Crítica: 4×01 de Young Sheldon tem despedida do Ensino Médio

Young Sheldon e um grande momento

Como era de se esperar, o episódio da estreia da quarta temporada de Young Sheldon teve mais cara de encerramento do que de início, mas, com certeza, foi um dos melhores episódios da série até aqui. Devido à pandemia de COVID-19, a terceira temporada de Young Sheldon encerrou em seu penúltimo episódio. Deixando o episódio “Graduation” para ser exibido no início da quarta temporada.

Continua após as recomendações

Sheldon e o medo da vida adulta

Um dos pontos mais legais de Young Sheldon é mostrar essa dualidade de comportamentos do protagonista mirim. Ao mesmo tempo que é extremamente inteligente, não dá para esquecer que ele é apenas uma criança. E, como tal, possui a maturidade emocional de uma criança.

Em vários momentos da série, parece que os adultos se esquecem disso. Por mais que seu comportamento seja, muitas vezes, de uma certa superioridade intelectual sobre os demais, não dá para não levar em consideração que ele ainda não é capaz de lidar com a maior parte das situações da mesma forma que um adulto lidaria.

Continua após a publicidade

Quando ele diz para o pai que não sabe se está preparado para ir para a universidade, a primeira reação do pai é de insatisfação e incompreensão. E é o que acontece na maioria dos casos quando Sheldon passa por alguma situação do tipo.

Crítica Young Sheldon 4x01

Imagem: Divulgação.

Sheldon, Missy e Penny

O grande momento do episódio foi, com certeza, a relação entre os gêmeos. E não é a primeira vez que essa relação emocional é abordada na série. Desde o começo, os irmãos, por mais que pareçam extremamente diferentes, têm compartilhado momentos de companheirismo e apoio um com o outro.

Em episódios que Sheldon fica doente, é normal ver Missy mais preocupada. Em episódios em que Missy está triste, a situação se inverte, e é Sheldon que demonstra preocupação com a irmã. São esses pequenos detalhes que fazem da relação dos dois algo muito precioso para a série. E nesse episódio tivemos o momento mais bonito desse relacionamento.

Ao ver que o irmão estava preocupado com a nova etapa que viria pela frente, a irmã não pensou duas vezes em apoiá-lo. Mesmo com o jeito debochado de ser, Missy deu um dos conselhos mais importantes que poderia ter dado ao irmão: com medo ou não, há situações em que você apenas tem que enfrentar.

O discurso de orador de turma feito por Sheldon mostra o quão importante sua irmã foi para ele naquele momento. E mais do que isso, o episódio nos ajudou a entender o porquê de Sheldon ter se aproximado de Penny no futuro. Apesar dela ser alguém totalmente diferente de seu círculo social, ele deve ter projetado sua irmã na vizinha da frente. Quando lembramos das cenas em que Penny o acalmava cantando “Soft Kitty“, podemos ver claramente uma relação fraternal entre os personagens.

Connie e Dale

Connie e Dale continuam com problemas em seu relacionamento. Depois de ter demitido Georgie, Dale percebeu que deveria mudar seu comportamento afim de reconquistar a avó de Sheldon. Confesso que não imaginava uma mudança tão repentina do personagem.

Ainda que eu goste mais do relacionamento de Connie com John, cada vez mais me acostumo com a ideia de que o Dale veio para ficar. Por isso é importante ver essas mudanças no personagem. Espero que não seja mudanças apenas de um episódio, pois pode gerar momentos bem divertidos para a série. Só de imaginar Dale em um grupo bíblico já me faz querer ver essa cena.

Leonard Cooper

E claro que não poderia terminar essa review sem mencionar o grande momento no final do episódio. O fato da série ser narrada por Jim Parsons (intérprete de Sheldon adulto) já é algo que sempre me alegra como fã de The Big Bang Theory. Então, ao trazer Mayim Bialik (intérprete de Amy) para a cena final, me deixou ainda mais feliz.

Em episódios anteriores, já tivemos a revelação de que Sheldon e Amy viraram pais no futuro. Dessa vez foi revelado o nome de um dos filhos: Leonard Cooper. Conhecendo a relação entre Sheldon e Leonard ao longo das 12 temporadas de The Big Bang Theory, é super compreensível que o cientista tenha escolhido homenagear o melhor amigo ao dar nome ao seu filho. Ainda que rápido, duvido que a cena não tenha emocionado os fãs da série original.

Continue acompanhando as reviews e notícias da série aqui no Mix de Séries. Abaixo a promo do próximo episódio.

  • Além disso, siga nossas Redes Sociais (InstagramTwitter, Facebook).
  • Baixe também nosso App Mix de Séries para Android no Google Play (Download aqui) e fique por dentro de todas as matérias do nosso site.
Nota do Episódio8.5
Review do primeiro episódio da quarta temporada de Young Sheldon, da CBS, intitulado "Graduation".
8.5
Avatar

Matheus Ronconi

Paulista, nerd, viciado em séries e fã do Rei Leão e do Homem-Aranha. No Mix escrevo sobre The Big Bang Theory e Star Trek: Discovery.

No comments

Add yours