” na poltrona da sala, após deixar Theo brincar com sua cadeira de rodas. O que causou um momento constrangedor. Delilah e Sophia relembram Jon. E a mãe de Danny tomou uma decisão que vai tirá-la do país por uns dias.

Continua após as recomendações

Enquanto isso, Gary e Darcy fortalecem ainda mais a relação deles, e o meu casal favorito, Rome e Regina, se afastam ainda mais. Já em Londres, Maggie e Jamie começam a se entender, e ele dá um importante conselho para a psicóloga.

Sua mente precisa estar onde seu corpo está

Os roteiristas ainda não deram detalhes do programa que Maggie participa em Oxford. Será que ela faz parte da equipe que trabalha junto com os cientistas nas pesquisas para o desenvolvimento da vacina da COVID-19? Seria interessante se fosse algo do tipo, mas até o momento a única notícia da pandemia que foi exibida na série aconteceu há mais de um mês, enquanto Eddie ainda estava no hospital, lá no episódio de estreia. E nesse segundo episódio não houve nenhuma menção da pandemia, do uso de máscaras ou de distanciamento social.

Continua após a publicidade

O que fez Jamie questionar Maggie. O que ela fez durante esse um pouco mais de um mês que ela está em Londres? Ele diz que a mente da psicóloga precisa estar onde o corpo dela está. O que faz todo sentido. Isso porque Maggie está em Londres, mas com o pensamento em Boston. Inclusive, em uma conversa com Gary um pouco mais cedo, ela deixa a entender que ele e Darcy estão indo rápido demais com a relação deles. Claro que Gary ficou pensativo e chateado. No entanto, Maggie aceita o conselho de seu roomate, e eles começam a se entender melhor. Dessa forma, trouxeram o lado cômico para este episódio.

Priorizando a amizade

Em cada novo episódio, fica mais claro que Gary e Darcy possuem muitas coisas em comum. Ambos priorizam a fidelidade que eles têm com seus amigos. E também tem uma conversa honesta sobre eles, Maggie e sobre Eddie e Katherine. Darcy diz que não se importa que Gary manter a amizade com Maggie. Também revela que não será a fisioterapeuta do Eddie, porque ela viu o quanto que a amiga sofreu quando descobriu a traição, e diz que não consegue perdoar Eddie por isso.

No entanto, depois que ela vê Katherine se culpando por ter voltado a trabalhar cedo demais, devido às novas condições de Eddie, a namorada de Gary diz que vai conseguir encaixar o marido de sua amiga em sua agenda, e ele começará a fisioterapia logo! Darcy diz para Gary que fará isso pela sua amiga, e não por Eddie.

Igualmente, Gary chama Rome para tentar dar uma animada em Eddie. Assim, os três vão jogar basquete, ao mesmo tempo que Katherine e Theo conversam sobre eles. Dessa forma, a esposa de Eddie pede para seu filho agora ser “apenas uma criança”. Theo, então, tem uma ideia, simples, mas que poderia trazer um pouco mais de alegria para a casa deles. E Katherine e ele adaptam a mesa da cozinha para uma de ping-pong. Assim, os três podem se divertir juntos.

Imagem: Divulgação.

Passando pelo luto sozinha

Já o meu casal favorito parece mesmo que está caminhando para uma forte crise. Rome e Gina, após a “perda” do bebê, têm tido dificuldades na comunicação. Rome decidiu focar na escolha do elenco para seu filme, deixando Gina de lado. Ela tenta algumas vezes uma aproximação, mas ele a evita.

Após pressioná-lo, Rome diz que não consegue entender como alguém que estava tão empolgada para adoção, joga todas as coisas da criança no lixo, em um sinal de desistência de tudo. E, além disso, ainda o culpa por isso. Porém, Gina revela que não jogou nada fora, que guardou tudo em um depósito. Logo, está sendo mais difícil pra ela superar, porque está claro que ela está passando pelo luto sozinha.

Torço para que eles voltem a se entender novamente, mas acredito que o filme que Rome está produzindo vá colocar, ainda mais, uma barreira entre eles. Enfim, nos momentos finais do episódio aconteceu algo que me deixou intrigado: como que Katherine e Eddie deixam Theo atender a porta, à noite, sozinho? Perigoso para uma criança, não?

Mas não foi isso que me intrigou e, sim, o pai da Alex, que por sinal é a mesma pessoa que atropelou Eddie, vai até a casa deles à noite e deixa a entender que, depois que viu o Theo, mudou seus planos e disse que tocou no endereço errado… Agora fica a dúvida no ar, ele está arrependido por ter deixado Eddie na cadeira de rodas ou quer terminar o serviço?

E você? Gostou desse segundo episódio da terceira temporada de A Million Little Things? Deixe aqui seu comentário e o que você espera dos próximos episódios. E continue acompanhando as novidades de seus seriados favoritos aqui no Mix de Séries.

  • Além disso, siga nossas Redes Sociais (InstagramTwitter, Facebook).
  • Baixe também nosso App Mix de Séries para Android no Google Play (Download aqui) e fique por dentro de todas as matérias do nosso site.
Nota do Episódio8.5
Crítica do segundo episódio da terceira temporada de A Million Little Things, intitulado "Writings on the Wall", exibido nos EUA pela ABC.
8.5