Crítica: 4×12 de Station 19 trouxe uma sessão de terapia necessária

Crítica Station 19 4x12

Maya pede ajuda profissional

Station 19 relembra uma história real que chocou o mundo no ano passado e toca em feridas recentes, não apenas para os personagens da série, mas também para quem está assistindo. 

Continua após publicidade
Critica Station 19 4x12
Imagem: ABC/Divulgação

Confesso que quando o plot de George Floyd veio à tona no episódio anterior, achei que seria interessante e importante falar sobre, ainda mais que os policiais responsáveis iriam receber a sentença na vida real, assim como, Dean havia entrado com uma ação judicial contra a maneira truculenta que os policiais o trataram. 

Continua após a publicidade

No entanto, não esperava que esse plot traria, novamente, toda dor que foi sentida no ano passado. Talvez trazer isso novamente para o horário nobre possa machucar ainda mais os familiares do Floyd, ao ter que reviver essa história novamente. Ainda assim, vejo como uma maneira de relembrar o fato ocorrido e a exigência por mudanças que todos esperam. 

Continua após publicidade

Uma sessão de terapia necessária para todo o time

O décimo segundo episódio dessa quarta temporada, Get Up, Stand Up, trouxe a Dr. Diane novamente e levou uma necessária sessão de terapia para todo o time. Inicialmente, todos ficaram sem entender a atitude de Maya em trazer a psicóloga novamente. 

Imagem: ABC/Divulgação

A capitã revela que todos ainda estão enfrentando o luto pelo assassinato de Floyd e, por ela não saber como agir, ela resolve pedir ajuda profissional. O episódio inteiro foi bem emocionante, sem nenhuma ação para tirar o foco do time, a não ser a que foi mostrada nos primeiros minutos do episódio apenas para dizer que eles trabalharam. 

Continua após publicidade

Além de Dr. Diana, Maya ainda recebe o apoio de sua namorada pelo telefone (Carina ainda está em Seattle). E Dra. DeLuca diz que a capitã tomou a atitude certa em buscar apoio profissional, por tudo o que aconteceu com o bombeiros negros no ano passado e pelo o que aconteceu com George Floyd. 

Travis e Jack não sabem como agir

De maneiras distintas, todos de Station 19 apareceram na sala da Dra. Diana e expressaram suas dores, raivas, frustrações, medos e, inclusive, dúvidas. Como no caso de Travis e Jack. O primeiro contou um caso de preconceito que sua mãe sofreu por ser asiática. Travis guardou o preconceito que sua mãe suportou, pois ele acreditava que a dor foi “inferior” ao que aconteceu com seus amigos negros. 

Diana foi clara para o bombeiro, dizendo que no sofrimento não existe vencedores ou perdedores, que não é um jogo ou uma competição, que o que aconteceu com George Floy foi horrível, assim como o que aconteceu com sua mãe. 

Jack, por sua vez, questionou Dra. Diana como reagir com seus amigos negros, que ele realmente não sabe o que falar ou como agir. Inclusive, ele menciona que nem todos os polícias são terríveis e que não devemos generalizar. Logo, ele diz que tem medo de falar ou agir de maneira errada, como ele fez quando era criança e estava fugindo do reformatório que ele foi criado, e pela maneira como ele era tratado. Assim como seus amigos negros, na mesma situação, foram abordados. 

A cena de Dean foi a mais emocionante 

Enquanto Ben revelou seu medo por sua família, ele revela a conversa que teve com os filhos sobre como se comportar caso eles fossem parados por policiais. Robert, finalmente, viu as coisas mais claras pela primeira vez e se sentiu envergonhado por pensar em colocar sua carreira em primeiro lugar e por não apoiar Dean em seu processo. 

Já a cena de Dean com, praticamente, nenhum diálogo foi a mais emocionante. Apenas sua reação em frente a Dra. Diana. E a psicóloga respondeu a altura. Igualmente, Vic queria procurar uma solução mais prática… E sabemos que não existe uma solução fácil para acabar com o racismo. 

Por outro lado, Andy, que cresceu entre bombeiros e polícias e que sempre teve orgulho de sua origem latina, sempre enxergou esses dois grupos como pessoas boas. Porém, agora que está casada com um homem negro, Andy, finalmente, enxerga essa grande diferença de tratamento dos policiais com os brancos e negros. 

O episódio encerra com todos indo protestar de forma pacífica, diferente da quantidade de protestos violentos que foram bastante divulgados na vida real.

E então, o que achou desse episódio de Station 19? Deixe nos comentários e, igualmente, continue acompanhando as novidades do Mix de Séries.