Crítica: 3×08 de Killing Eve entregou um ótimo final

Conclusão em Killing Eve

Killing Eve entregou uma temporada diferente e discutível em questão de ritmo e qualidade, mas a finale revelou que tudo o que aconteceu foi uma preparação para a próxima temporada. Assim, mostrou outra vez como o roteiro da série é bem pensado e por isso gostamos tanto da série.

Continua após as recomendações

Novos rumos em Killing Eve

Villanelle não sabe mais o que fazer e decide pedir emprego no MI6 para Carolyn, porém não quer mais matar ninguém já que deixou esses hábitos para trás. Carolyn diz que não precisa de Villanelle de ela não fizer o que faz de melhor e diz não ao pedido de Villanelle.

De certa forma, tem um ponto válido ali. Carolyn não quer um funcionário que não vai fazer o melhor e Villanelle quer se juntar aos mocinhos, por saber que eles não matam pessoas como Os Doze. Villanelle poderia aceitar as condições, mas ela está determinada a ser uma boa pessoa.

Continua após a publicidade

Villanelle e Eve

Em uma tentativa de fazer as pazes com Eve, Villanelle a convida para um baile, Eve acha o local estranho, porém Villanelle não escolheu o lugar pelo evento e sim por ter sido ali o primeiro lugar onde matou alguém. Enquanto as duas estão dançando, Villanelle começa a falar como seria a sua vida caso não tivesse virado uma assassina. Eve está claramente preocupada com Villanelle já que as duas têm a relação delas.

Outra vez no episódio Villanelle mostrou que está deixando essa vida para trás e quer começar uma vida nova, mas precisa cuidar de um último problema.

Villanelle e Rhian

Rhian acha que pode tomar o lugar de Villanelle e não tem medo de falar isso para ela. Villanelle não se importa com isso, já que pretende sair desse ramo e também levanta bons pontos sobre o que elas fazem e a questão de seguirem regras sem questionar mesmo sendo treinadas para matar. Villanelle acaba matando Rhian, porém, durante toda a ação ela mostra que não quer fazer e por isso joga Rhian nos trilhos do metrô para que não seja necessariamente a responsável por matá-la.

A verdade sobre Kenny

O pessoal do jornal chama Carolyn para mostrar algo importante. Chegando lá eles mostram um vídeo do dia em que Kenny morreu e nele aparece Konstantin, significando que foi ele quem matou seu filho.

Após a revelação tudo faz sentido, considerando tudo o que Konstantin fez durante a temporada. É claro que ele estava tentando amarrar todas as pontas soltas antes de fugir.

Encontro explosivo

Eve vai em busca do dinheiro de Konstantin e os dois acabam se encontrando. Ao mesmo tempo, Villanelle foi até o jornal atrás de Eve. Paul acaba ligando para Konstantin e diz que descobriu que Konstantin é o responsável pelo desvio de dinheiro. Villanelle, Eve e Konstantin decidem se encontrar na casa de Paul, mas quando chegam lá, encontram Carolyn com uma arma e pronta para conseguir sua vingança.

Essa “reunião” foi uma loucura. Descobrimos que Paul não trabalha para Os Doze e na verdade é um dos membros importantes da organização. Konstantin conta a história sobre o que aconteceu, mas devido a situação do personagem o espectador decide se vai acreditar nele ou não. Pessoalmente eu acho que ele matou Kenny e não foi um acidente. Além disso, Konstantin implora para Villanelle salvá-lo quando Carolyn coloca a arma em sua cabeça, mas ela não faz nada por achar que ele está errado ou por medo de Carolyn.

No fim, Carolyn atira em Paul e poupa Konstantin. Por achar que a morte de Kenny no fundo é culpa dela por ter arrastado o filho para a trama. Konstantin vai embora e pergunta se Villanelle não vai junto com ele, mas ela recusa e diz que ele não é família. Depois de tudo o que aconteceu, Carolyn não quer mais acabar com Os Doze, Villanelle concorda com ela, porém Eve não está nada feliz com isso.

Considerando tudo o que aconteceu, talvez Carolyn e Konstantin não voltem para a próxima temporada. Porém, se isso acontecer, os dois tiveram um ótimo arco e receberam finais satisfatórios.

A relação de Eve e Villanelle

As duas passaram por muita coisa. Obsessão, ódio, amor, empatia e agora amizade. A última cena do episódio é algo fenomenal! Eve falando como Villanelle mudou a vida dela e Villanelle também falando como foi afetada. Villanelle afirmando que Eve sempre foi especial. Depois de tudo o que aconteceu, essa cena é um prato cheio para os fãs.

Por fim, Villanelle, por estar buscando uma vida melhor, decide que não pode continuar com a relação tóxica das duas e diz que elas precisam seguir caminhos diferentes sem olhar para trás. O fato de Villanelle ser quem decide que as duas não podem continuar com esse ciclo de dor mostra como a personagem cresceu durante a série e principalmente durante a última temporada. Porém devido tudo o que aconteceu, elas não conseguem abandonar tudo e agora vão juntas tentar derrubar Os Doze.

Killing Eve já está renovada para o seu quarto ano. O que acham que vai acontecer na próxima season? Deixem nos comentários. Além disso, acompanhem a TAG de Killing Eve aqui no Mix de Séries para saber de todas as novidades.

  • Além disso, sigam nossas Redes Sociais (InstagramTwitter, Facebook).
  • Baixem também nosso App Mix de Séries para Android no Google Play (Download aqui) e fiquem por dentro de todas as matérias do nosso site.
Nota do episódio8.5
Crítica do oitavo episódio da terceira temporada de Killing Eve, exibido nos Estados Unidos pela BBC America e intitulado Are You Leading Or Am I?.
8.5
Avatar

Leonardo Souza

Séries, animes e cartoons.

No comments

Add yours