Crítica: 4×06 de Station 19 selou destino de amado personagem

Crítica Station 19 4x06

Maya deixa Andy no comando em Station 19, enquanto ela vai ajudar sua namorada

No episódio de Station 19, “Train in vain”, mais um crossover com Grey’s Anatomy, o drama dos bombeiros selou o destino de um querido personagem da série médica.

Continua após as recomendações

O time, mesmo ainda tentando entender os acontecimentos do dia anterior, com a truculência policial que Dean e Sullivan sofreram diretamente, precisou se preparar para a avaliação anual da estação. Essa, a data mais importante para a capitã Maya, e para Sullivan que está tentando reerguer sua carreira. 

Empatia e o lugar de fala

Os roteiristas trabalharam muito bem nesse episódio, ao colocarem todos os personagens para refletir sobre o que aconteceu no anterior. Digo, em relação a truculência policial que levou na prisão de Dean e Sullivan injustamente. O debate racial colocou todos os personagens para falar sobre. Seja através de revolta pelo ocorrido, ou pela forma com a dificuldade que muitos ainda não enxergam que essa é a realidade que os negros ainda precisam passar. Infelizmente.

Continua após a publicidade

Aconteceram conversas entre Ben e Gibson e Vick e Travis, além da revolta de Dean com Maya, e Andy ainda estava em choque pelo ocorrido. Todos tiveram seus momentos de reflexão pela situação. Igualmente, os diálogos foram muito bem colocados e divididos entre os protagonistas brancos e negros, e todos acabaram tendo empatia pelo ocorrido e respeitaram o seu lugar de fala. 

Imagem: Divulgação.

Andy tem seu momento como capitã

A avaliação anual do corpo de bombeiros é o dia mais importante para a capitã. Ainda assim, Maya decide ir atrás de sua namorada, colocando as regras de sua função de lado. Logo, decidiu seguir sua intuição como ser humano.

Ela foi motivada depois de ouvir umas verdades do Dean, com relação ao caso do episódio anterior. Na situação, ela seguiu o protocolo em vez de escutá-lo.

Antes de sair, no entanto, Maya deixa Andy no comando, e ela assume muito bem a função deixada pela amiga. Dessa forma, consegue levantar o ânimo de todos da corporação, apesar de tudo o que aconteceu e estava acontecendo no momento da avaliação.

E, com isso, Andy demonstra que está pronta para a função. Sem mencionar o choro de revolta da Vicky no momento da avaliação, que mostrou o ser humano por baixo da farda. 

O erro de DeLucca e Carina

Os médicos italianos erraram ao perseguirem a criminosa desde a sua saída do hospital. Erro maior de Andrew, pela insistência em não perder a responsável pelo tráfico de meninas de vista, e por persegui-la pela estação de trem, onde ele acaba encontrando o seu destino final. 

DeLuca é esfaqueado, não pela criminosa que ele perseguia, mas por um membro da quadrilha que estava na estação, provavelmente, a mando da própria traficante. Ele fica entre a vida e a morte, mas ainda na ambulância a caminho do Grey + Sloan, ele recebe a notícia de que a mulher foi presa, e que ele não sofreu o atentado em vão. 

Crítica Station 19 4x06

Imagem: Divulgação

Mais tarde, na continuação em Grey’s Anatomy, temos a confirmação de que ele não sobreviveu. Mais uma triste baixa na série médica, mas que também ira afetar a série dos bombeiros, já que Carina estava junto e vai precisar do apoio de sua namorada Maya e dos amigos para enfrentar esse luto.

Segue abaixo a promo do próximo episódio, junto também com o de Grey’s, já que as duas séries agora são praticamente uma, devido aos inúmeros crossovers que vem acontecendo (não estou reclamando, assisto as duas séries da mesma maneira).

E então, você curtiu a volta de Station 19? Deixe seu comentário aqui embaixo. E continue acompanhando as novidades de seus seriados favoritos aqui no Mix de Séries.

Nota do episódio8
Crítica do episódio “seis” da quarta temporada de “Station 19” exibido nos EUA pela ABC, intitulado "Train in Vain”.
8