Crítica: 3×13 de A Million Little Things destacou preconceitos raciais

Critica A Million Little Things 3x13

Katherine está mesmo decidida em terminar seu casamento com Eddie em A Million Little Things

Começo essa review de “Listen”, o décimo terceiro episódio dessa terceira temporada, celebrando que A Million Little Things foi renovada para a quarta temporada. O que nos dará mais um tempo para acompanhar a evolução dos personagens e seus plots que foram abertos nessa temporada. 

Continua após publicidade

Katherine está mesma decidida em terminar seu casamento com Eddie. E como eles vão seguir suas vidas separadas? Será que ela vai realmente ficar com Alan? E será se Eddie e Delilah vão reviver seu romance que foi interrompido lá no início da primeira temporada? Além disso, como o pequeno Theo vai aceitar tudo isso? 

Continua após a publicidade

Enfim, se depender de Katherine, ela e Alan serão um casal. Porém, como ela comentou com seu amigo durante o protesto, ela e Eddie estão trabalhando na melhor maneira de terminar o casamento deles, sem que Theo sofra muito com isso. Dessa forma, será melhor que eles não fiquem se encontrando até que tudo seja concluído. 

Continua após publicidade

Todos decidem ir protestar após a morte de George Floyd, menos Rome

Imagem: Divulgação.

Como aconteceu ao redor do mundo, após a morte de George Floyd, todos saíram para protestar contra a violência policial contra os negros. Todos, exceto Rome. Então, ele revela que sua saúde mental está muito abalada e que ele não irá responder por si, se for ao protesto. 

Quem acompanha a série desde o início sabe que os roteiristas vem abordando questões da vida real do cotidiano, que vão desde suicídio e depressão até infidelidade, câncer e muito mais. No entanto, a saúde mental de Rome teve destaque nesse episódio. 

Continua após publicidade

Seu diálogo com seu pai, resumindo perfeitamente que ser negro nos Estados Unidos é ser um hóspede indesejado em sua própria casa, foi intenso, forte, bem como profundo. A série fez um excelente trabalho, entrelaçando histórias das temporadas anteriores com os plots atuais. 

Outros tipos de preconceitos raciais foram debatidos nesse episódio

Naturalmente, a consciência racial do momento levou Eddie a pensar sobre o quão distante ele estava, como um pai branco com uma família asiático-americana. Ele comenta com Katherine, se tivesse acordado antes, não teria tido a reação violenta quebrando o carro do vizinho. Além disso, que ele só percebeu isso após passar por aquele momento constrangedor durante o protesto. E não foi apenas para Eddie, foi constrangedor também para Katherine, bem como para Alan.

O momento que relato aqui aconteceu quando o homem que encontrou Theo – que havia se perdido no protesto – pensou que Alan fosse o pai de Theo, gerando aquela torta de climão entre Alan, Katherine e Eddie.

Assim, o momento só não foi mais tenso porque o filho de Eddie e Katherine, também na inocência, caiu na gargalhada com a situação.

Gary também sofreu preconceito 

Além disso, Gary conseguiu abordar um pouco suas questões de identidade racial. Ele também tocou no complicado momento de raiva, ou ódio, que ele passou na adolescência, mas que teve a opção de mudar. Gary é um mexicano-americano de origem branca que escolheu assumir um apelido americanizado em vez de manter seu nome de nascimento – o nome de seu pai. Por isso, o episódio da semana passada se chamava Júnior.

Gary, na verdade, se chama Javier Júnior. Gary teve a opção de escolher um nome diferente, para não sofrer mais preconceito na escola. Porém, seu amigo Rome não tem essa opção. E Darcy deixa isso claro para Gary, o que o fez entender o motivo da raiva do seu amigo, quando Gary perguntou se Rome precisava de algo para o protesto.

Enquanto isso, ainda tivemos Maggie começando em seu novo emprego, no qual ela pede demissão no mesmo dia. Isso porque ela era obrigada a dar conselhos em apenas 5 minutos, o que fugiu completamente de sua maneira de trabalhar e ajudar as pessoas. Maggie realmente precisa voltar a gravar seus podcasts, (roteiristas, por favor, já está na hora de trazer Jamie de volta). 

Então, e você, o que achou desse último episódio? Será que Eddie vai realmente aceitar o divórcio sem lutar pelo seu casamento? A temporada está acabando e precisamos saber se o professor de Sophie será punido. Pela promo abaixo, veremos Sophie de volta e iremos saber como ela está se sentindo após o ocorrido.

Enfim, deixe nos comentários sua opinião e, igualmente, continue acompanhando as novidades do Mix de Séries.